Os 9 Benefícios dos Alimentos Ricos em Proteínas Para Saúde

Revisado por

Nutrição - CRN6-MA 16199

Os 9 Benefícios dos Alimentos Ricos em Proteínas Para Saúde
4.8 (96%) 255 votos

Os 9 Benefícios dos Alimentos Ricos em Proteínas Para Saúde são muito importantes e para o nosso organismo. Além disso, você sabia que seus órgãos, tecidos, músculos e hormônios são todos feitos de proteínas? A proteína encontrada nos alimentos é usada por todas as partes do corpo para se desenvolver, crescer e funcionar adequadamente.

Pode-se argumentar que nada é mais importante do que consumir alimentos protéicos, e como as proteínas estão envolvidas em praticamente todas as funções do corpo, é importante que consuma Alimentos Ricos em Proteínas diariamente, durante cada refeição para evitar a deficiência de proteína, que pode causar estragos no corpo.

Alimentos Ricos em Proteínas

Estudos mostram que comer uma dieta rica em proteínas tem uma série de benefícios para saúde. Os benefícios da proteína em sua dieta não só ajudam a manter e perder peso, mas também a proteína funciona para estabilizar os níveis de açúcar no sangue, melhorar sua capacidade de aprender e se concentrar, reduzir a névoa do cérebro, aumentar seus níveis de energia, apoiar seus músculos e ossos e apoiar a absorção de nutrientes importantes.

Muitas pessoas cometem o erro de tentar dietas que envolvam contagem de calorias e privação. Em uma dieta rica em proteínas, você se sentirá completamente saciado depois de comer e não terá que lidar com os altos e baixos de açúcar no sangue que faz com que sinta desejos e promova o mau humor. Você ficará surpreso ao ver quantos alimentos podem ser consumidos com uma dieta rica em proteínas. Mesmo pessoas com uma dieta vegetariana ou vegana, que às vezes usam alimentos processados como energia, têm Alimentos Ricos em Proteínas suficientes para escolher.

O que é Proteína?

O que exatamente são proteínas? Proteínas são consideradas longas cadeias de aminoácidos, que são as moléculas importantes que recebemos de nossas dietas. Os aminoácidos podem ser encontrados em muitos tipos diferentes de alimentos, até vegetais, mas as fontes mais altas são aquelas que vêm de animais – como carne, laticínios, ovos e peixes – e, em menor escala, certos alimentos vegetais como feijão e sementes.

Proteínas são longas cadeias de aminoácidos, que são moléculas essenciais para todos os processos metabólicos. Os aminoácidos, como a glutamina, a arginina e a glicina, permitem a decomposição, transporte e armazenamento de todos os nutrientes, incluindo proteínas, gorduras, carboidratos, vitaminas, minerais e água.

O corpo pode produzir alguns aminoácidos por si só, mas depende dos alimentos proteicos para conseguir o resto, que são considerados aminoácidos “essenciais” porque não podemos produzi-los. Pesquisas mostram que os aminoácidos são muito promissores na prevenção e no tratamento de muitas doenças metabólicas, incluindo doenças cardiovasculares, infertilidade, obesidade, diabetes e disfunção neurológica.

Embora os aminoácidos sejam compostos químicos separados que são armazenados em uma variedade de alimentos diferentes, no corpo eles são mantidos juntos por ligações peptídicas. Sem Alimentos Ricos em Proteínas em sua dieta, você corre o risco de se tornar deficiente em certos aminoácidos. O resultado? Baixo consumo de energia, dificuldade para construir massa muscular, baixa concentração e memória, alterações de humor, níveis instáveis de açúcar no sangue e problemas para manter ou perder peso.

As proteínas são usadas todos os dias para manter o corpo funcionando. Por estarem acostumados a desenvolver, cultivar e manter praticamente todas as partes do nosso corpo – desde nossa pele e cabelos até nossas enzimas digestivas e anticorpos do sistema imunológico – eles são constantemente quebrados e precisam ser substituídos.

Alimentos Ricos em Proteínas

Quando você não consome uma variedade de Alimentos Ricos em Proteínas, fica em risco de deficiências em certos aminoácidos, o que pode resultar em muitos problemas de saúde. Caso esteja lutando com os seguintes problemas de saúde, pode ser devido a uma deficiência de proteína:

  • Energia baixa
  • Alterações de humor e ansiedade
  • Metabolismo lento
  • Dificuldade de concentração ou “névoa cerebral”
  • Níveis instáveis de açúcar no sangue
  • Dificuldade em manter ou perder peso
  • Dificuldade em construir massa muscular
  • Sono insuficiente e insônia
  • Baixa imunidade
  • Cicatrização lenta de feridas
  • Constipação

Precisamos consumir muitos alimentos protéicos diariamente para manter nosso metabolismo funcionando, nossa energia aumentada e nossos níveis de açúcar no sangue estáveis. Você pode comer bastante proteína, mas você sabe comer o tipo certo? Então confira agora Os 9 Benefícios dos Alimentos Ricos em Proteínas Para Saúde:

1. Carne Alimentada com Capim

Carne alimentada com capim é um dos melhores Alimentos Ricos em Proteínas. Não só fornece quase 50% do seu valor diário recomendado de proteína, mas também é uma rica fonte de vitaminas A e E e poderosos antioxidantes. Os nutrientes de carne bovina alimentada com capim têm demonstrado reduzir o risco de doenças cardíacas e melhorar os níveis de açúcar no sangue devido à sua proteína e teor de gordura saudável.

2. Frango Orgânico

Um peito de frango fornece mais de 30% do seu valor diário recomendado de proteína, tornando-se um dos Alimentos Ricos em Proteínas que pode ser facilmente adicionado em receitas saudáveis de almoço e jantar. A galinha também é uma fonte de vitaminas do complexo B, como niacina e vitamina B6, que são importantes para reduzir o risco de doenças cardiovasculares, tratar o diabetes, sustentar a saúde do cérebro e baixar os níveis de colesterol LDL. Escolha frango orgânico para garantir que o frango foi alimentado com alimentos orgânicos cultivados sem pesticidas, não tenha recebido antibióticos e criada ao ar livre.

Alimentos Ricos em Proteínas

3. Caldo de Osso

Proteína em pó feita do caldo de osso é embalado com proteínas e poderosos aminoácidos que suportam a integridade do intestino e desintoxicação. Ele também contém minerais benéficos, incluindo potássio, cálcio, selênio e magnésio. Com somente uma dose desse pó de proteína, você colherá os benefícios curativos do caldo ósseo, como melhorar a saúde das articulações, reduzir a celulite, estimular o sistema imunológico e tratar o intestino gotejante.

4. Lentilhas

Comer lentilhas é uma ótima maneira para vegetarianos e veganos conseguirem a quantidade suficiente de proteína em suas dietas. Uma xícara de lentilhas possui uma lista de nutrientes, incluindo proteínas, fibras, ácido fólico, manganês, ferro, fósforo, potássio e vitaminas do complexo B, só para citar alguns. A proteína das lentilhas ajuda no aumento da saúde cardiovascular, ajuda na digestão, regula os níveis de açúcar no sangue e alcaliniza o corpo e equilibra o seu nível de pH.

5. Salmão Selvagem (e outros peixes selvagens)

O salmão capturado na natureza é um dos alimentos mais saudáveis do mundo, pois é rico em proteínas, ácidos graxos ômega 3, vitaminas e minerais – incluindo a vitamina B12 (com mais de 100% de seu valor diário a partir de 8 gramas); vitamina D; selênio; vitamina B3, vitamina B6 e vitamina B5; e potássio. Os benefícios dos nutrientes do salmão promovem a saúde do seu corpo inteiro, incluindo o cérebro, ossos, coração, olhos, pele e células.

6. Feijão Preto (e outros feijões)

O feijão preto é outro Alimentos Ricos em Proteínas que pode ser consumido por pessoas que seguem uma dieta vegetariana ou vegana. O feijão preto é uma excelente fonte de proteína e fibra, o que pode ajudar a sentir-se saciado e satisfeito depois de comer, ao mesmo tempo em que controla os níveis de açúcar no sangue para não sentir altos e baixos no nível de açúcar no sangue. A proteína e fibra encontrada no feijão preto também ajuda o corpo na absolvição dos nutrientes e liberação dos ácidos na corrente sanguínea, o que faz com que se sinta energizado e ajude na limpeza do trato digestivo.

7. Natto

Natto é um dos Alimentos Ricos em Proteínas tradicional japonês feito de soja fermentada, popularmente degustado no café da manhã. Sendo rico em proteínas, o natto foi uma fonte vital de nutrição no Japão feudal. Natto é feito por imersão de soja inteira, vaporizando-os e adicionando bactérias saudáveis à mistura. Natto oferece uma série de benefícios para a saúde, devido à sua proteína, manganês, ferro, cobre, magnésio, vitamina K e vitamina C (só para citar alguns) conteúdo. O cheiro e a textura do natto levam algum tempo para se acostumar, mas eu sugiro que você experimente para aproveitar esse é um dos Alimentos Ricos em Proteínas, probiótico e denso em nutrientes.

Alimentos Ricos em Proteínas

8. Ovos

Você sabia que os ovos têm um perfil completo de aminoácidos? Isso significa que os ovos contêm todos os nove aminoácidos essenciais que precisamos conseguir dos alimentos. Adicione os ovos à sua dieta para melhorar a saúde do seu coração, ajudar na perda de peso, prevenir a síndrome metabólica e melhorar a saúde da pele. Além disso, os ovos são ricos em biotina, o que ajuda na melhora da absorção de proteínas. A vitamina B6 também desempenha um papel importante na absorção de proteínas, uma vez que ajuda as enzimas a quebrar a proteína e transporta os aminoácidos desmontados para o sangue.

Mas lembre-se, para conseguir os benefícios dos ovos para saúde, consuma os ovos orgânicos e caipiras, que garantem que as galinhas possam andar, passear, empoleirar-se e ter uma boa qualidade de vida. Além disso, ovos caipiras, quando comparados a ovos de galinhas engaioladas, contêm mais vitaminas e ácidos graxos ômega-3 e menos colesterol.

9. Iogurte ou Kefir

Iogurte e kefir (um produto lácteo cultivado) são fontes equilibradas de proteínas, gorduras, carboidratos, vitaminas e minerais, e estão cheios de probióticos benéficos que ajudam na melhora da microflora em seu intestino, apoiando a digestão e a absorção de nutrientes . Adicionar este alimento rico em proteínas à sua dieta pode impulsionar o sistema imunológico, apoiar a perda de peso e regular o seu humor. É por isso que o iogurte probiótico é considerado um superalimento. Enquanto o iogurte grego é comum, eu recomendo iogurte feito de leite de cabra ou ovelha.

Alimentos Proteicos Melhores que Outros

O corpo pode produzir alguns aminoácidos sozinho, mas o restante deve ser conseguido a partir de alimentos proteicos. Dos 20 aminoácidos, alguns são considerados “essenciais”, porque são os tipos específicos que não somos capazes de produzir. Outros são “não essenciais” porque o corpo pode criá-los sintetizando outros aminoácidos.

Os 20 aminoácidos diferentes são únicos e têm certas funções no corpo, por isso é importante cobrir as suas bases e comer uma variedade de Alimentos Ricos em Proteínas para garantir que não falte alguns tipos. Mesmo quando um aminoácido não é essencial, é mais benéfico consegui-lo através da comida, pois isso exige menos trabalho para o corpo.

Nos EUA e na maioria das outras nações desenvolvidas, as pessoas raramente se tornam severamente deficientes em proteínas. No entanto, muitas pessoas comem os mesmos alimentos diariamente e não variam suas dietas para conseguir todos os aminoácidos essenciais regularmente. Então, enquanto comer muita proteína é importante, também é inteligente comer uma variedade de diferentes alimentos proteicos.

As pessoas que seguem uma dieta vegetariana ou vegana de baixa caloria apresentam um risco maior de perder importantes aminoácidos, já que os alimentos de origem animal são considerados “proteínas completas” (ou seja, contêm todos os aminoácidos essenciais), mas muitos não são. É possível combinar diferentes alimentos vegetais para criar uma combinação que tenha todos os aminoácidos essenciais – como comer arroz com feijão ou legumes com grãos integrais, por exemplo – mas alguns especialistas em saúde acreditam que isso não é tão bom quanto comer alimentos que são fontes de proteína.

Alimentos Ricos em Proteínas

Proteínas Completas

Uma lista mais longa está abaixo, mas alguns dos meus favoritos incluem carne alimentada com capim, laticínios orgânicos crus, ovos e frutos do mar pescados. A carne alimentada com capim contém ácido linoléico conjugado com reforço imunológico especial e gorduras saturadas saudáveis, além de um conteúdo nutricional superior ao da carne. Da mesma forma, bison, veado e cordeiro também são boas escolhas.

O peixe selvagem é um conjunto completo de aminoácidos, além de ser um dos alimentos ricos em ômega-3, cujo são saudáveis para o coração. Os ovos e os produtos lácteos crus fornecem um alto nível de nutrientes, além de proteínas. Além disso, são versáteis e tem um ótimo sabor. Laticínios crus como iogurte e kefir também fornecem probióticos amigáveis ao intestino que melhoram a digestão e a imunidade. Uma coisa que deve ter em mente ao comprar Alimentos Ricos em Proteínas, especialmente se são baseados em animais. O que quero dizer com isso? Compre carne alimentada com capim; ovos ou aves orgânicas, não criadas em gaiolas; laticínios crus, não pasteurizados; e peixes selvagens são fundamental para conseguir uma boa quantidade de proteína e também reduzir as toxinas em sua dieta.

Produtos animais de melhor qualidade contêm mais nutrientes do que os alimentos convencionalmente criados, uma vez que os próprios animais são mais saudáveis e alimentados com dietas mais naturais e densas em nutrientes. Também sabemos que existem alguns perigos reais dos peixes e animais de criação quando consumimos em grandes quantidades. Proteínas de alta qualidade fornecem mais minerais e vitaminas, ácidos graxos saudáveis e contêm muito menos poluentes, metais pesados ou potenciais hormônios sintéticos e antibióticos.

Proteínas Para Vegetarianos/Veganos

Você não precisa comer carne ou produtos animais para seguir uma dieta rica em proteínas. Na verdade, existem muitos alimentos que contêm proteínas vegetais. Aqueles que optam por uma dieta vegetariana ou vegana, coma muitos desses alimentos para aumentar seu consumo de proteína:

  • Lentilhas
  • Feijão (feijão preto, feijão, grão de bico)
  • Nozes (amêndoas, amendoim, pistache, castanha de caju)
  • Manteiga de amendoim (manteiga de amêndoa, manteiga de caju, manteiga de semente de girassol)
  • Arroz castanho
  • Aveia
  • Quinoa
  • Sementes (sementes de chia, sementes de linhaça, sementes de abóbora, sementes de cânhamo)
  • Verduras (espinafre, couve)
  • Abacate
  • Brócolis
  • Ervilhas
  • Cogumelos
  • Couve de Bruxelas

Alimentos Ricos em Proteínas

Pó de proteína de cânhamo é outra ótima opção para vegetarianos e veganos. É uma das melhores proteínas em pó porque contém 20 aminoácidos, incluindo todos os nove aminoácidos essenciais que o seu corpo não consegue produzir sozinho. O pó é feito a partir de sementes de cânhamo, que quase não possui níveis mensuráveis de THC, por isso é completamente saudável, seguro e legal. Além disso, contém ácidos graxos ômega-3, magnésio, ferro, potássio e cálcio também.

Considerações Finais

A proteína encontrada nos alimentos é usada por todas as partes do corpo para se desenvolver, crescer e funcionar adequadamente. Proteínas são longas cadeias de aminoácidos, que são moléculas essenciais para todos os processos metabólicos. Quando você não consome uma variedade de Alimentos Ricos em Proteínas, você fica na área de risco para deficiências em certos aminoácidos, o que pode resultar em muitos problemas de saúde, incluindo baixa energia, alterações de humor, dificuldade em perder peso, falta de sono e baixa imunidade e níveis instáveis de açúcar no sangue.

Alguns dos principais Alimentos Ricos em Proteínas incluem carne de vaca alimentada com capim, frango orgânico, lentilhas, salmão selvagem, feijão preto, natto, ovos, iogurte, queijo de cabra, amêndoas e proteína em pó feito de caldo de osso. Para as pessoas que não comem produtos de origem animal, há muitas opções de proteína à base de plantas, incluindo nozes, sementes, feijões, verduras e grãos como a quinoa. Para seguir uma dieta rica em proteínas, consuma 50% do seu peso corporal em gramas de proteína por dia. Caso deseje queimar gordura, consuma cerca de 70% do seu peso corporal em gramas de proteína.

0/5 (0 Reviews)
Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Ana Karolynne Goncalve

Sou graduada no curso de Nutrição pela Universidade Federal do Maranhão(UFMA), CRN6-MA 16199, com Mestrado na área da Nutrição Clínica com relação ao metabolismo, prática e terapia nutricional, realizado também na Universidade Federal do Maranhão(UFMA), Atualmente trabalho no campo de pesquisa sobre a Qualidade e Inovação em Alimentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *