Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Dicas de Saúde Dicas para os homens Dicas Variadas Doenças Doenças e Tratamentos Receitas Remédio Caseiro Saúde Sintomas

Os 10 Sintomas da Gonorreia que Muitos Ignoram

Os 10 Sintomas da Gonorreia que Muitos Ignoram
Gostou do post? Avalie!

Os Sintomas da Gonorreia que Muitos Ignoram fiquem atentos. Além disso, a gonorreia é uma doença sexualmente transmissível, provocada por uma bactéria, que pode afetar homens ou mulheres que têm contato íntimo sem camisinha, causando infecções frequentes no pênis, vagina ou ânus.

Geralmente, a gonorreia surge em adolescentes e jovens adultos com idade entre os 15 e os 24 anos, no entanto, pode ser evitado com o uso de camisinha durante o contato íntimo. Na maior parte das vezes a gonorreia tem cura através do uso de antibióticos, porém, após o tratamento, o paciente pode voltar a ser infectado caso tenha contato íntimo desprotegido novamente.

Além disso, tem-se observado que algumas pessoas tem uma maior resistência e o tratamento habitualmente realizado porque os antibióticos deixaram de fazer efeito, dificultando a cura. Neste caso pode ser necessário recorrer a uma combinação de antibióticos diferentes para curar a gonorreia resistente aos antibióticos existentes.

Sintomas da Gonorreia: A gonorreia é uma doença comum, transmitida durante a relação sexual, incluindo contatos vaginais, anais e orais. A gonorreia mais popular entre os jovens, com idades compreendidas entre os 15 e os 24 anos, e pode causar várias infecções genitais, retais e da garganta. Agora confira, Os 10 Sintomas da Gonorreia que Muitos Ignoram:

Nos Homens o Sintomas da Gonorreia são:

  • Dor e ardência ao urinar.
  • Secreção abundante de pus pela uretra.
  • Dor ou inchaço em um dos testículos.

Nas Mulheres os Sintomas são:

  • Incontinência urinária.
  • Corrimento branco-amarelado, semelhante ao pus.
  • Inflamação das glândulas de Bartholin, que ficam nas laterais da vagina e são responsáveis pela lubrificação da mulher.
  • Dor de garganta e comprometimento da voz, quando há relação íntima oral.
  • Inflamação do ânus, quando há relação íntima anal.
  • Quando não tratada, essa doença pode causar complicações com esterilidade, gravidez ectópica e dor pélvica crônica.

Como Prevenir a Gonorreia: Para prevenir o surgimento da gonorreia o mais importante é manter abstinência sexual ou ter contato íntimo apenas com camisinha de látex, pois é a único forma de impedir que a bactéria passe de um parceiro para outro.Embora a gonorreia possa passar durante qualquer tipo de contato íntimo, ela não infeta através de beijos, abraços ou partilha de talheres, por exemplo, pois a bactéria não é capaz de sobreviver fora do organismo humano.

Fatores de Risco da Gonorreia: Alguns fatores considerados de risco podem facilitar a contaminação com a bactéria causadora da gonorreia. Confira:

  • Pouca idade.
  • Ter vários parceiros sexuais.
  • Ter um parceiro com histórico de qualquer infecção sexualmente transmissível.
  • Não usar camisinha durante o ato sexual.
  • Uso abusivo de álcool ou de substâncias ilegais, que é um fator de risco para o sexo desprotegido.

Remédio Caseiro Para Tratar a Gonorreia: Um bom remédio caseiro para tratar a gonorreia é o chá com flores de romã, pois é uma planta medicinal que contém propriedades anti-sépticas e diuréticas que ajudam a eliminar a bactéria da gonorreia e a fortalecer o sistema imune.

Agora que você já conhece Os 10 Sintomas da Gonorreia que Muitos Ignoram, confira a receita completa do remédio caseiro para tratar a gonorreia;

Ingredientes:

Modo de Preparo:

  • Juntar os ingredientes e deixar repousar por 15 minutos.
  • Coar e beber o chá 1 vez por dia.

Este tratamento caseiro para gonorreia serve apenas para complementar o tratamento médico, não devendo substituí-lo.

Obs: Uma visita de acompanhamento após o tratamento da gonorreia é importante, principalmente em caso de dor nas articulações, erupções cutâneas ou dores mais fortes na região pélvica ou abdominal. Também devem ser realizados exames para garantir que a infecção tenha sido curada. Todos os parceiros sexuais do paciente com gonorreia devem ser contatados e examinados para evitar futuras transmissões da doença.

Este artigo foi útil?
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Avalie este post)
Loading...

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Avalie este post)
Loading...

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.