Dieta Atkins Funciona? Benefícios e Cardápios!

Revisado por

Nutrição e Educação Física pela UFT

Especialista do Dicas de Saúde

Dieta Atkins Funciona? Benefícios e Cardápios!
4.8 (95.8%) 119 votos

Dieta Atkins: Funciona? Benefícios e Cardápios que você precisa conhecer. Além disso, a Dieta Atkins foi introduzida pela primeira vez em 1972, quando o Dr. Robert Atkins publicou seu primeiro livro, “Dr. Revolução da dieta de Atkins ”. Robert Atkins foi um médico e cardiologista americano nascido em Columbus, Ohio, em 1930. Atkins estava muito interessado em medidas de nutrição e estilo de vida para combater a obesidade.

Seus métodos iniciais foram baseados na pesquisa de outro cientista americano, o Dr. Edgar S Gordon, de Madison, Wisconsin. Em 5 de outubro de 1963, Gordon e colaboradores publicaram um artigo no JAMA (Jornal da Associação Médica Americana) chamado “Um Novo Conceito no Tratamento da Obesidade”. Atkins ficou interessado em seus métodos e os testou em si mesmo com bons resultados.

Dieta atkinsEmbora seu livro, “Dr. Atkins Diet Revolution, vendeu milhões de exemplares seus métodos foram fortemente criticados por muitos colegas e especialistas em nutrição, alguns realmente achavam que ele estava muito bravo. Seus métodos contradiziam severamente as recomendações nutricionais tradicionais. O aumento do consumo de gordura foi pensado para ser não só indesejável, mas perigoso.

O Que é a Dieta Atkins?

A Dieta Atkins é uma dieta popular que se concentra na redução da ingestão de carboidratos em favor do consumo de alimentos ricos em proteínas. Requer atenção rigorosa à quantidade de carboidratos na dieta, particularmente durante as primeiras semanas.

O conceito central da Dieta Atkins é a teoria do Dr. Atkins de que o consumo excessivo e a hipersensibilidade aos carboidratos estão na raiz do ganho de peso. O princípio de Atkins baseia seu plano em dizer que é a maneira como seu corpo processa os carboidratos que você come – não quanto gordura você come – que nos faz ter um problema de peso.

Dr. Atkins diz que muitas pessoas com excesso de peso podem ser resistentes à insulina – as células que convertem carboidratos em glicose (que se torna energia) não funcionam corretamente. Atkins sugere que é mais provável que a maioria das pessoas com excesso de peso seja de fato resistente à insulina. O remédio do Dr. Atkins para a resistência à insulina (ou simples consumo excessivo de carboidratos) é uma restrição aos carboidratos.

Para seguir o plano da Dieta Atkins, você deve começar a monitorar e controlar sua ingestão de carboidratos. Existem alimentos específicos que são permitidos e não permitidos durante certas partes da Dieta Atkins. Em particular, você deve abster-se de comer carboidratos “ruins”, como alimentos processados, pré-embalados e alimentos como biscoitos em favor de uma dieta rica em proteínas e assim, conseguir fazer a Dieta Atkins.

Benefícios da Dieta Atkins:

Ajuda ou Previne o Diabetes:

A Dieta Atkins substitui alimentos processados, ricos em carboidratos e açúcares, propensos a causar oscilação de açúcar no sangue, resistência à insulina e ganho de peso.

Pode Normalizar os Níveis de Triglicerídeos e Colesterol:

A Dieta Atkins é rica em gordura, especificamente gorduras saturadas que muitos temem contribuir para problemas cardíacos. No entanto, quando a gordura saturada vem de fontes saudáveis, como carne de vaca ou óleo de coco, ela pode ser realmente benéfica para elevar os níveis de colesterol HDL e reduzir os fatores de risco para problemas cardiovasculares.

Trata Síndrome do Ovário Policístico (SOP):

Um dos principais fatores de risco para a síndrome do ovário policístico (SOP) é ter diabetes ou ser pré-diabético, devido aos efeitos da insulina no equilíbrio hormonal. SOP é agora o distúrbio endócrino mais comum que afeta as mulheres em idade reprodutiva e está associado a problemas como obesidade, hiperinsulinemia, infertilidade e resistência à insulina.

O que e Dieta atkins

Reduz Risco de Demência:

Dietas com baixo teor de carboidratos, como a Dieta Atkins têm sido benéficas para combater problemas cognitivos, incluindo demência, Alzheimer e narcolepsia. Os pesquisadores acreditam que as pessoas com maior resistência à insulina podem demonstrar níveis mais altos de inflamação e menor fluxo sanguíneo cerebral (circulação no cérebro) e, portanto, menor plasticidade cerebral.

Possíveis Malefícios da Dieta Atkins:

  • Fadiga ou letargia;
  • Dificuldade para dormir;
  • Dificuldade em exercitar-se por fraqueza ou perda de interesse em ser ativo devido a cansaço;
  • Problemas digestivos, como constipação (geralmente devido à baixa ingestão de fibras);
  • Irritabilidade ou alterações de humor (que podem ocorrer quando se reduz a ingestão de carboidratos, o que afeta os níveis de serotonina);
  • Indigestão devido a comer muita gordura;
  • Mal hálito.

Como Funciona a Dieta de Atkins?

Ao reduzir sua ingestão de carboidratos para menos de 40 gramas por dia, você entrará em um processo corporal chamado cetose. Cetose é um estado em que seu corpo queima gordura como combustível. Dr. Atkins também diz que a cetose afetará a produção de insulina, o que impedirá que mais gordura seja formada.

Dr. Atkins diz que uma vez que você entra em cetose e seu corpo começa eficientemente usando gordura como combustível, seus desejos por carboidratos vão diminuir e você não sentirá falta dos alimentos que você está fazendo sem.

Os Quatro Estágios da Dieta de Atkins:

Primeiro Estágio (Indução):

Este estágio deve durar duas semanas. A Dieta Atkins é bem simples. Você não conta calorias. Você não conta proteína. Você não conta gordura. Você pode comer toda a gordura que desejar, mas as gorduras trans devem ser evitadas. Você tem que contar carboidratos, e eles são muito limitados na primeira etapa, você pode ter até 20 gramas por dia, preferencialmente na forma de saladas ou vegetais crus.

Amido, grãos, açúcar, frutas e álcool são proibidos. Inicialmente, o café não era permitido porque poderia estimular os desejos. Em uma nova versão da Dieta Atkins, o café “Atkins novo” é permitido porque eu estimulo a queima de gordura.

A perda de peso é geralmente rápida e pode ser bastante dramática no primeiro estágio. A perda de peso é devida em grande parte a uma perda de água e inchaço porque a mensagem de insulina para os rins para armazenar sal é reduzida.

Segundo Estágio: (Perda de Peso em Curso):

Isso é feito adicionando lentamente carboidratos de volta a uma taxa de 5 gramas por semana, o que permite que você coma 25 gramas por dia durante a primeira semana do segundo estágio. Se você continuar a perder peso, você vai até 30 gramas por dia durante uma semana. Isso é continuado até que a perda de peso pare e, em seguida, você reduza para o nível anterior. Esse nível é definido como CCL.

dieta-atkins

Terceira Fase: (Premaintenance):

Nesta fase, você aumenta seus carboidratos em mais 10 por dia durante uma semana. Novamente, você está procurando o nível de consumo de carboidratos que permitirá que você continue perdendo, embora a uma taxa muito mais lenta do que antes. Atkins considerou importante reduzir a perda de peso para menos de meio quilo por semana durante 2 a 3 meses.

Quarto Passo: (Manutenção da Vida):

O quarto passo, você vai comer a quantidade de carboidratos que lhe permite ficar com o peso alcançado. A quantidade de carboidratos que as pessoas podem comer nesse estágio varia muito, mas geralmente é entre 25 a 90 gramas por dia, às vezes mais entre aqueles que se exercitam muito.

Alimentos Incluídos na Dieta Atkins:

Cardápio da Dieta Atkins Para Perder Peso:

Café da manhã: Omelete com abobrinha, espinafre e tomates + ½ xícara de mirtilos;
Lanche da manhã: ½ xícara de melão em cubos;
Almoço: Bisteca frita + salada de alface, escarola e tomate + ½ xícara de legumes;
Lanche da tarde: 1 fatia de ricota;
Jantar: Hambúrguer caseiro + ovos + ½ xícara de vagem cozida.

Café da manhã: 2 Ovos cozidos com uma fatia de bacon;
Lanche da manhã: Talos de aipo com um pouco de creme de leite;
Almoço: Peixe cozido no leite de coco + salada de folhas + ½ tomate;
Lanche da tarde: 1 pedaço de queijo amarelo;
Jantar: Charuto de repolho com carne moída (sem arroz).

Café da manhã: Frango desfiado com um pouco de creme de leite;
Lanche da manhã: ½ abacate;
Almoço: Coxa ou sobrecoxa de frango assada com bacon + ½ xícara de brócolis + 5 azeitonas;
Lanche da tarde: Gelatina com creme de leite;
Jantar: Linguiça assada + legumes + 5 azeitonas.

Café da manhã: Atum em lata com uma fatia de queijo;
Lanche da manhã: Ovo cozido temperado com azeite, sal e pimenta;
Almoço: Filé de frango com molho de mostarda e creme de leite + ½ xícara de legumes;
Lanche da tarde: 1 fatia de ricota;
Jantar: Bacalhau com creme de leite, azeitonas, ovos cozidos e cheiro verde.

Café da manhã: ½ abacate com um enroladinho de presunto e queijo;
Lanche da manhã: 7 nozes;
Almoço: Bisteca frita + salada de alface, escarola e tomate + ½ xícara de legumes;
Lanche da tarde: 1 fatia de ricota;
Jantar: Frango refogado com brócolis e requeijão + salada verde.

É importante lembra que toda dieta deve ser acompanhada por um profissional de saúde, como o nutricionista, para não prejudicar a saúde.

0/5 (0 Reviews)
Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Alan Costa

Sou nutricionista e Personal Trainer. Me formei pela Universidade Federal do Tocantins em 2002, com registro profissional no CRN-4 nº 1509723, tenho especialização em Nutrição Esportiva, Treinamento Físico e treinos Curto de alta intensidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *