Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Alimentos Saudáveis Dicas de Saúde Dicas para emagrecer

Os 18 Alimentos que Ajudam na Reeducação Alimentar

Os alimentos que ajudam na Reeducação Alimentar são basicamente frutas, legumes, verduras e carnes magras. A Reeducação Alimentar é um termo muito comentado ultimamente como o “segredo” para emagrecer e ter uma vida mais saudável, livre de doenças e do efeito sanfona através da troca de alimentos na alimentação. Além disso, A principal coisa que devemos aprender é que a reeducação alimentar não consiste em deixar de comer tudo o que gosta e passar a comer somente Frutas, Verduras, Legumes e alimentos light. Muito pelo contrário, é aprender que você pode comer tudo, mas sem exageros e de forma equilibrada.

A variedade de folhas em um país como o Brasil é bem grande, mas nem todos – especialmente quem está iniciando um processo de reeducação alimentar, conhecem bem boa parte das diversas espécies disponíveis nas feiras por esse e muitos outros motivos é importante lembrar os benefícios e características das principais verduras. Mas, para ter os benefícios de todos, é preciso comer a maior variedade possível de folhas.

os Alimentos que Ajudam na Reeducação AlimentarOs vegetais verde-escuros são particularmente ricos em cálcio, um mineral que ajuda no emagrecimento e é fundamental para a saúde dos ossos e dentes. Vegetais crucíferos, como Brócolis, Couve-flor, Couve repolho, Couve-de-bruxelas e Rabanete, são fonte e sulforafano, um fitoquímico com ação antitumoral na prevenção do câncer de próstata, mama, pulmões e bexiga. Então, confira os 18 alimentos que ajudam na Reeducação Alimentar.

1. Acelga: Acelga é um excelente exemplo de alimentos que ajudam na Reeducação Alimentar. Pois, ela é ótima para quem precisa manter a pressão sob controle, graças ao Potássio e Magnésio, minerais importantes para controlar a frequência dos batimentos do coração. Além disos, A acelga é uma fonte de Vitamina A por conter betacaroteno, substancia que é convertida em vitamina A quando ingerida. A hortaliça ainda fornece fibras alimentares, Ferro, Vitamina B6, Vitamina C e Vitamina E.
Forma de Consumo: cru, refogada e em pratos quentes como bolinhos, tortas e ensopados.

2. Agrião: Agrião além de ser uma das principais fontes de Vitamina A, essência para a imunidade, o agrião ainda fornece vitaminas do complexo B e grande quantidade de Vitamina C. Consumir regularmente essa verdura de folhas pequenas e rica em sais minerais como Iodo, enxofre, Fósforo e Ferro, ajuda a manter a saúde da tireoide. Para completar, o agrião tem ação descongestionante, expectorante e fluidificante. Ou seja, é excelente pra quem tem problemas respiratórios.
Forma de Consumo: em saladas ou batido em sucos, sempre com talo.

3. Alface: Alface é um dos principais alimentos que ajudam na Reeducação Alimentar. Pois, A maior virtude da folhinha mais consumida no Brasil é seu baixo teor calórico. Mas ela tem muito mais a oferecer, como as boas doses de Magnésio, mineral que ajuda a evitar câimbras, agindo como um relaxante muscular. Essa verdura também é considerada calmante e sedativa pois seu talo é rico em lactucina, um anestésico e sonífero natural. Assim, é ótima para quem sofre de insônia. Além disso, possui celulose, um tipo de fibra que auxilia o funcionamento de intestino, o que diminui o contato de nosso corpo com eventuais substâncias toxicas.
Forma de Consumo: em saladas. Também vai bem em sanduíches.

4. Almeirão: O Almeirão também conhecido como chicória amarga, o almeirão é excelente para o fígado e a vesícula biliar. Assim, auxilia na boa digestão e é muito para abrir o apetite. Por ser bastante amargo, não costuma agradar a todos os paladares. Dicas para atenuar o amargor: na compra, escolha os pés com folhas menores, em geral, mais novas. Se refogado, ou mesmo passado na água quente, fica ainda mais amargo.
Formas de Consumo: em saladas ou levemente refogado.

5. Folhas de Beterraba: A Folhas de Beterraba, Além da boa quantidade de fibras as folhas de beterraba que, por falta de informação, costuma ser desprezadas, são até mais rica em nutrientes do que o próprio tubérculo. Além disso, ela é uma ótima fonte de minerais como Ferro, Cálcio e Fosforo. Também fornece polifenóis, substância que, entre outras funções, combatem os radicais livres, evitando o envelhecimento precoce das células do organismo. Para aproveitar melhor os benefícios, consuma a folha com talo. O sabor é agradável inclusive para crianças.
Formas de Consumo: em saladas, refogados e sucos.

6. Folhas de Brócolis: As flores são as partes mais famosas do Brócolis, mais os talos e folhas desse vegetal da família das crucíferas também estão entre os alimentos mais saudáveis da feira. As folhas do brócolis contêm até 20 vezes mais proteínas do que os buquês. Além disso, são muito ricas em polifenóis. Outro beneficio é a quantidade de Cálcio, mineral essencial para a saúde dos ossos e dentes, que nas folhas é até seis vezes maior.
Forma de Consumo: refogado e também em sucos.

reeducação alimentar7. Catalonha: A Catalonha também conhecida como almeirão em algumas regiões, a catalonha fornece vitaminas do complexo B, importantes para todo o processo metabólico. Também é fonte de minerais essenciais pra o bom funcionamento do organismo, como o Potássio, que auxilia no relaxamento dos músculos, na saúde dos neurônios e na produção de insulina. O sabor amargo dessa verdura pode ser atenuado fervendo-a com bastante água e escorrendo bem.
Formas de Consumo: saladas, sopas e refogada.

8. Chicória: A Chicória é riquíssima em celulose, um tipo de fibra alimentar não solúvel em água, que aumentam o bolo fecal e aceleram o trânsito intestinal. Com isso, o risco de infecções como as diverticulites (inflamações da parede do intestino) e o aparecimento de hemorroidas é bem menor. Como todas as verduras, ainda fornecem minerais e vitaminas.
Forma de Consumo: em saladas ou refogada.

9. Couve: Couve é um dos principais alimentos que ajudam na Reeducação Alimentar. Pois, é um excelente antioxidante por seu elevado teor de Vitamina C. assim, comer couve regularmente reduz o risco de câncer e doenças cardiovasculares, além de contribuir para a saúde da pele, unhas e cabelo. A couve tem boa quantidade de Magnésio e Cálcio, que junto atuam na melhora do sono e, assim, auxiliam n perda de peso. Quando associados á Vitamina D, esses minerais também contribuem para a saúde dos ossos.
Forma de Consumo: em saladas, sopas, refogada e em sucos.

10. Couve-de-bruxelas:Couve-de-bruxelas é muito parecida com um Repolho Roxo em miniatura, essa verdura é importante para os processos de coagulação sanguínea, uma vez que é riquíssima em Vitamina K. É muito importante também para a saúde dos cabelos unhas e dentes. Como possui alto teor de Vitamina C, também contribui para melhorar o sistema imunológico. Em algumas regiões, é conhecida como radicchio.
Forma de Consumo: em saladas ou refogada.

11. Endívia: Apesar de não ser muito popular no Brasil onde é mais usada para decorar pratos refinados, a endívia é da mesma família da alface, da chicória e do almeirão. Suas folhas são pequenas, brancas na base e amareladas nas pontas. De sabor levemente amargo, possui vitaminas do complexo B, essenciais para o sistema nervoso. Também é rica em acido fólico, substancia que fortalece as defesas do organismo e é fundamental para gravidas. A presença de Cálcio ainda contribui para a boa saúde dos ossos.
Forma de Consumo: crua ou refogada.

12. Escarola: Como outros vegetais de cor verde escura, a Escarola contém boas quantidades de Vitamina A, complexo B, Cálcio, Ferro e Fosforo. Assim, reforça o organismo e contribui para a saúde de pele, ossos, unhas e cabelos. A insulina, presente em quantidades generosas, é um probióticos que melhora a flora intestinal, O funcionamento do estômago e da vesícula biliar, ajudando a prevenir o surgimento de tumores. A escarola funciona também como depuradora do sangue e ajuda a eliminar manchas na pele.
Formas de Consumo: em saladas ou refogada.

13. Espinafre:Espinafre é outra boa alternativa de alimentos que ajudam na Reeducação Alimentar. Pois,  ela é rico em nutrientes antioxidantes que ajudam a prevenir diversos tipos de câncer, o espinafre fortalece o sistema imunológico, protege a visão e auxilia no bom funcionamento do intestino. Pesquisas recentes demonstram que vegetais de folhas verde escuras, como o espinafre, podem reduzir o risco de doenças cardiovasculares, graças á presença do ácido fólico. Entretanto, não e aconselhável consumi-lo em excesso, pois contém ácido oxálico e fítico, que impedem a absorção de minerais. Como, no máximo, duas vezes por semana.
Forma de Consumo: em saladas, refogado e em recheios de tortas e bolinhos.

14. Mostarda:  Mais conhecida como um condimento de sabor marcante, extraído de suas sementes, a Mostarda é também uma verdura. De gosto amargo, vai bem como acompanhamento de pratos mais “pesados”, como carnes gordurosas, tanto para equilibrar o sabor como para facilitar a digestão. Por outro lado, ela pode se sobrepor aos ingredientes de pratos mais delicados sua principal virtude nutricional é a boa quantidade de Cálcio.
Formas de Consumo: em saladas ou refogada.

Alimento que Ajudam na Reeducação Alimentar15. Repolho: Repolho além de ser uma boa fonte de Vitamina C, betacaroteno, Ácido fólico, Potássio e Fosforo, o repolho é rico em fibras. Sendo assim, o consumo regular desse vegetal da família das crucíferas está associado á prevenção de alguns tipos de tumores, estre eles o de mama e do cólon. Isso acontece porque estimula a produção de enzimas protetoras das células. O Repolho Roxo é rico em antocianinas, nutriente antioxidante, que auxilia na proteção do sistema cardiovascular.
Forma de Consumo: em saladas, refogado ou em recheios de tortas e bolinhos.

16. Rúcula: A Rúcula é outra boa alternativa de alimentos que ajudam na Reeducação Alimentar. Pois, Com boas quantidades de acido fólico, Vitamina C, Cálcio, Ferro e Potássio, essa verdura se destaca pelo sabor levemente apimentado. É rica em betacaroteno e ômega 3, substâncias antioxidantes que atuam na prevenção de tumores, além de cuidar da saúde dos olhos e da pele. Um estudo recente feito com um extrato á base de rúcula, demonstrou que seus nutrientes são capazes de reduzir a acidez gástrica e as ulceras em ratos.
Formas de Consumo: em saladas, refogada ou em recheios diversos.

17. Salsão: Em algumas regiões é chamado de aipo. Seu principal nutriente são as fibras, essenciais ao bom funcionamento intestinal. Por conter boa quantidade de água, ajudando a combater inchaços. A presença de minerais como potássio, cálcio, fosforo e ferro fazem desse vegetal um grande amigo da saúde da pele. Mas o grande destaque é a presença de cobre, importante no combate aos radicais livres, portanto, prevenindo o corpo contra tumores.
Formas de Consumo: em saladas, refogado e em recheios diversos.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.