Nutrição

Ácido Fólico: O que é, Benefícios, Alimentos e Efeitos Colaterais

Ácido Fólico: O que é, Benefícios, Alimentos e Efeitos Colaterais

Revisado por

Enfermeira

Especialista do Dicas de Saúde

Ácido Fólico: O que é, Benefícios, Alimentos e Efeitos Colaterais
4.9 (97.78%) 9 votos

Ácido Fólico: O que é, Benefícios, Alimentos e Efeitos Colaterais são informações de suma importância para todos. Ademais, o nome deriva do latim folium, folha, e o nome oficial é ácido pteroilmonoglutammico, mas é mais conhecido como vitamina M ou B9.

O Ácido Fólico é uma vitamina do grupo B, por vezes referido como vitamina B9. Especificamente, os folatos são os compostos que ocorrem naturalmente nos alimentos, enquanto o Ácido Fólico é o termo que se refere à molécula de síntese química presente nos suplementos vitamínicos e alimentos fortificados. Portanto, saiba mais sobre o Ácido Fólico: O que é, Benefícios, Alimentos e Efeitos Colaterais:

acido folico na gravidez

acido folico na gravidez

O que é Ácido Fólico?

A presença desta vitamina é importante no corpo. Pequenas quantidades devem ser tomadas todos os dias.

Este nutriente essencial é encontrado em alimentos comuns. Grandes quantidades estão presentes em frutas frescas e vegetais de folhas verdes, como espinafre, acelga, nabo e alfaces, especialmente a alface romana. A falta desses alimentos em sua dieta, provavelmente provoca a deficiência desta vitamina. Níveis baixos deste elemento podem ser causados ​​por defeitos congênitos, condições de anemia megaloblástica, bem como doenças de natureza diferente.

Em circunstâncias particulares, como no caso de mulheres grávidas, a importância desta vitamina é maior. Graças à sua presença, é obtida ajuda para a prevenção de problemas e defeitos que podem afetar o cérebro ou a coluna vertebral do futuro não-nascido.

O Ácido Fólico é essencial para ainda outras razões: ele permite a produção de ADN, ARN, as células vermelhas do sangue e, consequentemente, suporta a produção de novas células, assim como o metabolismo da homocisteína de aminoácidos.

Alimentos Ricos em Ácido Fólico:

Talvez você esteja pensando em ir à farmácia para comprar um suplemento vitamínico à base de Ácido Fólico. Não é a melhor solução. Pelo menos se não tiver sido recomendado pelo nosso médico, psiquiatra ou nutricionista especialista.

O ideal é agir de acordo com nossas necessidades. Se atualmente não sofremos de nenhum distúrbio associado, devemos nos limitar a incluir ou manter esta vitamina em nossa dieta. Alguns alimentos ricos estão facilmente disponíveis em qualquer supermercado. Aqui está uma lista:

Alimentos Ricos em Ácido FólicoPorçãoQuantidade de Ácido Fólico
Beterraba100 g 68 mcg
Macarrão cozido140 g98 mcg
Quiabo cozido100 g134 mcg
Amendoim72 g90 mcg
Soja verde cozida90 g100 mcg
Lentilhas100 g179 mcg
Espinafre cozido95 g103 mcg
Brócolis cozido1 xícara78 mcg
Arroz branco100 g48 mcg
Feijão-preto cozido86 g128 mcg

Para que Serve o Ácido Fólico:

O Ácido Fólico tem, assim, uma função anti-anêmico poderoso e ajuda o coração, o sistema circulatório, também é essencial para o sistema nervoso e de medula óssea. Veja a seguir mais funções desta vitamina:

  • Abaixa a homocisteína no sangue;
  • Evita que o bebê nasça abaixo do peso;
  • Beneficia a medula óssea;
  • Bom funcionamento do sistema nervoso;
  • Produz glóbulos vermelhos;
  • Beneficia a saúde mental;
  • Possui funções metabólicas;
  • Previne anemia;
  • Previne a depressão;
  • Previne malformações neonatais;
  • Transformação de proteínas em energia;
  • Beneficia para o coração e a circulação.

Ácido Fólico na Gestação:

Estes são os benefícios mais conhecidos e para os quais a integração do Ácido Fólico na gestação.

Tomar Ácido Fólico durante a gravidez é essencial para o bom desenvolvimento do feto, especialmente para a prevenção de certos defeitos congênitos do tubo neural – a estrutura que criará o sistema nervoso e a coluna vertebral nas primeiras semanas de gravidez – como a espinha bífida (a espinha desenvolve duas terminações em vez de um), anencefalia (desenvolvimento do cérebro perdido ou incorreto).

A espinha bífida envolve problemas de vários tipos, alguns corrigíveis com a cirurgia, enquanto outros não podem ser resolvidos pela cirurgia, como paralisia dos membros inferiores, dificuldade em controlar o intestino e a bexiga, dificuldades no desenvolvimento físico e mental. Crianças com anencefalia morrem antes do nascimento ou recém-nascidas.

Esta vitamina também parece desempenhar um papel na prevenção de outros defeitos e malformações congênitas (labiopalatosquise, alguns defeitos cardíacos).

Qual a Dosagem de Ácido Fólico:

acido folico beneficios

acido folico beneficios

Esta vitamina torna-se tóxica se tomada em grandes quantidades. A administração de Ácido Fólico contido em multivitaminas ou vitaminas pré-natais limita o risco de toxicidade que a substância apresenta, comparado ao caso em que é tomada por meio de suplementos quase exclusivamente enriquecidos por ela. Em qualquer caso, as doses devem estar contidas dentro dos limites mínimos recomendados.

As doses recomendadas para adultos correspondem a uma dose de 800 mcg de Ácido Fólico por dia. A maior parte desta quantidade deve provir da dieta, no entanto condições especiais ou de outra forma nos casos em que ocorrem deficiências desta substância, podem requerer a ingestão desta vitamina por meio de suplementos alimentares. Estes compostos são frequentemente utilizados durante a gravidez e lactação para atingir os níveis mínimos diários recomendados.

É importante que as mulheres grávidas consumam níveis adequados desta vitamina não só durante a gravidez, mas também antes. Para mulheres em idade fértil, recomenda-se um consumo mínimo diário que varia de 400 a 800 mcg desta vitamina. Em qualquer caso, a ingestão de Ácido Fólico não deve exceder 1000 mcg por dia. O excesso desta vitamina inibe a absorção de vitamina B12.

Quando é Necessária a Suplementação de Ácido Fólico:

A ingestão de suplementos de Ácido Fólico são prescritos principalmente na gravidez para evitar malformações do feto, mas pode haver outros casos onde os suplementos são recomendados pelo médico, por exemplo, ao seguir uma dieta pobre em folato, com poucos frutos e vegetais, e quando os níveis de homocisteína no sangue são altos e podem representar riscos para a circulação.

Estudos recentes mostraram algumas propriedades desta vitamina na prevenção do câncer. Baixos níveis desta vitamina no sangue foram encontrados para aumentar o risco de alguns tipos de câncer.

As células, por outro lado, exigem a presença dessa substância para criar e manter ao longo do tempo, células e DNA em boas condições. Devido a esta ligação, é inevitável que uma presença insuficiente de folato iniba a capacidade do organismo de reparar células danificadas. Assim, esta condição é favorável para a produção e desenvolvimento de células que apresentam anomalias, ou seja, são cancerígenas.

Sinais de Deficiência de Ácido Fólico:

Não é coincidência que o Ácido Fólico tenha sido descoberto estudando casos de anemia. A anemia é o maior risco patológico em caso de deficiência de Ácido Fólico. A vitamina B é essencial, entre outras coisas, para o desenvolvimento celular, especialmente para os glóbulos vermelhos. A deficiência desta vitamina pode ocorrer devido a falta ou dificuldades de absorção.

No primeiro caso, é devido a problemas alimentares. Uma dieta pobre em alimentos que contêm Ácido Fólico leva inevitavelmente à anemia, se não for suplementada. No segundo caso, a falta de absorção pode ser devido a problemas renais, como pacientes em diálise, ou em alcoolistas. Conquanto, algumas drogas anticâncer ou para combater a artrite reumatoide, podem causar dificuldades na absorção de Ácido Fólico.

Efeitos Colaterais do Ácido Fólico:

O consumo de suplementos com esta vitamina não é seguro para todas as pessoas. Antes de iniciar um tratamento baseado em suplementos enriquecidos com esta substância, é aconselhável consultar um médico e ter certeza de que você pode tomar Ácido Fólico em suplementos sem correr o risco de encontrar problemas.

Indivíduos com doença renal, anemia, infecções ou abuso regular de álcool devem inegavelmente prestar mais atenção ao consumo de suplementos de folato.
Os efeitos colaterais associados ao consumo suplementar de Ácido Fólico podem incluir: náusea, inchaço do estômago, perda de apetite, depressão, irritabilidade, distúrbios do sono, reações alérgicas e, finalmente, sentir um gosto desagradável na boca.

acido folico

acido folico

O Ácido Fólico pode ter outros efeitos adversos, que podem interagir com certos tipos de medicamentos, incluindo antibióticos, barbituratos, pirimetamina, metotrexato, fenitoína e nitrofurantoina. Partindo do princípio de um fármaco anticonvulsivo e associando ao mesmo tempo que de um suplemento de Ácido Fólico em doses elevadas, é possível fazer com que, de um modo semelhante ao caso anterior, uma reação adversa com o consequente aparecimento de convulsões epilépticas.

Se você toma regularmente medicamentos pertencentes aos tipos listados e no caso em que, ao mesmo tempo deve tomar suplementos com esta vitamina, basta ajustar as doses do último, com o apoio do médico, a fim de evitar os possíveis efeitos.

0/5 (0 Reviews)
Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.