Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Dicas de Saúde Dieta e Nutrição

Os 11 Tipos de Farinhas e Seus Benefícios Para Saúde

Os 11 Tipos de Farinhas e Seus Benefícios Para Saúde são diversos, pois, ele possui uma grande quantidade de nutrientes essenciais para saúde geral do corpo. Além disso, Elas devem ser acrescentados a rotina alimentar de quem busca por mais saúde. Pois, Nem sempre o sabor de determinados legumes e frutas agradam o paladar das pessoas. Contudo, mesmo nesses casos, é possível consumir esses ingredientes de uma maneira saudável: por meio das farinhas. Então, confira agora Os 11 Tipos de Farinhas e Seus Benefícios Para Saúde e saiba como preparar algumas em casa!

Benefícios da Farinha de Cocaína: A Berinjela contém pectina, uma fibra solúvel que forma um gel no estômago, o que ajuda a dar mais saciedade. Além disso, essa fibra também auxilia no trânsito intestinal. Além disso, A casca roxa denuncia a presença de resveratrol, um antioxidante também presente nas uvas e vinho, com grandes benefícios para o coração e o corpo em geral. Essa farinha é muito versátil, podendo ser polvilhada no iogurte, no suco, na salada e na sopa, e também usada no preparo de pratos como panquecas, bolos e pães.

farinha-5Dicas Extra: Não se esqueça de tomar muita água entre as refeições, pode ser ao natural ou sob a forma de chás quentes ou gelados. O ideal é consumir de 2 à 3 colheres (sopa) por dia de farinha de Berinjela.

Benefícios da Farinha de Maracujá: A farinha de maracujá é rica em fibras e pobre em carboidratos, por isso é a mais indicada para controle da glicemia, sendo uma aliada para os diabéticos tipo 1 e 2. Além disso, Quando feita de casca, é rica em pectina, uma fração de fibra solúvel que tem a capacidade de reter água, formando géis que promovem a sensação de saciedade, ajudando no emagrecimento e melhorando o trânsito intestinal.

Como Fazer:

  • Lave bem 6 maracujás e retire as polpas.
  • Corte as cascas em fatias finas e distribua-as em uma forma.
  • Leve ao forno baixo e deixe secar.
  • Retire do forno antes de torrar e deixe esfriar.
  • No liquidificador, bata até virar farinha.
  • Passe a mistura por uma peneira fina.
  • Está pronta para ser consumida.

Benefícios da Farinha de Linhaça: Assim como a semente, essa versão mantém seus nutrientes: os ômegas 3 e 6, que ajudam a controlar o colesterol, e as lignanas, que afastam tumores e amenizam sintomas da TPM. Caso opte por preparar essa farinha na sua casa, lembre-se de fazer pequenas quantidades, pois com o tempo o alimento perde suas propriedades nutricionais.

O ideal é triturar a semente em liquidificador e depois guardá-la na geladeira, para que não sofra o processo de rancificação. A recomendação é que seja armazenada em um recipiente escuro, com tampa, por até três dias. Além disso, Na versão industrializada, é possível encontrar a farinha desengordurada, porém, com menor teor de nutrientes.

Benefícios da Farinha de Feijão-branco: Essa farinha é uma ótima fonte de cálcio, ferro, potássio, magnésio e outros minerais, além de vitaminas E e K, folato e fibras. Além disso, Outra característica é que ela possui uma proteína chamada faseolamina, que funciona como um bloqueador de carboidrato.

Como possui vários nutrientes, cada um vai fazer o seu papel, auxiliando o organismo a funcionar adequadamente como um todo. Assim, apresenta uma alternativa segura para as dietas de emagrecimento, para diabéticos que precisam diminuir a quantidade de açúcar e para a redução de triglicérides, favorecendo a saúde do coração.

Benefícios da Farinha de Banana Verde: Essa farinha é uma ótima fonte de diversos minerais, como potássio, fósforo, magnésio, cobre, Manganês e zinco, tornando-se uma boa alternativa para a saúde dos ossos, fertilidade e imunidade. Mas a principal propriedade da farinha da banana verde é o amido resistente. Ele impede a absorção do açúcar contido nos carboidratos, evitando picos de glicose no sangue e o aumento da produção de insulina – um hormônio que faz o organismo estocar gordura se for produzido em excesso.

As pesquisas mostram que esse amido estimula a proliferação de bactérias benéficas para o intestino, melhorando o seu funcionamento, com consequente resposta na perda de peso. Além disso, Estudos indicam ainda que o consumo de amido resistente também atua na redução do colesterol e, por isso, a banana verde pode também ter uma importante função na prevenção do desenvolvimento de doenças do coração. Quando for fazê-la em casa, opte pela banana-prata.

Como Fazer:

  • Unidades da fruta em água fervente por dois minutos.
  • Depois descasque-as e corte em pedaços pequenos.
  • Disponha em uma forma e leve ao forno até ficarem quase torradas.
  • Leve ao liquidificador e bata até virar farinha.

Benefícios da Farinha de Trigo: A farinha de trigo branca é fonte de carboidratos e, se o farelo (estrutura que recobre a semente) não for desprezado no preparo, também de vitaminas do complexo B, zinco e potássio. Além disso, Essas vitaminas dão energia e vitalidade ao sistema nervoso central, enquanto que o zinco fortalece o sistema imunológico e o potássio auxilia na hidratação dos tecidos do corpo.

É recomenda, que seja dada prioridade à versão integral, mais saudável e fonte de fibras. Lembre-se de que a farinha de trigo branca deve ser evitada por pessoas com doença celíaca ou intolerantes ao glúten.

Benefícios da Farinha de Aveia: Se você adora o grão, sabe que ele tem inúmeros benefícios para o corpo humano, em todas as suas formas! A farinha não poderia ser diferente, rica em fibras solúveis e também de beta-glucana, substância que auxilia na diminuição de colesterol no sangue. Inclua o ingrediente nas receitas de panquecas, bolos, tortas e até biscoitos! Surpreenda-se com o sabor da panqueca proteica de cacau, feita com a farinha de coco e aveia.

Benefícios da Farinha de Milho: A farinha de milho tem algumas vantagens em relação à farinha de trigo, porque preserva uma série de nutrientes importantes que a de trigo dispensa. Além disso, O principal deles são as fibras, que ajudam o organismo a eliminar toxinas e manter a taxa de colesterol em níveis adequados.

O milho também é fonte de vitamina A, essencial para a visão e para a diferenciação dos tecidos. Além disso, essa farinha tem a vantagem de não conter glúten, o que libera seu consumo mesmo por pessoas em dietas restritivas.

Benefícios da Farinha de Cevada: A grande vantagem da farinha de cevada é que ela é repleta de fibras, nutrientes importantes para o bom funcionamento do intestino. Os grãos inteiros podem ser usados em pratos salgados, doces e até mesmo no preparo de pães, mas a farinha fica ótima em biscoitos e panquecas. Para quem tem intolerância ao glúten, não é indicado seu consumo, por ser da mesma família que o trigo.

farinha-farinhaBenefícios da Farinha de Chia: As sementes de chia já são conhecidas há um tempo por seus inúmeros benefícios na alimentação. São ricas em nutrientes de ação antioxidante, proteínas e bastante fibras, sendo ótimas para preparar pães, bolos, tortas e incluir nas saladas, iogurtes e vitaminas, garantindo uma boa dose de energia para o dia. Incremente seu jantar com a torta salgada de chia e espinafre, bem saborosa e diferente!

Benefícios da Farinha de Coco: A mistura curiosa de fibras com gordura, da própria fruta, torna a farinha de coco um ingrediente interessante nas receitas de bolos. Não contém glúten e apresenta muito mais fibras do que a versão em óleo, sendo uma ótima escolha para deixar sua granola caseira ainda mais saudável. É acompanhada, normalmente, de farinha de arroz, que dá a consistência da massa. Tanto para a sobremesa quanto para o café da manhã, a panqueca de amêndoas e mel é uma delícia!

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.