Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Dicas de Saúde Dicas para emagrecer Dieta e Nutrição

Os 100 Alimentos Para Turbinar a Sua Dieta

Os Alimentos Para Turbinar a Sua Dieta, além disso, começar uma dieta é fácil, se manter nela e conquistar os resultados desejados é outra história. Além disso, quando uma mulher começa a fazer dieta, ela quer dizer ao mundo que precisa perder barriga. A maioria das pessoas, querem eliminar pelo menos dois quilos da balança e secar a região abdominal. Além de uma alimentação saudável, cheias de fibras e com pouquíssima ou nenhuma forma de gordura, é recomendado o consumo de dois litros de água por dia para fazer o organismo funcionar bem e eliminar as toxinas e desinchar. Além, de fazer exercícios físicos pelo menos três vezes por semana para eliminar as gordurinhas e acelerar o metabolismo.

os-100-alimentos-para-turbinar-a-sua-dieta

Outra forma de acelerar o emagrecimento é trocar alimentos fritos e carnes vermelhas, por proteínas magras e carnes brancas, como o peixe ou o frango grelhado. Uma boa forma de não comer carne e preencher o organismo com os mesmos benefícios, é fazer um refogado de soja no lugar da carne moída ou colocar com o feijão. É uma forma de acelerar o metabolismo e não trancar o intestino. Além disso, peixes como o salmão e a sardinha, são ricos em ômega-3, que atua contra o envelhecimento da pele e melhora a circulação no organismo. Então, confira Os 100 Alimentos Para Turbinar a Sua Dieta.

Mantenha uma alimentação saudável e rica em nutrientes no seu dia a dia e conquiste o peso ideal.

Leite: O Cálcio presente na bebida impede o acúmulo de gordura a abdominal.

Gergelim: É uma fonte diferente de energia para espantar o cansaço durante a atividade física.

Erva-Cidreira: Ela acaba com a barriga estufada, por combater a prisão de ventre, além de controlar as emoções.

Camomila: Tem poder calmamente e age como um sedativo natural. Alivia a ansiedade e resolve problemas do sistema digestivo, reduzindo os gases.

Acelga: Na versão cozida promove a eliminação de peso e é uma grande aliada do processo  digestivo.

Ervilha: A combinação de poucas calorias e muitos nutrientes é o principal destaque da leguminosa. Contém vitaminas do complexo b, que auxiliam no emagrecimento.

Água: Além da função de hidratação, a água combate a celulite, é desintoxicante e quando bem gelada estimula o organismo a gastar energia.

Ameixa Seca: Contém a poderosa substância laxativa chamada sorbitol, que favorece o trânsito intestinal e tem efeito desintoxicante.

Carqueja: O chá da erva é recomendado para combater a prisão de ventre, livrar o organismo de toxinas e diminuir a retenção de líquidos.

Frutas Vermelhas: Favorecem a eliminação de toxinas pelo organismo e ainda atuam contra a celulite e o envelhecimento precoce.

Mandioca: Promove a eliminação de toxinas do organismo por sua boa influência sobre o sistema digestivo.

Pepino: É um diurético natural. Auxilia a eliminação de impurezas do organismo e evita inchaços resultantes da retenção de líquido.

Abóbora: Como contém muita água, beneficia o trabalho dos rins e diminui o inchaço do corpo, proporcionando uma silhueta mais enxuta.

os-100-alimentos-para-turbinar-a-sua-dieta-0

Berinjela: É uma grande aliada na digestão de gorduras, ajudando na produção de bile. Além disso, é diurética.

Alface: Suas fibras favorecem a desintoxicação do corpo, atuando contra o acúmulo de toxinas e o inchaço.

Salsão: A verdura contribui para a perda de líquido corporal, combatendo o inchaço e prevenindo a formação da celulite.

Água de Coco: Ótimo para desintoxicar, hidratar o corpo e acabar com a retenção de líquido. Atenção aos diabéticos: devido ao açúcar natural da fruta, beba com moderação.

Agrião: É diurético, antioxidante e possui 22 calorias em cada 100 gramas.

Melão: Composta por muita água, a fruta ajuda a combater a barriga inchada, já que reduz o inchaço

Melancia: Proporciona sensação de saciedade devida á frutose, abundante em sua composição, diminuindo a vontade de comer doces e outros alimentos calóricos.

Tomate: Inimigo do inchaço, é um ótimo detox, controla a pressão alta, auxilia a saúde cardiovascular e contém poucas calorias.

Linhaça: Suas fibras e ômega 3 inibem a formação de placas de gordura melhorando a atuação dos rins na eliminação de água e sódio, combatendo inchaços.

Erva-Doce: É diurética, coagulante, sudorífica, cicatrizante e estimulante. A melhor característica da erva para quem quer perder medidas é ser digestiva, evitando o estufamento gerado pelos gases intestinais.

Abacate: É uma fonte importante de fibras, que beneficiam o trabalho intestinal e matam a fome.

os-100-alimentos-para-turbinar-a-sua-dieta-1

Couve-Flor: É pouco calórica, de fácil digestão e, quando cozida, favorece ainda mais o processo digestivo. É uma das campeãs em quantidade de fibras entre os ventais.

Uva: Auxilia no trânsito intestinal e previne o envelhecimento pela ação antioxidante.

Repolho: Saboroso e nutritivo, contém flavonóides que fazem bem para a atuação do intestino e ajudam no emagrecimento

Damasco Seco: A melhor quantidade são as fibras, que atuam no bom funcionamento do intestino e ajudam a vencer a luta com a balança.

Aveia: Diminui a vontade de comer, prolongando a saciedade por um período maior de tempo. É diurética, desintoxica o organismo e ainda revitaliza a mente.

Ágar-Agar: É uma gelatina á base de algas que preenche o estômago, matando a fome.

Centeio: Ótima fonte de energia para o corpo, sua digestão acontece de forma lenta, aumentando o tempo de saciedade.

Grão-de-Bico: Acaba com o desejo de comer fora de hora. Outro bônus é a redução do inchaço, resultado do melhor funcionamento do intestino, graças ás fibras presentes no alimento.

Lentinha: A combinação das fibras e proteínas em grande quantidade colabora para acabar com a fome e prolongar a sensação de estômago cheio.

Maça: Apectina presente na casca é amiga da dieta, pois bloqueia o acúmulo de gorduras.

Mamão: Uma enzima chamada papaína é o grande segredo desta fruta, pois colabora com a digestão de alimentos gorduras e ricos em proteína.

Maracujá: Tem pectina, fibras que impede o estoque de gorduras e sacia a fome fora de hora. Uma das melhores formas de consumo é como farinha.

os-100-alimentos-para-turbinar-a-sua-dieta-2

Soja: Sacia a fome e mantém o intestino em ordem, uma vez que contém grande quantidade de fibras.

Azeite: Rico em ômega 9 e Vitamina E, inibe o estoque de gordura no corpo e ainda controla o colesterol.

Feijão-Branco: A faseolamina, presente no alimento, faz a enzima responsável pela digestão do carboidrato desacelerar, com isso, o organismo acaba absorvendo menos os carboidratos.

Pimenta Vermelha: A capsaicina, substância presente no tempero, é termogênica, que acelera o metabolismo, queimando mais calorias.

Gengibre: Bastam 2 cm da raiz por dia para turbinar o metabolismo em até 20%, aumentando o gasto calórico e reduzindo as medidas.

Vinagre de Maça: O ácido acético presente no tempero favorece a atuação da insulina, com isso a glicose não se acumula no sangue e evita a formação dos estoques de gordura.

Abacaxi: Possui bromelina, enzima que melhora a digestão de carne vermelha e tem propriedade anti-inflamatória. O resultado é redução na formação de gases e a diminuição da barriguinha.

Pera: Diurética pela quantidade de água que possui, a fruta ainda regular o trânsito intestinal  e proporciona sensação de saciedade, devido ás fibras.

Limão: Bom para eliminar os pneuzinhos, tem poucas calorias, é diurético e digestivo. Sua ação desintoxicante diminui a retenção de líquidos e o inchaço.

Brócolis: Fonte de Cálcio, evita o acúmulo de gordinhas. É composto também por uma grande dose de fibras, que favorecem a digestão.

Espinafre: Com ação desintoxicante, ele ainda contribui para uma pressão arterial equilibrada.

Kiwi: A pectina presente em sua composição proporciona sensação de saciedade por mais tempo e tem poder desintoxicante.

Laranja: Possui uma substância que impede que a gordura fique estocada no corpo. Seu suco, sem açúcar, é uma ótima pedida após as refeições.

Canela: Sua ação termogênica favorece a queima de calorias. Altera a temperatura interna e acelera o metabolismo, proporcionando maior queima de energia pelo corpo. Além disso, tem função antifúngica. A nutróloga katiana cruz  indica tomar um copo de leite desnatado quente com canela antes de dormir.

os-100-alimentos-para-turbinar-a-sua-dieta-4

Couve: Versátil, o vegetal pode ser consumido de diferentes formas salada, refogado, suco ou como ingrediente de outras receita. É rico em fibras e vitamina b6 –responsável, entre outras funções, por promover o bom funcionamento do sistema nervoso e garantir uma pele saudável. A couve também melhora o trânsito intestinal, reduzindo o inchaço e o desconforto na região.

Algas Marinhas: Além de ser fonte de proteínas vegetais, elas regulam a tireóide e estimulam o sistema nervoso. Podem ser consumidas em sopas e em receitas orientais.

Cenoura: É uma importante fonte de betacaroteno, composto que favorece a visão e a pele. Adicionada a sopas, ela ajuda na eliminação de líquidos e na redução do inchaço.

Alcachofra: O vegetal em formato de flor auxilia na digestão e tem efeito diurético, o que reduz a sensação de inchaço, típico da retenção de líquidos. Conhecido pelo efeito medicinal, ele também controla os níveis de colesterol, além de proteger o  fígado e a bile.

Aspargo: É rico em Fósforo, mineral importante para fortalecer o cérebro, Vitamina K, C e Zinco. Contém bastante fibras, o que ajuda na digestão, além de estabilizar os níveis de açúcar no sangue. E o melhor de tudo: 100g de aspargos correspondem a apenas 18 calorias.

Batata Doce: Pode  substituir a batata comum por oferecer um açúcar que é absorvido mais lentamente pelo organismo, o que aumenta a sensação de saciedade.

Gengibre: Tem ação termogênica, que ativa o metabolismo e auxilia na perda de peso. Também possui substâncias que ajudam a diminuir o colesterol ruim e melhoram a mobilidade gástrica, diminuindo o inchaço causado pela digestão.

Ovo: Ele é rico em albumina, proteína que contribui para o aumento da massa muscular, e colina, vitamina que melhora a memória.

Frango: De fácil digestão, quando consumida sem pele, essa proteína é uma boa alternativa á carne vermelha por não ser tão calórica.

Atum: É fonte de gorduras boas, além de ser pouco calórico: a cada 100g são 146kcal.

Sardinha: Peixe com uma das maiores concentrações de  ômega 3 no mercado. “o ômega 3 presente no peixe ativa proteínas celulares no corpo que evitam que o açúcar ingerido vire gordura. Além disso, ajuda a regular o colesterol ruim e controla a ansiedade.

Amora: A casca da fruta tem substâncias antioxidantes, como a antocianina, que auxilia a circulação a se tornar mais eficiente, melhorando a irrigação dos tecidos e, consequentemente, proporcionando a queima de gordura.

Framboesa: As frutas vermelhas têm por característica serem ricas em antioxidantes, como é o caso da framboesa. É poço caloria e libera no organismo uma substância que acelera o metabolismo.

Melancia: Reduz o inchaço graças ao seu efeito diurético. Também é uma importante fonte de fibras, Ferro, Cálcio, além de Vitamina A, b e c.

Cereja: A frutinha, em versão natural, é abundante em fibras e antioxidantes – três unidades por dia previnem o câncer de mama –e, apesar de parecer bastante calórica, a porção de 50g tem apenas 100 calorias.

Mirtilo: Além de saciar a fome, tem propriedades anti-idade. Também é rico em fibras.

Farelo de Aveia: Possui uma fibra  solúvel conhecida como betaglucana, que absorve a gordura presente no intestino e a elimina do organismo.

Gérmen de Trigo: Fonte de fibras, ele auxilia na saciedade e na absorção de gorduras no intestino.

os-100-alimentos-para-turbinar-a-sua-dieta-6

Feijão Roxo: Essa variação do feijão tem grande quantidade de fibras e é rica em  carboidratos bons, aqueles que levam  maior tempo para serem digeridos e aumentam a saciedade.

Quinoa: Fonte de proteínas, ela ajuda a manter a saciedade por um tempo prolongado.

Castanhas: Elas contêm gorduras monoinsaturadas, que reduzem o colesterol ruim.

Cavalinha: Diurético, ele  diminui o inchaço e a retenção de líquidos no corpo.

Melissa: Também é um excelente calmante e, consequentemente, contribui para um sono tranqüilo. Com isso, as atividades metabólicas do organismo funcionam mais rapidamente.

Dente de Leão: Desintoxica o sangue, melhorando a oxigenação geral do organismo.

Chá Verde: Tem efeito termogênico, importante para a perda de peso. Seu consumo interfere no sistema nervoso por meio das xatinas e a teobrocafeína, a  cafeína, a teofilina e a teobromina, resultando no aumento da atividade metabólica.

Hibisco: Contém a substância faseolamina, que inibe a absorção de carboidratos. Tem ação diurética e reduz a retenção de líquidos.

Iogurtes Fermentados: Possui grande concentração de bactérias boas para o intestino, que favorecem o seu bom funcionamento e diminuem o volume abdominal.

Lichia: Possui uma substância chamada cianidina, que ajuda na eliminação do excesso de gordura, é rica em Vitamina C e Potássio, que favorecem a  perda de peso, e contém poucas calorias: cerca de 6kcal por unidades. Você pode consumir de 10 a 15 unidades (sem casca) e ainda vai combater o envelhecimento precoce, controlar a pressão arterial, cuidar da saúde dos ossos e se proteger contra inflamações, alegrias e alguns tipos de câncer.

Tangerina: É rica em naringerina. Segundo pesquisadores, essa substância impede  de o acúmulo de gordura. A naringenina ainda normaliza o metabolismo, ajudando o corpo a queimar calorias.

Romã: Rica em antioxidantes e propriedades laxativas, combate o aumento de peso, desde que aliada a uma alimentação saudável. Além disso, é fonte de Potássio, que impede a retenção hídrica. O consumo de 1 romã por dia ainda reduz o risco de hipertensão, artrite, diabetes, depressão, fibromialgia e doenças cardiovasculares, e fortalece o sistema imunológico.

os-100-alimentos-para-turbinar-a-sua-dieta-9

Coco: Em forma de óleo, contém propriedades termogênicas, que aceleram o metabolismo e favorecem o emagrecimento. Como água, regulariza o funcionamento do intestino e sacia a fome fora de hora. O óleo também é responsável por aumentar o colesterol bom, combater doenças cardiovasculares e fortalecer a imunidade. Já a água tem função de isotônico natural. Pode consumir 1 colher (sopa) do óleo por dia e até 3 copos (600ml) da água.

Chia: As sementes ovais e pequenas de cor preta, marrom escura, branca ou cinza possuem grande quantidade de ômega 3, além de proteínas de alto valor biológico, fibras e antioxidantes. Os grãos absorvem líquidos e se transformam rapidamente em uma espécie de gel, gerando uma sensação prolongada de saciedade. As fibras solúveis são as responsáveis por esse feito e também ajudam no funcionamento intestinal, combatendo o inchaço no abdômen. A chia ainda possui ação anti- inflamatória e grande capacidade de absorção de glicose.

Porangaba: Queima a gordura e estimula a redução de peso graças a presença dos flavonóides, que também reduzem o colesterol do sangue. O consumo de 3 xícaras de chá por dia tem efeito diurético e ajudam a afinar a cintura.

Chapéu-de-Couro: É diurético, digestivo e estimula o funcionamento de rins e bexiga. O ideal é consumir 2 xícaras por dia. Ideal é consumir 2 xícaras por dia. Cada xícara deve ser preparada com 1 colher (chá) de folha seca, em infusão.

Espinheira- Santa: Diurética, combate a retenção de líquidos e melhor o funcionamento do intestino, agindo com um laxante natural e suave. Ajuda a tratar problemas digestivos e combater a úlcera. O consumo deve ser de até 3 xícaras (600ml) por dia.

Fucus: É uma alga marinha que atua como complemento alimentar. A plantar possuir Ferro, Cálcio, Magnésio, Potássio, Vitamina A, c, d, e do complexo b. Na dieta, o chá acelera o metabolismo e estimula o funcionamento intestinal.

Malva: Possui ação digestiva, efeito laxativo suave e baixo a glicose do sangue. O chá ajuda no combate a prisão de ventre, gases e mau hálito. Mas atenção há várias espécies de malva e a composição química delas pode variar.

Erva-Tostão: Tem ação diurética, é calmante, ajuda no tratamento de doenças do fígado e distúrbio estomacal. Tome até três xícaras de chá por dia.

Hortelã: É indica para programas de perda de peso por ser digestiva e impedir a formação de gases. Além disso, a Hortelã também possui propriedades calmantes, que ajudam a controlar a compulsão por açúcar. O ideal é consumir até 6 xícaras (1,2 litros) durante o dia.

Boldo: Apesar do sabor amargo, os benefícios do boldo para a perda de peso são um estímulo para consumir a bebida diariamente. A planta é laxativa e auxilia no combate a prisão de ventre, que deixa a barriga inchada, além de ajudar na digestão de gorduras. Consumo até 2 xícaras (400ml) ao longo do dia.

Tanchagem: Possui diversos fitoquímicos, como a aucubina, que tem ação desintoxicante. Para completar, é digestiva e melhor o funcionamento intestinal. Para consumi-la, use 3 folhas por xícara(200ml) e beba 2 xícaras (400ml) ao dia.

Chá Preto: A erva é ótima para proteger o sistema cardiovascular, ajuda na perda de peso saudável e favorece o colesterol bom. Por ser altamente estimulante, impede o entupimento das artérias. Especialista alertam para o consumo máximo de 4 xícaras (800ml) do chá por dia, menos á noite, já que é rica cafeína e pode prejudicar o sono.

os-100-alimentos-para-turbinar-a-sua-dieta-8

Chá Amarelo: A erva possui polifenois, substâncias antioxidantes que combatem o envelhecimento precoce. O  chá também tem ação termogênica, que acelera a queima de calorias. Para turbinar a perda de peso, consuma  2 xícaras (400 ml) de chá amarelo duas vezes ao dia. Por conter cafeína, o ideal é não tomar a bebida depois das 19h.

Iogurte Desnatado: Contém menos gordura e, consequentemente, é menos calórico. Quando consumido diariamente, auxilia no trânsito intestinal e reduz a gordura na região do abdômen.

Endívia: Com poucas calorias, é rica em Cálcio, vitamina a, fibras, potássio e ferro, auxiliando na dieta saudável. Essa hortaliça age como uma espuma na corrente sanguínea, eliminado o colesterol e as toxinas do sistema digestivo. Sua alta concentração de antioxidante elimina os radicais livres. Já o selênio retarda o envelhecimento das células.

Escarola: Essa verdura possui altas doses de vitaminas a, b2 e b5, e minerais como cálcio e ferro. Atua como laxante natural e ajuda a fortalecer o organismo contra infecções dos sistemas digestório, urinário e respiratório.

Radichio: É uma variedade da chicória. Consumida crua, em forma de salada, essa verdura tem pouquíssimas calorias, cerca de 4kcal cada folha, além das vitaminas a, c, folato, Cálcio, Fósforo, Potássio e fibras, auxiliando na formação do bolo fecal.

Nozes: O consumo diário ajuda a combate doenças cardiovasculares e elimina as impurezas do sangue. Rica em proteínas e fibras, ajuda na perda e manutenção do peso. Mas atenção, apesar dos benefícios são altamente calóricas (seis nozes possuem 115kcal)

Salmão: Rico  em ômega 3, uma gordura benéfica e essencial para funcionamento do organismo, o salmão ajuda a baixar os níveis de colesterol ruim e cuida do coração. Possui poucas calorias e é fonte de proteína magra, ajudando na perda de peso.

Chocolate Amargo: Sim, é possível emagrecer comendo chocolate. Em pequenas porções, ele vai proteger o coração e acelerar o metabolismo, diminuindo a quantidade de gordura no corpo. Os antioxidantes interferem na produção de leptina, o hormônio que dá saciedade. Mas para sua dieta seguir firme, consuma apenas o chocolate amargo, que possui grande quantidade de cacau. O ao leite é bem mais calórico.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.