Ômega 3: O que é, Para que Serve, Alimentos, Benefícios e Deficiência!

Revisado por

Educação Física pela UGF

Especialista do Dicas de Saúde

Ômega 3: O que é, Para que Serve, Alimentos, Benefícios e Deficiência!. Alem disso, O Ômega 3 é um ácido graxo essencial muito importante para o funcionamento do organismo. Por não ser produzido de forma natural pelo corpo, deve ser consumido sob a forma de gorduras. Existem, de modo geral, 3 tipos de Ômega 3: o DHA, o EPA e o ALA. O DHA e o EPA podem ser encontrados, principalmente, em peixes de águas frias e profundas que se alimentam de animais marinhos. O ALA, por sua vez, é encontrado em leguminosas, oleaginosas e outros alimentos.

maleficios do omega 3

Benefícios do Ômega 3 Para Saúde:

Em primeiro lugar, é bom especificar que, para a saúde do nosso corpo, é importante haver um equilíbrio entre os ácidos graxos Ômega 3 e ômega 6, que são, ao invés de vegetais, encontrados, por exemplo, na semente de girassol, no germe de trigo, nozes, soja, milho e óleos derivados. Como explica o médico, ” a relação Ômega 3 / Omega 6 deve ser 3: 1 , porque esses níveis entre os dois tipos de gordura têm ação preventiva em relação à hipertensão, diabetes tipo 2, distúrbios imunológicos e inflamatórios e doenças coronárias “. Especificamente, os ácidos graxos Ômega 3 trazem benefícios , incluindo:

  • eles impedem o câncer de mama
  • eles são bons para a saúde da visão
  • prevenir pólipos do cólon
  • melhorar o humor e as funções cognitivas, por isso são úteis contra a demência (Alzheimer), esquizofrenia, ansiedade e depressão (mesmo pós-parto)
  • eles têm um efeito anti-inflamatório e neuroprotetor
  • beneficiar pessoas predispostas a eventos cardiovasculares, como acidente vascular cerebral, ataque cardíaco e trombofilia
  • são úteis contra a hipertensão e doenças inflamatórias intestinais crônicas, bem como para diminuir o colesterol e a artrite reumatoide
  • eles são bons para o desenvolvimento visual e cognitivo
  • eles melhoram a aprendizagem.

O que é um Ácido Graxo?

Os ácidos graxos são um tipo de gordura presente em diversos tipos de alimentos. Eles podem ser classificados como Saturado, Monoinsaturados e Poli-insaturados. Saturados são os ácidos graxos presentes em carnes e laticínios. Seu consumo excessivo pode acarretar em problemas de circulação, como aumento do colesterol nos sangue. Os ácidos graxos monoinsaturados, por outro lado, se encontram principalmente nos vegetais e podem trazer alguns benefícios, como diminuir os riscos da hipertensão arterial.

Já os ácidos graxos poli-insaturados são chamados de essenciais, pois eles não podem ser produzidos diretamente pelo organismo, devendo ser obtidos através de fontes externas, isto é, da alimentação.

beneficios do omega 3 para saude

Ácidos Graxos Essenciais:

Os ácidos graxos essenciais são muito importantes para o organismo, pois podem ser usados como energia pelas células do nosso organismo. Além disso, atuam como agentes coagulantes e, já que possuem ação antioxidante, ajudam a manter a elasticidade da pele e combater seu envelhecimento precoce.

Tipos de Ômega 3:

De modo geral, existem 3 tipos de Ômega 3: o ácido alfa-linolênico (ALA), o ácido eicosapentaenoico (EPA) e o ácido docosahexaenoico (DHA).

O EPA e o DHA são encontrados mais comumente em peixes e frutos do mar e, ao que indicam os estudos, possuem mais benefícios para a saúde do que o ALA, que é mais encontrado em alimentos à base de plantas, como a linhaça, nozes e óleo de soja. Entenda a diferença:

  • EPA:O EPA possui ação anti-inflamatória, pois auxilia as reações enzimáticas responsáveis pela produção de substâncias essenciais para o combate à inflamações que neutralizam a atividade pró-inflamatória.
  • Um dos principais benefícios desse tipo de Ômega 3 está no auxílio da saúde do coração e da circulação sanguínea, pois ela ajuda a evitar a formação de trombos (coágulos) no sangue,
  • diminuindo, assim, o risco de trombose e acidente vascular cerebral (AVC).
  • Pessoas que sofrem de celulite, obesidade, lúpus e artrite reumatoide, por exemplo, podem se beneficiar bastante pelo consumo de EPA.
  • DHA: Além de possuir ação antioxidante, o DHA é essencial para o desenvolvimento do feto. Auxilia na formação da retina (parte dos olhos responsável por transformar o estímulo
  • luminoso em estímulo nervoso).
  • É o tipo de ácido graxo mais benéfico para a saúde do cérebro, pois favorece a cognição e as conexões entre os neurônios, beneficiando a memória, a atenção, o raciocínio, a imaginação, o
  • juízo e diversos outros aspectos relacionados à mente humana.
  • ALA: De origem vegetal, o ALA pode ser convertido em DHA ou EPA depois de ingerido. O corpo humano é capaz de produzir enzimas que fazem essa transformação, porém, a atividade delas fica diminuída por fatores como tabagismo, consumo de álcool, diabetes, estresse, ingestão elevada de gorduras trans e, principalmente, pelo envelhecimento.

Alimentos Ricos em Ômega 3:

Como dito anteriormente, existem 3 tipos de Ômega 3. Cada um deles pode ser encontrado em fontes alimentares diferentes, sendo que o EPA e DHA são encontrados com mais facilidade em peixes e frutos do mar.

Entretanto, não são somente esses alimentos que contém quantidades significativas de Ômega 3. Confira:

Alimentos Ricos em Ômega 3 PorçãoQuantidade em Ômega 3Energia
Sardinha100 g3,3 g124 Calorias
Arenque100 g1,6 g230 Calorias
Salmão100 g1,4 g211 Calorias
Atum100 g0,5 g146 Calorias
Sementes de chia28 g5,06 g127 Calorias
Sementes de linhaça20 g1,6 g103 Calorias
Nozes28 g2,6 g198 Calorias

Sinais de Deficiência de Ômega 3:

Um dos sinais clínicos da deficiência de ácidos graxos essenciais mais característico é, sem dúvidas, a pele seca. Este sinal é muito comum nas crianças quando são pequenas, caso estas não alimentam corretamente. Muitas vezes os problemas de pele são o resultado direto de não consumir bastante Ômega 3. São as épocas em que somos mais sensíveis a infecções e à má cicatrização de feridas.

omega 3 beneficios

Efeitos Colaterais do Ômega 3:

O uso de Ômega 3 nas doses recomendadas é geralmente seguro e bem tolerado.
Os efeitos colaterais mais freqüentemente observados afetariam o sistema gastro-entérico, com náusea , dispepsia , dor abdominal , diarreia , aerofagia e regurgitação tipo peixe. O início da coagulação e complicações hemorrágicas é muito raro.

Precauções para uso do Ômega 3:

  • O uso de Ômega 3 durante a gravidez , durante a lactação e durante os primeiros anos de vida deve ser supervisionado por pessoal médico.
  • A mesma atenção deve ser reservada aos pacientes em terapia medicamentosa com anticoagulantes e plaquetários .
  • O uso de Ômega 3 deve ser descontinuado antes da cirurgia devido ao aumento do risco de sangramento .
0/5 (0 Reviews)
Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Francisco Silva

Sou Formado em Educação Física, pela UGF – (Universidade Gama Filho) - Na turma 2012-2016. Atuei e atuo em academias e clubes, nas modalidades de Musculação do Iniciante ao Avançado, Ginástica em Grupo, Natação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

Vitamina B7: Alimentos, Benefícios, Para que Serve e como Usar!

Enxofre: Alimentos, Benefícios, Para que Serve e Como Usar

Enxofre: Alimentos, Benefícios, Para que Serve e Como Usar!