Chá de Romã – Benefícios, Receita e Efeitos Colaterais!

Revisado por

Biomédico pela UFRGS

Especialista do Dicas de Saúde

Chá de Romã – Benefícios, Receita e Efeitos Colaterais!
4.8 (95.95%) 163 votos

Benefícios do Chá de Romã, Receita e Efeitos Colaterais! A romã é muito utilizada medicinalmente, e seu ingrediente funcional é o ácido elágico, que atua como um excelente antioxidante associado à prevenção da doença de Alzheimer, redução da pressão arterial e como anti-inflamatório para reduzir a dor de garganta, por exemplo.

Entretanto, o Chá de Romã contém centenas de benefícios para saúde. Além disso, as propriedades encontradas no Chá de Romã são de grande eficácia para combater e prevenir diversas doenças que podem ocorrer no corpo.benefícios do chá de romãEspecificamos agora alguns dos Benefícios do Chá de Romã Para Saúde:

  • Trata problemas digestivos;
  • Fortalece a imunidade;
  • Melhora a saúde cerebral;
  • Melhora a saúde da pele;
  • Previne câncer.

Então, vamos conhecer os Benefícios do Chá de Romã Para Saúde:

Benefícios do Chá de Romã Para Diminuir a Pressão Arterial: O Chá de Romã possui propriedades de grande eficácia na redução da pressão arterial. Além disso, 150 ml do chá, ajuda a tratar problemas no estômago.

Benefícios do Chá de Romã Para Melhorar a Saúde Renal: Pesquisas feitas em 2010, durante o encontro da Sociedade de Nefrologia, mostrou que a concentração de potássio presente no Chá de Romã reduz muitas das complicações que vem das hemodiálises em pacientes renais, resultando na redução da taxa de mortalidade desses pacientes.

Benefícios do Chá de Romã Por Ter Ação Anti-Inflamatória: O Chá de Romã possui excelentes antioxidantes. Esses antioxidantes encontrados no Chá de Romã, possuem grande eficácia no combate a inflamação. Basta tomar 100 ml do Chá de Romã, para aproveitar seus benefícios.

Benefícios do Chá de Romã Para Tratar Infecção de Garganta: O chá da romã também pode ser usado no combate a dor de garganta em geral. Isso é devido à presença de antioxidantes e, principalmente dos adstringentes que causam a contração do tecido, combatendo assim, a dor da garganta.

Benefícios do Chá de Romã Por Ser Rico em Ferro: O Ferro é o mineral essencial para a distribuição do oxigênio pelos tecidos. Ele liga ao oxigênio quando o fluxo sanguíneo passa pelo pulmão e o distribui por todo o corpo. O Ferro também ajuda na formação das mioglobinas que estão presentes no músculo cardíaco.

Benefícios do Chá de Romã Por Ser Rico em Cálcio: O Chá de Romã é um velho conhecido dos ossos e dos dentes. Ele possui propriedades que são essenciais para o bom desenvolvimento dos mesmos.

Benefícios do Chá de Romã Por Ser Rico em Vitamina C: É normal ingerir alimentos e medicamentos ricos em vitamina C quando se está com gripe ou resfriado. O que acontece é que a vitamina C presente no Chá de Romã, aumenta as defesas do organismo junto com seus outros nutrientes.

benefícios do chá de romã

Benefícios do Chá de Romã Por Ser Rico em Magnésio: O Magnésio encontrando no Chá de Romã é o mineral que proporciona grandes benefícios à saúde. Isso faz parte do ciclo de contração e relaxamento muscular. Ele também é muito importante para a saúde do coração já que ajuda a reduzir a gordura dos vasos, diminuindo a pressão arterial e evitando espasmos das paredes das artérias.

Benefícios do Chá de Romã Por Ser Rico em Manganês: Devido às propriedades antioxidantes presente no Manganês, os seus benefícios incluem uma função especial no monitoramento das atividades dos radicais livres no corpo. Além disso, o manganês presente no Chá de Romã serve para quebrar enzimas do corpo.

Como fazer o Chá de Romã:

Receita:

  • 10 gramas da casca da romã;
  • 1 xícara de água.

Modo de Preparo: 

Coloque as 10 gramas da casca da romã em 1 xícara de água fervente, desligando o fogo e abafando a panela por 10 minutos. Após esse período, coe e beba o chá morno, repetindo o processo de 2 a 3 vezes por dia.

Efeitos colaterais do Chá de Romã: O consumo de romã em excesso pode causar problemas como vômitos e enjoo devido ao seu alto teor de alcaloides, o que pode torná-lo tóxico. No entanto quando são feitas infusões não existe este perigo porque os alcaloides se juntam a outras substâncias chamadas de taninos, que são extraídos no chá e que tiram a toxicidade do chá.

0/5 (0 Reviews)
Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Kaio Rodrigues

Sou Biomédico formado pela Universidade Federal do Estado do Rio Grande do Sul (UFRGS). Tendo formação técnico-científica, com conhecimento do organismo humano tanto nos seus aspectos estruturais (células, tecidos e órgãos), quanto funcionais. O campo de atuação do biomédico engloba toda a interface entre a biologia e a medicina clínica propriamente dita. Está apto a auxiliar no diagnóstico e avaliar clínico-laboratorialmente as doenças, os agentes etiológicos e os vetores e também exerço a função de Editor no site "Dicas de Saúde".

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *