As 10 Dicas de Como Emagrecer Comendo Fora de Casa!

Revisado por

Nutrição e Educação Física pela UFT

Especialista do Dicas de Saúde

As Dicas de Como emagrecer comendo fora de casa são pequenos passos que melhoraram o desempenho no emagrecimento e evitar o consumo de alimentos errados. Às vezes é inevitável. Nossa rotina de trabalho nos leva a comer longe de casa, recorrendo à comida rápida e outros hábitos poucos saudáveis que fazem, que logo depois de um tempo tenhamos que comprar números de roupas maiores.

Entre pratos quentes e frios, são dezenas de opções para você s deliciar no almoço e no jantar. Dentre as mais tentadoras estão saladas feitas com maionese, lasanha, batata frita, frango a passarinho, bife à milanesa… Não faltam opções que saltam os olhos e atiçam o paladar. Mas, comer fora de casa não significa comer mal. Pelo contrário.

A variedade de alimentos oferecidos em restaurantes torna possível montar um prato com todos os nutrientes necessários e manter uma dieta balanceada sem prejudicar a saúde e o emagrecimento. Então, como não cair em tentação nos restaurantes e evitar prejuízos à saúde e quilos a mais na balança? Confira as 10 dicas de Como emagrecer comendo fora de casa.

como emagrecer comendo fora de casa

CARNE: A proteína de origem animal é essencial para a saúde e contém aminoácidos importantes para o crescimento da fibra muscular, reparação tecidual, produção de enzimas e hormônios, além de ser fonte de vitaminas e minerais.

Além disso, O mais indicado é ingerir carne nas versões cozida, assada ou grelhada e evitar frituras em excesso. Procure consumir cortes magros, como: músculo, acém, lagarto, filé mignon, patinho e coxão mole. Cortes gordos são muito calóricos e ricos em gorduras ruins para o organismo. Por isso, evite a picanha!.

PEIXE: De fácil digestão, pode ser consumido ao molho assado, ensopado, cozido, grelhado, frito e até cru, desde que se tome cuidado com a origem. Além disso, A ingestão semanal de peixe ajuda a prevenir o mal de Alzheimer. Alguns estudos também indicam que o consumo beneficia os portadores de Asmas e Bronquite, reduz o risco de câncer de próstata em até três vezes, previne doenças cardiovasculares e diminui o risco de formação de trombos e coágulos nos vasos sanguíneos. Leia Também: Como Emagrecer de uma Forma Rápida e Saudável, SEM SOFRIMENTO e sem Suar em academias…

Diferentemente das carnes gordas, os peixes gordos são altamente saudáveis. Alguns exemplos são: Sardinha, Salmão, Arenque, Cavala, truta, Atum, tainha, Anchova, cherne. Mas todos os peixes são bem-vindos, gordos ou magros, de água doce ou salgada, como: robalo, garoupa, cação, dourado, linguado, bacalhau, hadoque, pescada, corvinha, surubim, namorado, merluza etc.

FRANGO: Quem gosta do Frango assado deve evitar comer a pele, por ser rica em gordura. Outra forma de preparo pouco saudável é a frita. Prefira os filés grelhados ou o peito (a parte mais magra da ave) cozido, assado ou refogado.

Essa alternativa proteica é de fácil digestão e indicada para os praticantes de exercícios físicos, por auxiliar no Ganho de Massa Muscular. O sistema imunológico é favorecido pelo frango, que também acelera a expectoração e espanta a gripe. Uma boa notícia para as pessoas que sofrem com Dor de cabeça, ou até Enxaqueca, é a presença de uma Vitamina do Complexo B na ave que combate esses problemas.

Então CARNE, PEIXE OU FRANGO?

  • Carne: só duas vezes por semana.
  • Peixe: Sempre que quiser.
  • Frango: Sempre que quiser.

Isso garante um colesterol mais saudável!

CAIA DE BOCA NA SALADA: Recomendo fazer um prato só de salada e depois comer outras preparações. Mas atenção na hora de temperar: o melhor é usar itens naturais. Acrescente Alho e Limão à vontade, pois ambos têm poderes antioxidantes e ajudam na digestão. Também não exagere no azeite: 1 colher (sobremesa) do óleo é o suficiente.

SÓ NÃO VALE MAIONESE: Se o seu objetivo é um prato bom para a saúde ou para a dieta, fique bem longe da tradicional maionese. pois, Ela tem gordura, o que pode acabar prejudicando o colesterol. Prefira cremes para salada com iogurte natural desnatado. Com a receita certa você consegue um tempero muito saboroso e totalmente saudável.

CARBOIDRATOS: Esses nutrientes devem existir, mas a quantidade exata depende do biotipo e metabolismo de cada um. Para determinar o seu, faça uma avaliação com um nutricionista. Arroz, batata ou macarrão?! Todos fazem parte do grupo de carboidratos, a diferença está no índice glicêmico (IG), que se refere à quantidade de açúcar que o carboidrato vai liberar com determinada velocidade no seu sangue.

Quanto mais refinado for o alimento, maior o seu IG. Arroz branco, macarrão e batata têm índices glicêmicos elevados. Por isso, vale a pena investir nos alimentos integrais, por terem índices mais baixos, além de ajudarem na perda de peso. Leia Também: Como PERDER 10 KG em 6 Semanas ou Menos SEM Derramar uma Gota de Suor…

FIQUE DE OLHO!: Ao frequentar um restaurante é comum ter receio sobre a higiene do estabelecimento e a maneira como o alimento foi preparado. Porém, é possível fazer algumas observações sem ter que visitar a cozinha para verificar tudo:

1. Tudo brilhando: Olhe para o salão e veja se as mesas e o chão estão sem sujeira. Repare se os funcionários possuem uniformes limpos, se o balcão da comida está higienizado e se os utensílios estão livres de impurezas.

2. Comida em ordem: Caso tudo isso estiver de acordo com o esperado, observe as preparações. As saladas devem estar íntegras e sem sujidades – fique atento principalmente às folhas, normalmente quando passaram do ponto elas ficam escuras e murchas.

3. Cada um no seu lugar: As comidas cozidas devem estar com cores vivas e odor atrativo. Ao reparar em algum cheiro azedo ou coloração estranha, não consuma o alimento. Comidas frias devem ter uma bancada própria com controle de temperatura ou gelo, enquanto comidas quentes devem ter bancadas aquecidas com rechôs ou recipientes em banho-maria.

como emagrecer comendo fora de casa

SÓ UM DOCINHO: Após sobreviver ao desafio de escapar da batata frita, maionese e outros itens gordurosos da parte salgada, chega um momento crucial do trajeto rumo ao prato saudável: a mesa de doces.

A boa notícia é que sorvetes, bolos, tortas e mais algumas iguarias açucaradas estão liberadas, desde que com moderação! Esse tipo de sobremesa é um carboidrato simples de alto IG. Uma a duas vezes por semana é o consumo máximo indicado.

Porém, sempre procure optar por frutas. Além disso, Uma dica para adoçar as frutas é adicionar um fio de mel ou uma pitada de Canela. Outra solução de docinho mais magrinho é optar por Gelatina. O que você acha de EMAGRECER  Definitivamente de uma forma Rápida e Saudável, SEM SOFRIMENTO e sem suar em academias? Parece interessante? então deixe-me explica como, Clique aqui e Veja!

BEBIDA PARA ACOMPANHAR?: Ingerir líquidos durante a refeição atrapalha a digestão e pode até causar distensão abdominal. Além disso, O correto é consumir líquidos de 20 a 30 minutos após as refeições.

Se não consegue ficar sem uma bebida, prefira água ou sucos naturais de frutas, de preferência com combinações digestivas, como o Abacaxi com hortelã. Só evite líquidos no momento da refeição e, ao longo do dia, procure hidratar-se.

0/5 (0 Reviews)

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Alan Costa

Sou nutricionista e Personal Trainer. Me formei pela Universidade Federal do Tocantins em 2002, com registro profissional no CRN-4 nº 1509723, tenho especialização em Nutrição Esportiva, Treinamento Físico e treinos Curto de alta intensidade.

One Ping

  1. Pingback:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

As 20 Dicas Para quem vai Começar a Correr!

Benefícios do Guaraná

Os 14 Benefícios do Guaraná Para Saúde