Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Dicas de Saúde Efeitos Colaterais

Os 10 Efeitos Colaterais do Jejum Continuo “Ficar Sem Comer”

Os 10 Efeitos Colaterais do Jejum Continuo “Ficar Sem Comer”, além disso você sabia que o Jejum Continuo pode levar a complicações graves? O Jejum Continuo é perigosa e pode provocar todos os tipos de problemas, tanto físicas como mentais. A fome é uma condição que é muitas vezes acompanhada por uma deficiência severa em sua ingestão de calorias. A fome pode ser devida a fatores auto infligidos ou devido à presença de outras condições, como a anorexia ou bulimia. A fome também pode levar à desnutrição grave e pode danificar permanentemente seus órgãos internos. Então, confira Os 10 Efeitos Colaterais do Jejum Continuo “Ficar Sem Comer”.

ficar-sem-comer-efeitos-colaterais

Desnutrição: Este é talvez o efeito mais prejudicial de inanição voluntária ou forçada. A desnutrição é uma condição terrível, e isso afeta a maioria das crianças nos países em desenvolvimento. A inanição normalmente significa que você não come muito. Isso leva a muitos nutrientes e vitaminas essenciais serem excluídas da sua dieta. A desnutrição pode levar a várias deficiências minerais e nutrientes como cegueira noturna (deficiência de Vitamina A), escorbuto (deficiência de Vitamina C) e até mesmo Anemia (deficiência de Ferro).

Desidratação: O segundo Efeito Colateral do Jejum Continuo “Ficar Sem Comer” é que assim como a falta de alimentos induz a desnutrição, a falta de água pode induzir a desidratação. Esta desidratação pode, por sua vez, agravar outros problemas e levar a pele rachada e extremamente seca, juntamente com outras condições, como a constipação, entre outros. Assim, é importante lembrar-se de beber bastante água, mesmo se você estiver em um Jejum Continuo. A inanição e desidratação esgota os níveis de glicogênio e perturba o equilíbrio de eletrólitos.

A Diminuição da Taxa Metabólica de Repouso: A inanição pode levar a uma taxa metabólica de repouso reduzida. Sua taxa metabólica basal ou BMR é definida de acordo com a taxa mínima do gasto energético por unidade de tempo enquanto você descansa. Alguns testes verificou o jejum pode levar a um aumento no tecido adiposo branco (WAT) e a diminuição do fluxo para o cérebro. Outros estudos determinam que a fome pode induzir uma diminuição da sua taxa metabólica basal.

Perda de Períodos Menstruais Mensais: O Jejum Continuo leva a muitos problemas. Um desses problemas é que perturba como seus períodos são regulados. Portanto, para aqueles só pensam em Jejum Continuo, deve considerar isso antes de começar. Em alguns casos, se você estiver muito abaixo do peso seu corpo pode simplesmente deixar de produzir estrogênio. A falta de gordura pode restringir a suas células de converter o colesterol em estrogênio extra. Como a fome pode levar a danos nos órgãos, os processos do corpo tendem a desacelerar, o que geralmente faz com que a menstruação pare.

Constipação: A inanição também pode induzir a constipação em muitos indivíduos. Alguns estudos em indivíduos anoréxicos concluíram que as pessoas que sofrem da doença podem sofrer de fome intensa, o que pode levar a muitos distúrbios e requer o uso de laxantes regularmente para ser tratada. Um estudo de caso sobre três mulheres severamente anoréxicas descobriu que essas mulheres precisavam de laxantes regulares ou enemas para ajudar a eliminar seu cólon. Essas mulheres também correram um risco maior de sofrer de prolapso retal devido ao uso excessivo de laxantes.

Perda Óssea: Se um indivíduo “Ficar Sem Comer” pode continuar perdendo peso em um ritmo alarmante. Embora as mudanças em sua pele e musculatura são bastante óbvias, a perda em questão é situada na estrutura óssea! Você sabia que a fome pode levar à perda de densidade óssea? Bem, geralmente quando você está em uma dieta de restrição calórica, seus ossos são remodelados. O osso mais velho se decompõe e forma novos ossos rapidamente. No entanto, a sua densidade óssea diminui, o que pode levar à fragilidade.

jejum-efeito-colateral

Fadiga: Um dos O Efeitos Colaterais do Jejum Continuo “Ficar Sem Comer” mais comum é a fadiga. Comer uma dieta equilibrada ajuda a fornecer energia para o corpo, principalmente, ao ajudar a manter as doenças e infecções afastada. A inanição perturba o equilíbrio de vitaminas essenciais em seu corpo e retarda os processos fisiológicos, o que também pode levar à fadiga e uma sensação de desmaio. A fome é frequentemente associada a uma sensação de tontura.

Alta Pressão Arterial: A desnutrição e fome pode sujeitar seu corpo a várias condições, incluindo pressão arterial elevada. Quando você está com fome, os nutrientes essenciais como Potássio e Vitamina D não são consumidos, o que leva a um aumento da pressão arterial e muitas outras deficiências. Todos esses fatores garantem que a fome inevitavelmente aumenta sua pressão arterial. Em um estudo realizado em três grupos de crianças, verificou-se que dois grupos: um desnutrido e um em recuperação de desnutrição tiveram leituras de pressão sanguínea significativamente mais elevadas do que as crianças que não estavam desnutridos em tudo.

Desequilíbrio de Eletrólitos: A inanição conduz a uma perda de nutrientes, o que resulta no consumo de menos eletrólitos a cada dia que passa. Alguns minerais saudáveis ao coração como Potássio, Sódio, Cálcio e Magnésio, que promovem a função cardíaca adequada e saúde do coração, não são consumidos quando não têm comida suficiente. Ficar Sem Comer não só resulta em menores nutrientes, mas também promove desequilíbrio eletrolítico. Assim, lembre-se de ingerir suplementos minerais se você estiver em um Jejum Continuo.

Afeta o Cérebro: Tem havido muitos estudos sobre como o Jejum Continuo pode afetar as habilidades cognitivas e fazer você se sentir deprimido. Você sabe que a fome pode levar a muitos outros sintomas físicos, como desidratação e fadiga, que pode prejudicar suas habilidades de pensamento e também torná-lo agressivo e nervoso. A fome também pode afetar a forma como você reage ao estresse e pode induzir sentimentos de ansiedade, irritabilidade e até mesmo levar à depressão crônica ou clínica em alguns casos.

Agora que você sabe como a fome pode afetar negativamente o seu corpo, esperamos que você repense sobre essas dietas de fome. Conte-nos sobre suas próprias experiências com a fome ou desnutrição.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.