Nutriente

Carotenoides: O que é, Benefícios, Para que Serve e Alimentos

Carotenoides: O que é, Benefícios, Para que Serve e Alimentos

Revisado por

Enfermeira

Especialista do Dicas de Saúde

Carotenoides: O que é, Benefícios, Para que Serve e Alimentos
4.9 (97.14%) 7 votos

Carotenoides: O que é, Benefícios, Alimentos e Contraindicações são básicas informações que todos precisam saber. Ademais, os Carotenoides são parte da categoria de compostos bioativos empregues com a fonte de alimentação, isto é, moléculas capazes de proporcionar proteção contra muitas doenças tais como doenças cardiovasculares, câncer e degeneração macular.

Eles também são importantes para o bom funcionamento do sistema imunológico, contudo, essencial para a saúde humana. Portanto, saiba mais sobre os Carotenoides: O que é, Benefícios, Alimentos e Contraindicações:

carotenoides

carotenoides

O que são Carotenoides?

Os Carotenoides são pigmentos de vermelho para cor violeta encontrados em plantas, algas e algumas bactérias. Dividido em carotenos e xantofilas. Todos os organismos que dependem da energia solar e, portanto, operam a fotossíntese, contêm esses pigmentos.

Pigmentos vegetais de natureza lipídica, sua principal característica é a interação com a luz solar. Eles são, na verdade, atribuídos à captura de luz não absorvida pela clorofila da planta, mas também em excesso. Desta forma, os Caroten oidesse tornam agentes fotoprotetores reais.

Entre os Carotenoides mais conhecidos, podemos lembrar a luteína, que pertence à classe das xantofilas e que seria útil sobretudo para proteger a visão. Em seguida, lembramos o licopeno, contido no tomate, que de acordo com inúmeros estudos teria propriedades anticancerígenas. Um outro carotenoide particularmente difundida e presente principalmente em cenouras é o beta-caroteno, o qual é um precursor da vitamina A. Segue o alfacaroteno, com ótimas propriedades antioxidantes.

Mas não devemos pensar que os Carotenoides  são encontrados apenas nas plantas, porque eles também são ricos em outros alimentos de origem animal, como, por exemplo, salmão e crustáceos . Assim, no que diz respeito aos vegetais, não são apenas os vermelhos e laranjas que são ricos nessas substâncias, mas também podemos encontrar grandes quantidades em vegetais de folhas verdes, como brócolis e salsa.

Para que Servem os Carotenoides:

Graças à sua função antioxidante, os Carotenoides são capazes de neutralizar a ação dos radicais livres. Por causa da oxidação, estas podem levar a várias doenças degenerativas, como Alzheimer ou Parkinson, doenças inflamatórias e cardiovasculares. Estar cheio de Carotenoides em uma base regular significa protegê-lo não só dessas doenças, mas também combater o envelhecimento prematuro do seu corpo.

Cada carotenoide executa diferentes funções. Por exemplo, o licopeno tem muitas propriedades anticancerígenas. É principalmente responsável pela cor vermelha do tomate, mas também pelos pigmentos de damasco, toranja, melancia, uva e mamão.

A luteína, é particularmente eficaz na prevenção de doenças da retina, impedindo certas doenças que degeneram a visão. A luteína é encontrada em muitos vegetais de folhas verdes, como espinafre, saladas verdes, alho-poró e ervilhas.

Papel Nutricional:

Por muitos anos, a importância nutricional desses compostos têm sido quase exclusivamente relacionada à capacidade de atuar como precursores da vitamina A (ou retinol), uma substância típica do reino animal. É de fato uma característica muito importante, típica de alguns Carotenoides e em particular do B-caroteno (neste caso, para fornecer ao corpo 1 mg de retinol, leva cerca de 6 mg de B-caroteno, enquanto que para os outros Carotenoides a proporção é 12:1. O alfa-caroteno, por outro lado, gera vitamina A menos facilmente que a forma, mas tem uma atividade antioxidante maior que 38%; e é justamente essa atividade protetora que desperta o interesse dos pesquisadores.

Complexo Carotenoide Contém:

A luteína e seu isômero estrutural, a zeaxantina, são Carotenoides, uma família de xantofilas que também inclui o betacaroteno.

Luteína:

A luteína, é amplamente descrita como um dos antioxidantes que previne os danos dos radicais livres. Ela também estabiliza e fortalece as membranas celulares, concentrando-se na mácula, a área central da retina. Mas na mácula a maior concentração de luteína está localizado no centro (da fóvea), a luteína está presente, ainda que em quantidades menores, no cristal.

Astaxantina:

A astaxantina, é usada como antifotossensibilizante, ou como uma molécula capaz de inibir os efeitos secundários provocados por fotossensibilidade; o segundo é uma “reação excessiva às exposições, inofensivas, à radiação solar na faixa ultravioleta (UVA) ou visível”.

Licopeno:

O licopeno possui uma série de benefícios à saúde: é ativo contra doenças cardiovasculares e envelhecimento das células. É um poderoso antioxidante, tem uma função antienvelhecimento e vários estudos destacam o seu papel na prevenção de tumores do sistema digestivo e câncer de próstata, segundo a Fundação Mundial de Urologia. O licopeno também diminui a incidência de artrite, a proliferação de radicais livres no corpo e algumas doenças generalizadas hoje, incluindo a doença de Parkinson.

carotenoides beneficios

carotenoides beneficios

Betacaroteno:

O betacaroteno (também beta-caroteno ou β-caroteno ) é um composto orgânico que pertence à família dos Carotenoides (uma classe de pigmentos orgânicos que são encontrados em plantas, em algas e em algumas espécies de bactérias); É principalmente conhecido por ser um precursor da vitamina A.

O betacaroteno é uma das duas formas de caroteno; o outro é o alfa-caroteno. Das duas formas, o betacaroteno é o mais amplamente presente na natureza. O betacaroteno é a principal fonte de vitamina A para aqueles que seguem uma dieta vegetariana.

Benefícios dos Carotenoides:

Os Carotenoides são parte da categoria de compostos bioativos empregues com a fonte de alimentação, isto é, moléculas capazes de proporcionar proteção contra muitas doenças tais como doenças cardiovasculares, câncer e degeneração macular. Eles também são importantes para o bom funcionamento do sistema imunológico, portanto, essencial para a saúde humana.

Melhora a Pele:

Eles garantem a elasticidade da pele, promovem sua hidratação e a regeneram. Fortificam as unhas e cabelos, estimula a produção de melanina, pigmento responsável pela coloração da pele. Melanina também prepara a pele ao sol e, assim, melhora o bronzeado.

Beneficia o Sistema Nervoso:

Os Carotenoides permitem uma proteção e uma melhor resistência do sistema nervoso. O corpo usa betacaroteno (em Spirulina, 80% de Carotenoides são o beta-caroteno, um precursor da vitamina A) para sintetizar a vitamina A, que é particularmente útil para o bom funcionamento dos olhos (em caso de trauma ocular, A vitamina A é um dos principais ingredientes do tratamento, geralmente sob a forma de pomada).

Protege  a Visão:

Em relação à saúde dos olhos, mencionamos também os dois Carotenoides: luteína e zeaxantina, tendo demonstrado os benefícios para a proteção ocular (catarata, degeneração macular …).

Opção Segura:

É bem sabido que a suplementação de vitamina A, tomada em quantidades excessivas, pode ter efeitos tóxicos. Pelo contrário, não há nada a temer sobre a quantidade de Carotenoides, pois o corpo garante um papel regulador e os converte em vitamina A, se necessário.

Outros Benefícios:

  • Modula o metabolismo carcinogênico;
  • Tem ação inibidora de oxigênio;
  • Inibe da proliferação celular;
  • Protege contra raios ultravioleta
  • Aumenta a diferenciação celular (através de retinoides);
  • Aumenta a resposta do sistema imunológico;
  • Estimula a comunicação entre as células;
  • Elimina radicais superóxido e espécies reativas de nitrogênio.

Importância de uma Dieta Variável e Equilibrada:

Muitos leitores podem pensar que encontraram a chave para alcançar e manter a saúde plena de seu corpo. Mas é realmente correto pensar que uma pílula de licopeno e um pouco de luteína são capazes de nos proteger do envelhecimento prematuro e das doenças cardiovasculares, prevenindo a perda de cabelo, o aparecimento de rugas e várias “doenças do bem-estar”?

carotenoides alimentos

carotenoides alimentos

Infelizmente, as coisas não são exatamente assim, porque apesar do mito da pílula milagrosa ser particularmente atraente, é bastante ingênuo pensar em reproduzir em laboratório a extraordinária complexidade de nutrientes presentes em um vegetal ou em uma fruta fresca. Claro, um comprimido contendo as quantidades e proporções de uma mistura de vitaminas e antioxidantes certas pode ser uma grande ajuda, mas não pode substituir a extraordinária complexidade de micronutrientes encontrados em certos alimentos, como amoras, uvas, mamão e frutas cítricas (pense que na natureza existem mais de 500 tipos de Carotenoides).

A antiga recomendação de consumir uma grande variedade de frutas e vegetais frescos todos os dias continua, portanto, perfeitamente alinhada às mais recentes aquisições científicas sobre nutrição humana.

0/5 (0 Reviews)
Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.