Dicas de Saúde

15 coisas que você faz que prejudica sua osteoporose!

coisas que voce faz que prejudica sua osteoporose

As coisas que você faz que prejudica sua osteoporose e talvez não tenha conhecimentos dos risco que isso possa provocar. Você provavelmente já ouviu falar da osteoporose que literalmente significa ossos porosos um distúrbio que diminui a força óssea e aumenta o risco de fratura.

coisas que voce faz que prejudica sua osteoporose
coisas que você faz que prejudica sua osteoporose

Mas você sabia que essa ” doença silenciosa ” pode progredir e enfraquecer seus ossos sem sintomas até que ocorra uma fratura? Às vezes uma fratura pode acontecer sem que você saiba. De fato, 2 em cada 3 fraturas da coluna vertebral não têm dor, o que torna o teste ainda mais crítico.

Aqui estão as quebras: existem alguns fatores de risco que prejudica a osteoporose inevitáveis ​​que aumentam a probabilidade de você desenvolver osteoporose. A boa notícia é que muitos fatores de risco estão realmente sob seu controle.

Continue lendo este artigo sobre coisas que você faz que prejudica sua osteoporose para ver se você pode estar em risco e o que pode fazer a respeito como nossa dica super simples de dois minutos por dia.

Coisas que você faz que prejudica sua osteoporose:

1. É mais frequente em mulheres:

osteoporose e mais frequente em mulheres
osteoporose é mais frequente em mulheres

Osteoporose é muito mais comum em mulheres do que homens de fato, dos 10 milhões de americanos com osteoporose, 8 milhões ( sim, 80%! ) São mulheres. Verdade simples: ser mulher coloca você em risco de desenvolver osteoporose e, portanto, ossos quebrados.

Algumas estatísticas preocupantes: aproximadamente uma em cada duas mulheres acima de 50 anos quebrará um osso por causa da osteoporose e o risco de uma mulher quebrar o quadril? Seu risco é igual ao risco combinado de câncer de mama, ovário e uterino!

Existem várias razões pelas quais as mulheres correm maior risco de desenvolver e prejudicar a osteoporose, mas a principal delas é que elas têm ossos menores e mais finos que os homens – e quando as mulheres atingem a menopausa, o estrogênio diminui acentuadamente, o que pode levar à perda óssea. Os esforços de prevenção devem ter como alvo todas as mulheres, especialmente se elas tiverem vários fatores de risco.

2. Falta de vitamina D:

falta de vitamina D prejudica osteoporose
falta de vitamina D prejudica osteoporose

Essencial para manter os ossos saudáveis, a vitamina D instrui as células do intestino a absorver cálcio e fósforo dois dos minerais mais vitais para manter os ossos saudáveis. Há uma boa razão pela qual a vitamina D é conhecida como “vitamina do sol”.

Essa vitamina crucial é produzida quando o colesterol na pele é exposto à luz solar, e é por isso que obter luz solar suficiente é essencial para manter os níveis ideais de vitamina D em seu corpo. Existe uma solução simples para esse fator de risco: saia para fora. Estima-se que pelo menos 40% dos adultos americanos sejam deficientes em vitamina D o que aumenta o risco de desenvolver osteoporose abaixo da linha.

A maneira mais natural e eficiente para o seu corpo produzir vitamina D é através da luz do sol na pele, embora tomar suplementos também possa ajudar a não prejudicar a osteoporose.

3. Histórico familiar de osteoporose:

historico familiar com osteoporose
histórico familiar com osteoporose

Se um dos seus pais teve um osso quebrado, particularmente um quadril quebrado, você deve fazer uma triagem precoce para osteoporose, de acordo com o CDC . Os estudos mostram que, se sua mãe ou seu pai tiveram osteoporose, é mais provável que você também a sofra. O risco de fratura pode ser parcialmente devido à hereditariedade. Pessoas cujos pais têm histórico de fraturas também parecem ter massa óssea reduzida, colocando-as em risco aumentado.

Se você sabe que corre um risco maior de prejudicar a osteoporose devido a um histórico familiar da doença – seu objetivo é manter ossos fortes à medida que envelhece. Certifique-se de comer uma dieta equilibrada com bastante leite, peixe, frutas e legumes. Procure obter os nutrientes que você precisa dos alimentos, mas pode ser necessário complementar sua dieta tomando multivitaminas ou suplementos. Converse com seu médico para ver o que é certo para você.

4. Já Ter quebrado os ossos:

ter quebrado os ossos prejudica osteoporose
ter quebrado os ossos prejudica osteoporose

Ai, você quebrou um osso! Somente aqueles que tiveram a dor de sofrer uma fratura podem compreender completamente o quão difícil pode ser a recuperação.

Mas, além de curar es se osso quebrado, você e seu médico também podem querer verificar se essa fratura é um sintoma de osteoporose. Se você tem esse distúrbio ósseo subjacente, corre um risco maior de fraturas futuras! E se você tem mais de 50 anos há uma chance muito boa de que seu osso quebrado esteja relacionado à osteoporose.

5. Consumir álcool:

consumir alcool prejudica osteoporose
consumir álcool prejudica osteoporose

Beber muito pode prejudicar a osteoporose. Os médicos sabem há muito tempo que os usuários de álcool têm maior probabilidade de sofrer fraturas ósseas freqüentes, juntamente com taxas mais lentas de cicatrização óssea.

Os cientistas não foram capazes de identificar por que esse pode prejudicar a osteoporose , mas atribuíram o vínculo entre os dois a várias razões desde a má ou desnutrição comumente vista entre os alcoólatras às interações bioquímicas entre álcool e hormônios.

O consumo pesado de álcool também pode inibir a formação óssea normal, tributando o suprimento de cálcio do seu corpo outro caso para o ditado: menos é mais. Se você consumir álcool, modere o nome do seu jogo e tome 2 bebidas por dia no máximo.

6. Falta de atividade física:

falta de atividade fisica provoca osteoporose
falta de atividade fisica provoca osteoporose

O exercício ajuda a não prejudicar a osteoporose pois, transmite forças através do esqueleto, que cria sinais mecânicos, como tensão óssea, que são detectados pelas células ósseas. Em um corpo saudável, os sinais relacionados às cepas iniciam uma cascata de respostas bioquímicas que aumentam a rotatividade óssea local nova formação óssea.

Não surpreende, portanto, que a Fundação Nacional de Osteoporose e outras agências recomendem exercícios de sustentação de peso para a prevenção da osteoporose.

7. Comer uma dieta baixa em cálcio e vitamina D:

dieta baixa em calcio e vitamina D causa osteoporose
dieta baixa em calcio e vitamina D causa osteoporose

E se você for diagnosticado com osteoporose, é fundamental trabalhar com seu médico para criar um plano de tratamento que inclua uma dieta rica em cálcio e vitamina D para ajudar a não prejudicar a osteoporose, exercícios de sustentação de peso e possível tratamento com medicamentos. Certifique-se de seguir seu plano e falar com seu médico antes de fazer alterações.

8. Ser idoso:

ser idoso prejudica osteoporose
ser idoso prejudica osteoporose

Mulheres e homens mais velhos que se exercitam regularmente podem perder menos osso e até aumentar sua massa óssea. Mas nem todo exercício é igual aqui: o exercício de sustentação de peso é fundamental para não prejudicar a osteoporose.

O que é um exercício de sustentação de peso? São movimentos e atividades que fazem seus músculos (e ossos) trabalharem contra a gravidade  como caminhar, caminhar, correr.

9. Menopausa:

menopausa causa osteoporose
menopausa causa osteoporose

Acredita-se que a terapia hormonal ajude a prevenir ou diminuir a taxa aumentada de perda óssea que leva à osteoporose, e é frequentemente recomendada para mulheres na pós-menopausa que sofrem de menopausa precoce, têm massa óssea baixa por um teste de densidade óssea e outros fatores de risco, como uma história familiar da doença.

10. Fumar:

fumar prejudica sua osteoporose
fumar prejudica sua osteoporose

A diminuição da densidade óssea se deve ao fumo em si ou a outros fatores mais comuns entre os que fumam? Muitas vezes, as pessoas que fumam bebem mais álcool do que os não fumantes, tendem a ser mais magras, menos ativas fisicamente e têm dietas menos saudáveis. Mulheres que fumam também pode prejudicar a osteoporose e tendem a atingir a menopausa mais cedo do que as não fumantes.

E todos esses fatores colocam muitos que fumam aumentados para osteoporose fora do uso de tabaco aumentando o impacto. E para arrancar foi mostrado que fumar prejudicar a osteoporose.

11. Medicamentos esteroides:

medicamentos esteroides prejudica sua osteoporose
medicamentos esteroides prejudica sua osteoporose

Ao tomar certos medicamentos, os esteroides em particular como cortisona e prednisona, usados ​​para tratar artrite, asma, lúpus, esclerose múltipla e outras condições podem enfraquecer os ossos e causar perda óssea.

Normalmente, você precisa usar esses medicamentos por um longo tempo, geralmente em altas doses, para que se tornem uma ameaça à saúde óssea. O uso por um curto período de tempo geralmente não irá prejudicar a osteoporose.

Você deve se lembrar que a medicina geralmente é uma análise de custo benefício não um jogo de soma zero. Se você estiver tomando medicamentos que afetam a saúde óssea, lembre-se de que eles podem ser essenciais para o seu bem-estar.

Não pare nenhum tratamento ou faça alterações na sua dosagem sem falar primeiro com o seu médico. Se os seus medicamentos podem causar perda óssea, tome a dose mais baixa possível, pelo menor tempo possível, para ajudar a mitigar o risco.

12. Gravidez:

gravidez prejudica osteoporose
gravidez prejudica osteoporose

A osteoporose associada à gravidez é uma condição rara, na qual os ossos se fraturam facilmente, geralmente na coluna, mas às vezes no quadril, no final do terceiro trimestre, o que pode causar dor e incapacidade. Os cientistas não entendem completamente o que causa esse tipo de osteoporose, mas a boa notícia é que é extremamente raro e quase sempre se absolve logo após a mulher dar à luz.

As adolescentes grávidas precisam ter cuidado especial para obter cálcio suficiente durante a gravidez e a amamentação e não prejudicar a osteoporose, porque, diferentemente das mulheres mais velhas, as mães adolescentes ainda estão construindo sua própria massa óssea total. Um bebê no útero pode competir com a necessidade de cálcio de sua mãe por construir seus próprios ossos, o que pode comprometer a saúde óssea.

Grávida ou amamentando? É essencial obter cálcio, vitamina D e exercícios adequados o suficiente para manter os ossos saudáveis.

13. Amamentação:

amamentaçao causa osteoporose
amamentação causa osteoporose

 

Estudos mostram que as mulheres que amamentam podem prejudicar a osteoporose, elas perder de 3 a 5% de sua massa óssea durante a amamentação embora a recuperem rapidamente quando desmamam.

Pensa-se que essa perda óssea possa ocorrer devido à crescente necessidade de cálcio do bebê em desenvolvimento, que é extraída dos ossos da mãe, principalmente se ela não estiver comendo uma dieta saudável e equilibrada.

Além disso, as mulheres podem perder massa óssea durante a amamentação, porque não produzem tanto estrogênio, um hormônio que protege os ossos entre uma série de outras funções.

Tudo está bem quando acaba bem: os ossos perdidos durante a amamentação geralmente se recuperam alguns meses após o término da amamentação.

Se você estiver amamentando exclusivamente, pergunte ao pediatra do seu filho quanto cálcio e vitamina D você deve ingerir e também se seria inteligente administrar vitamina D suplementar ao seu bebê.

Para viver uma vida mais feliz e saudável não Não perca essas 70 coisas essenciais que você nunca deve fazer por sua saúde .

Gostou do post? Avalie!
[Total: 0 votos: ]

Graduada em jornalismo com especialização em Marketing social na UFMG Universidade Federal de Minas Gerais, escreve artigos com conteúdos sobre beleza, saúde e bem estar com noções de SEO e tem a dinâmica e versatilidade na elaboração de artigos.

1 comentário

  • […] com um leve efeito estimulante. Algumas fontes sugerem que o consumo de chá preto pode prevenir a osteoporose e o diabetes tipo II, mas são necessárias mais pesquisas para verificar essas […]

Deixe um comentário