Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Dicas de Saúde Doenças e Tratamentos Sintomas

Os 10 Sintomas de Deficiência de Vitamina D

A deficiência de vitamina D passou a ser significativamente associada a diversos problemas de saúde em crianças e adultos. pois vitamina D é um nutriente essencial para a saúde do corpo. A vitamina D é uma vitamina solúvel em gordura que o corpo produz em resposta à luz solar. A vitamina D ajuda na absorção do Cálcio e ajuda a regular os níveis de fosfato. É essencial ter níveis adequados de vitamina D para manter os ossos saudáveis.
Deficiência de Vitamina DEm caso de deficiência de vitamina D, os valores de Cálcio e de Fósforo no sangue diminuem, provocando assim, doença óssea porque não há quantidade suficiente de Cálcio disponível para conservar os ossos saudáveis. Esta situação denomina-se raquitismo nas crianças e osteomalácia nos adultos. Leia mais sobre os 10 Sintomas de Deficiência de Vitamina D.

1. Fraqueza Muscular: Estudo realizados mostraram que a deficiência de vitamina D provoca a fraqueza muscular, pois, para os músculos esqueléticos funcionarem adequadamente, seus receptores de vitamina D devem ser suportados pela vitamina D ou seja , sem a quantidade de vitamina D suficiente no corpo, este sistema não funciona.

2. Osteoporose: A deficiência de vitamina D está ligada à osteoporose em idosos.

3. Problemas Cardiovascular: A deficiência de vitamina D está associada a um aumento da prevalência de hipertensão, hiperlipidemia , doença vascular periférica , doença arterial coronariana, infarto do miocárdio, insuficiência cardíaca e acidente vascular cerebral . Os efeitos anti-inflamatórios da vitamina D pode ser a razão para isto. Estudos estão sendo feito para determinar exatamente como isso funciona e porquê.

4. Asma: Estudos Realizados mostraram que a deficiência de vitamina D no organismo pode levar à asma.

5. Baixa Resistência a Infecções: Você tem mais infecções respiratórias no inverno? A deficiência de vitamina D poderia ser a causa. Estudos têm mostrado uma associação entre a deficiência de vitamina D e um risco aumentado com as infecções respiratórias.

6. Raquitismo: As crianças que não recebem a quantidade adequada de vitamina D podem mostrar deformidades ósseas e desenvolver raquitismo. Raquitismo é o termo para o amolecimento dos ossos que ocorre quando a mineralização óssea é defeituosa devido a deficiências de vitamina D, cálcio ou fosfato.

7. Espasmos Musculares: Os espasmos musculares (tetania) causados por uma concentração baixa de cálcio podem ser o primeiro sinal de raquitismo nos lactentes.

8. Esquizofrenia: As pessoas que são deficientes em vitamina D são duas vezes mais probabilidade de serem diagnosticados com esquizofrenia em comparação com as pessoas com níveis de vitamina D suficientes, de acordo com um estudo de 2014 publicado no Journal of Clinical Endocrinology & Metabolism . Os pesquisadores do estudo revisou resultados de 19 estudos observacionais que analisaram a relação entre esquizofrenia e vitamina D.

Excesso de Vitamina D9. Artrite Reumatoide: Estudos feitos nos estados unidos mostraram que a deficiência de vitamina D é fator de risco para a Artrite reumatoide.

10. Depressão: A falta da vitamina D durante a adolescência pode levar à depressão.

Portanto, caso você esteja com algum desses sintomas, vale a pena se consultar com um médico e conversar com ele a respeito do assunto. A melhor maneira de descobrir a deficiência de vitamina D é fazer um teste de sangue que medirá o nível dessa vitamina.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

3 Comentários

  1. Sonia dos Santos Felix disse:

    Tenho neuropatia periférica, sinto formigamento nos pés e dores terrível, fiz exame de sangue e a taxa de vitamina D foi 9,6 gostaria de saber se é isso a causa da neuropatia, desde já obrigada!

  2. Douglas disse:

    Muito bom o artigo, vale lembrar para as pessoas para nunca se automedicar sem antes fazer um diagnóstico com um médico especialista na área.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.