Triptofano: O que é, Para Que Serve, Benefícios e Efeitos Colaterais!

Revisado por

Biomédico pela UFRGS

Especialista do Dicas de Saúde

Triptofano: O que é, Para Que Serve, Benefícios e Efeitos Colaterais!
4.7 (94.74%) 38 voto[s]

Triptofano: O que é, Para Que Serve, Benefícios e Efeitos Colaterais que você possivelmente desconhece. Além disso, o suplemento de Triptofano purificado é útil no aumento da quantidade de serotonina no cérebro enquanto comer alimentos ricos em Triptofano nem sempre têm o mesmo efeito. Como tal, muitos indivíduos começaram a usar suplementos de Triptofano para aumentar os níveis de serotonina no cérebro, o que pode resultar em melhor humor e melhores padrões de sono.

O Triptofano não é solúvel em água e também possui uma notável resistência ao calor, tornando-o um composto muito durável. Também possui um alto grau de biodisponibilidade. O aminoácido tem qualidades nootrópicas na medida em que pode aliviar os sintomas de ansiedade e depressão, aumentar o sono reparador, melhorar o foco e equilibrar o humor.

Triptofano
Triptofano

O que é Triptofano?

O Triptofano é um dos 23 aminoácidos proteinogênicos (construtores de proteínas) encontrados na natureza. As pessoas precisam desse nutriente como um componente importante para processar proteínas e sintetizar a serotonina.

Vale lembrar que ele é um dos nove aminoácidos “essenciais” para os seres humanos. Aminoácidos essenciais são necessários para diferentes funções do corpo; No entanto, o corpo não pode produzir esses compostos internamente. Os aminoácidos essenciais, incluindo o Triptofano, devem ser obtidos por alimentos ou suplementos dietéticos.

Para Que Serve o Triptofano:

O Triptofano é um precursor de uma variedade de hormônios, neurotransmissores e outras substâncias em todo o corpo. Quando este aminoácido viaja através da corrente sanguínea, ele suporta a produção ou síntese de diferentes proteínas. Também é um precursor da niacina, uma vitamina B com vários efeitos positivos no cérebro. Ainda é usado para fazer a serotonina, uma importante substância sinalizadora.

O Triptofano é decomposto no fígado no composto 5-HTP e outros metabólitos. O 5-HTP viaja através do sangue para o cérebro, atravessa a barreira hematoencefálica e entra no cérebro. Uma vez no cérebro, o 5-HTP é convertido em serotonina.

A serotonina é conhecida como a “felicidade da substância sinalizadora”, porque a presença de serotonina no cérebro está associada a sentimentos positivos, incluindo felicidade, silêncio e calma.

O Triptofano é um precursor da serotonina; é uma função importante em si, mas também leva a uma série de efeitos adicionais. A serotonina deve ajudar a regular coisas como o apetite e o humor. Algumas serotoninas também são convertidas em melatonina, o hormônio que regula os padrões de sono / vigília (ritmo diurno).

Benefícios do Triptofano:

Um dos benefícios mais importantes do aminoácido é que ele pode ajudar a reduzir o apetite e reduzir os sintomas de depressão e ansiedade. Estudos mostraram que níveis baixos de Triptofano no organismo podem levar a ansiedade e depressão.

Também demonstrou que a serotonina derivada do aminoácido tem um efeito limitante no apetite e pode ajudar a reduzir a ingestão de calorias e o peso em indivíduos obesos. O aminoácido ainda é usado ainda para sintetizar a niacina, que é usada no tratamento de carboidratos e gorduras.

Benefícios do Triptofano
Benefícios do Triptofano

Suplementos de Triptofano também podem estimular padrões saudáveis ​​de sono. Esses benefícios parecem estar diretamente relacionados à liberação e síntese de serotonina e melatonina. Ele ainda pode conter uma serotonina bastante uniforme durante todo o dia e ajudar na produção do nível certo de melatonina durante a noite.

Isso faz com que o aminoácido seja diferente de outros precursores da serotonina bem conhecidos (e do metabolito do Triptofano), o 5-HTP. Quando tomado por via oral, o 5-HTP não está sujeito a nenhum fator de limitação de velocidade, o que significa que não há controle sobre até que níveis de serotonina podem ir.

Consequentemente, os efeitos do aminoácido podem ser menos perceptíveis do que o 5-HTP, mas com menos riscos de causar efeitos colaterais. Há uma série de condições médicas que o Triptofano é capaz de melhorar. O estudo de 2010 mostrou que ele pode impedir a disseminação de uma doença hepática comum chamada esteato-hepatite.

Alimentos Ricos em Triptofano:

Alimentos Ricos em TriptofanoPorçãoCalorias
Queijo7 mg300 calorias
Amendoim5,5 mg577 calorias
Castanha de Cajú4,9 mg556 calorias
Carne de Frango4,9 mg107 calorias
Ovo3,8 mg151 calorias
Ervilha3,7 mg100 calorias
Pescada3,6 mg97 calorias
Amêndoa3,5 mg640 calorias
Abacate1,1 mg162 calorias
Couve-flor0,9 mg30 calorias
Batata0,6 mg79 calorias
Banana0,3 mg122 calorias

Dosagem de Triptofano:

Tal como acontece com a maioria dos suplementos, a dose que você tomar será determinada pelo seu propósito ou condição específica. Por este motivo, é aconselhável consultar o seu médico ou profissional médico qualificado antes de iniciar o uso.

Algumas fontes indicam que o intervalo de dose mais comum é entre 6 e 12 gramas. A maioria dos adultos (especialmente aqueles que estão procurando reduzir os sintomas da depressão) tomará 3 ou 4 suplementos de Triptofano distribuídos em administrações diárias para garantir uma consistência do aminoácido.

Efeitos Colaterais do Triptofano:

É possível exagerar a dose excessiva quando o Triptofano é tomado em grandes quantidades. Isso pode levar a uma série de possíveis efeitos colaterais, incluindo: agitação, confusão, febre, reflexos hiperativos, inquietação, calafrios, sudorese, tremores, formigamento, tontura, boca seca ou dor de cabeça.

Se algum desses sintomas ocorrer, recomenda-se interromper o uso imediatamente e entrar em contato com um médico. Depois que os efeitos colaterais passarem, é possível começar a usar uma dose menor.

0/5 (0 Reviews)
Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Kaio Rodrigues

Sou Biomédico formado pela Universidade Federal do Estado do Rio Grande do Sul (UFRGS). Tendo formação técnico-científica, com conhecimento do organismo humano tanto nos seus aspectos estruturais (células, tecidos e órgãos), quanto funcionais.

O campo de atuação do biomédico engloba toda a interface entre a biologia e a medicina clínica propriamente dita. Está apto a auxiliar no diagnóstico e avaliar clínico-laboratorialmente as doenças, os agentes etiológicos e os vetores e também exerço a função de Editor no site "Dicas de Saúde".

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VITAMINA K

Vitamina K: O que é, Para que Serve, Alimentos, Benefícios e Deficiência!

Bioflavonoides - O que é, Benefícios, Alimentos e Deficiência

Bioflavonoides – O que é, Benefícios, Alimentos e Deficiência!