Dieta e Nutrição

100 benefícios do gengibre para saúde!

gengibre-beneficios

Os benefícios do gengibre para saúde para saúde são diversos, pois, essa é uma das especiarias mais antigas do mundo para medicina natural. Tornou-se conhecido por seus benefícios para a saúde, que incluem sua capacidade de aumentar a saúde óssea, fortalecer o sistema imunológico, aumentar o apetite, prevenir vários tipos de câncer, melhorar as condições respiratórias, auxiliar na digestão, eliminar os sintomas da artrite, reduzir o excesso de gás, aumentar a atividade sexual e aliviar dores relacionadas a distúrbios menstruais, náuseas e gripe.

Benefícios do Gengibre
Gengibre

No entanto, nas culturas asiáticas, é usado diretamente cortando-o ou usando seu pó em pratos tradicionais e em bebidas, como café e chá. A fragrância irresistível é devido a um óleo essencial em sua composição que tem sido cobiçado e extraído por fabricantes de perfumes desde a antiguidade.

Não só o gengibre é conhecido como uma essência e um tempero, é conhecido por ser um dos remédios mais antigos conhecidos nos tratamentos tradicionais à base de plantas e aromas, especialmente na China, na Índia e no Oriente Médio. Na China, tem sido usado por mais de 2.000 anos para curar inflamação e diarreia . Nativo das florestas tropicais indo-malaias, favorece solos exuberantes, úmidos e tropicais para o cultivo.

Valor nutricional do gengibre:

O gengibre é uma boa fonte de Vitamina A, Vitamina C, Vitamina E e Vitaminas do Complexo B, Magnésio, Fósforo, Potássio, Silício, Sódio, Ferro, Zinco, Cálcio e Betacaroteno. Além disso, é anti-náusea, anti-espasmódico, antifúngico, anti-inflamatório, anti-séptico, antibacteriano, antiviral e propriedades antitussígeno (supressor da tosse) e pode fazer maravilhas para sua saúde.

Para que serve o gengibre?

O gengibre é um tempero aromático, de sabor pungente e picante. Dentre todas as substâncias ativas presentes, o gingerol – ou gingerol-[6] – merece destaque. Ele é o principal responsável pelo sabor característico do gengibre e por várias das suas propriedades medicinais.

Cozinhar transforma o gingerol em zingerona, que tem sabor menos pungente e um aroma picante e adocicado. Já quando é seco, o gingerol sofre uma reação de desidratação, o que leva a formação de shogaol, que é duas vezes mais pungente que o gingerol. Por isso que seco tem sabor bem mais pungente que o fresco.

O gengibre pode ser consumido na forma de chás, sucos, em pedaços frescos ou em pó. Os rizomas jovens têm um sabor suave e podem ser utilizados em conservas. O suco dos rizomas maduros é um ingrediente frequentemente utilizado na culinária indiana, e comum nas cozinhas chinesa, japonesa, vietnamita e outras do sul asiático.

Esse suco é usado para aromatizar pratos vegetarianos, frutos do mar e carnes. O pó é um condimento para receitas de pães, biscoitos, bolos e cervejas.

Benefícios do gengibre para saúde:

Prevenção do câncer:

Estudos Realizados mostraram que o gengibre tem efeitos positivos diante do câncer, Devido aos seus compostos presentes, principalmente o Gingeróis. Além disso, Estes compostos presente também demonstraram eficaz na prevenção da atividade cancerígena no cólon que pode levar ao câncer colorretal.

Esta é mais uma maneira do gengibre beneficiar o sistema gastrointestinal, tornando-se um complemento tão perfeito ao lado de cada refeição. No entanto, estudos mais recentes também ligaram esses gingeróis à apoptose em células de câncer de ovário, reduzindo assim os tumores e o crescimento de células cancerosas, sem prejudicar as células saudáveis ​​ao seu redor.

Possuir anti-coagulante:

O gengibre ajuda a fazer das plaquetas sanguíneas menos viscosas reduzindo o risco de aterosclerose e também reduz a pressão arterial em pacientes hipertensos. O extrato provou a diminuir a pressão arterial média.

Reduzir dores da artrite:

O gengibre tem fortes propriedades anti-inflamatórias que podem ajudar a tratar a dor associada com gota, artrite reumatoide e osteoartrite. De acordo com um estudo de 2001, o extrato foi eficaz em reduzir os sintomas associados com osteoartrite do joelho.

Para tratar a dor, aplique pasta quente com açafrão na área afetada duas vezes por dia. Além disso, inclua gengibre cru ou cozido em sua dieta.
Além disso, você pode adicionar algumas gotas de óleo essencial no seu banho para aliviar dores musculares e nas articulações.

Alívio de náuseas:

Em mulheres que sofrem de enjoo matinal durante o primeiro trimestre da gravidez, o gengibre aliviou os sintomas de náuseas e vômito. Útil para o tratamento de náuseas após a cirurgia, especialmente após a quimioterapia.

Cólica Menstruais:

O gengibre tem propriedades anti-inflamatórias e é um poderoso analgésico natural, portanto, ele pode ser usado para reduzir a cólica menstrual. Além disso, Mulheres que sofrem de cólica podem usar em pó ou cápsulas para obter alívio da dor. Você pode tomar o chá. Isto lhe dará o alívio imediato da dor e melhora as cólicas que muitas vezes acontece no início do ciclo menstrual mensal.

Para diabéticos:

o gengibre reduz os níveis de proteína na urina, controla a sede e a produção de urina e reverte o dano de rim de proteinúria, devido à excessiva quantidade de proteína na urina. E também protege os nervos em diabéticos e reduz níveis de gordura no sangue, ajuda a aumentar a circulação sanguínea e reduz a pressão arterial e colesterol.

Para digestão:

Este é um dos principais benefícios do gengibre para saúde. Além disso, ele estimula o trabalho do pâncreas, gerando mais enzimas que favorecem a absorção de nutrientes, evitando a digestão intensa. Evitará a acidez do estômago após refeições abundantes.

Aliviar dor nas articulações:

Uma das propriedades mais benéficas é que ele atua como um anti-inflamatório e demonstrou reduzir a dor associada a doenças articulares e reumáticas, como a Artrite. Também ajuda com dor muscular e dor menstrual.

Fortalece o sistema imunológico:

Ele está entre as substâncias que impulsionam o funcionamento do sistema imunológico, ativando e suprimindo células imunológicas especializadas, melhorando nosso sistema de defesa.

Para o figado:

Pesquisas mostraram que ele e seus componentes desempenham um papel importante na proteção do fígado, especialmente para combater a hepatotoxicidade.

É um excelente antioxidante:

Muitos dos compostos contidos na raiz, como o gingerol, o paradol, o shogoal, a zingerona e os flavonoides, contêm propriedades antioxidantes, ou seja, impedem o envelhecimento celular. Isso nos proporcionará benefícios para a pele e a saúde em geral.

Diminuir os níveis de colesterol:

Os níveis elevados de lipoproteínas (LDL, o colesterol “mau”) estão ligados à um maior risco da doença cardíaca. Os alimentos ingeridos podem ter uma forte influência sobre os níveis de LDL.

Um estudo de 45 dias com 85 indivíduos que sofrem de colesterol elevado, observou que a ingestão de 3 gramas de gengibre em pó, causou reduções significativas na maioria dos indicadores do colesterol.

Isto é suportado por um estudo com ratos, onde o extrato de gengibre reduziu o colesterol LDL no mesmo nível que a atorvastatina, droga para a redução do colesterol. Ambos os estudos também mostraram reduções no colesterol total e nos triglicerídeos sanguíneos.

Alivio de enxaquecas:

A Pesquisa mostrou que com Limão pode proporcionar alívio da enxaqueca devido a sua habilidade de parar as prostaglandinas que causam dor e inflamação nos vasos sanguíneos. Além disso, o chá durante ataques de enxaqueca bloqueiam a dor insuportável e acabam com as tonturas e náuseas associadas.

Elimina dor de dente e mau hálito:

Um dos benefícios do Gengibre é eliminar dor de dente e mau hálito. Tanto por sua ação antibacteriana, anti-inflamatória e analgésica, mastigando a raiz crua, preparando infusão, ou aplicando uma cataplasma desse ingrediente, aliviarão a dor de dente, assim como também é um bom remédio para o mau hálito.

Alivia os ataques de asma: 

O gengibre ajuda a Reduz a inflamação das vias aéreas alérgicas, possivelmente suprimindo a resposta imune dos linfócitos Th2.

Propriedades afrodisíacas:

Existem alguns alimentos, como Ostras, Chocolate ou Canela, que aumentam a nossa libido. A raiz é uma delas, para que possamos aproveitar esta qualidade extra para melhorar a nossa saúde através de um remédio natural e saudável que nos ajudará a queimar calorias e liberar endorfinas do sexo .

Curar úlceras intestinais:

A úlcera péptica é um grande problema em todo o mundo em ambos os sexos. Vários fatores, incluindo alimentos consumidos e seus ingredientes, estresse, Helicobacter pylori e drogas são responsáveis pela úlcera gástrica. É eficaz na prevenção de úlceras graças ao aumento da secreção de mucina.

Relaxamento muscular:

Um estudo realizado em 2010 comprovou o efeito analgésico e relaxante muscular do extrato de gengibre (2 g ao dia durante 11 dias consecutivos) é útil para reduzir significativamente a dor muscular derivada de exercício físico.

Tomar pode não ter um efeito imediato mas, o seu uso continuado aumenta progressivamente a analgesia, no caso. Leia também este estudo sobre o potencial analgésico do gengibre nos processos musculares inflamatórios em mulheres atletas.

Osteoartrite do joelho:

A osteoartrite do joelho tem a ver com a degeneração das articulações, uma condição que causa a dor e sensação de rigidez. Um estudo realizado em 247 pessoas com osteoartrite do joelho comprovou que os pacientes que tomaram o gengibre rotineiramente sentiram menos dor e, portanto, fizeram menor uso da medicação química de analgesia, em comparação com os pacientes que não usaram.

Propriedades neuroprotetoras:

Os flavonoides são substâncias que possuem funções neuroprotetoras, o que impede o desenvolvimento de dano cognitivo, entre outras razões, porque atua como um antioxidante nas células neuronais.

Previne a Retinopatia:

A raiz e seus componentes desempenham um papel importante no tratamento da diabetes e seus sintomas relacionados, incluindo a retinopatia.

Saúde cardiovascular:

Ajuda a prevenir a coagulação do sangue e foi mostrado eficaz na redução do colesterol e melhorar o metabolismo lipídico, ajudando a reduzir o risco de doença cardiovascular e diabetes.

Tratar diabetes:

O consumo regular de desta raiz diminui os níveis de glicose em mais de 30% e também ajuda as pessoas com diabetes tipo II a secretar 10% mais de insulina.

Combate de infecções:

O gingerol é a substância bioativa do gengibre fresco e pode ajudar a diminuir o risco de infecções. Na verdade, o extrato pode inibir o crescimento de muitos tipos diferentes de bactérias.

É muito eficaz contra as bactérias orais associadas a doenças inflamatórias das gengivas, tais como gengivite e periodontite. Além disso, fresco também pode ser eficaz contra o vírus RSV, uma causa comum de infecções respiratórias.

Para menstruação:

Na medicina natural é recomendado para alívio das cólicas e dores durante o período menstrual. Este estudo testou em 150 mulheres a ingestão diária de 1 g de extrato de gengibre durante os três primeiros dias de menstruação e comprovou a eficiência para a redução dos incômodos, cólicas e dores, equivalente ao uso do ibuprofeno.

Antibacteriano e antifúngico:

Esta raiz e seus componentes desempenham um papel vital na prevenção do crescimento microbiano e atuam como agentes antimicrobianos. Por exemplo: combate Salmonella typhi e Candida albicans, e é um inibidor ativo de M. avium e M. tuberculosis.

Ajuda a emagrecer:

O gengibre auxilia o sistema digestório, regulando o movimento do bolo alimentar ao longo do estômago e dos intestinos delgado e grosso. O bom funcionamento do trato gastrointestinal é fundamental para a perda de peso.

Além de ser pouco calórico,  é um alimento termogênico pois aumenta a temperatura corporal e acelera o metabolismo como um todo, o que promove a queima de gorduras e uma maior excreção de toxinas pelo organismo. É considerado também um inibidor natural do apetite já que proporciona uma sensação de saciedade, e, consequentemente, reduz a quantidade de alimento ingerido.

Outro aspecto importante é que o gengibre  suprime a produção do hormônio cortisol no organismo. Altos níveis deste hormônio (como em situações de estresse crônico) estimula o acúmulo de gordura na região abdominal e o ganho de peso.

Aliviar dores em geral:

O gengibre pode reduzir a dor de diferentes origens, como osteoartrite ou dor menstrual (dismenorreia), sem apresentar os efeitos adversos dos medicamentos tradicionais.

O óleo de Gengibre mostrou-se eficaz para aliviar a dor nas costas, especialmente o lumbago, aplicado com uma terapia de massagem. O gengibre cru mostrou-se eficaz na luta contra a dor muscular induzida pelo exercício físico .

Outros benefícios do gengibre para saúde:

  • É bom para sinusite;
  • Ajuda a prevenir a formação de coágulos;
  • Ajuda em casos de halitose;
  • Evita varizes;
  • Melhora a flora bacteriana e nos impede de ter gás e inchaço depois de comer;
  • Previne e melhora casos de gastrite e úlceras de estômago;
  • Ajuda a prevenir alergias, como alergia ao pó e ao pólen;
  • Auxiliar na perda de peso;
  • Cura gripes e resfriados;
  • Cura dor de Garganta.

Quanto de gengibre posso tomar?

  • Para náuseas, gases ou indigestão: alguns estudos utilizaram 1 g de gengibre por dia, em várias doses divididas.
  • Para dor de artrite: um estudo usou 250 mg 4 vezes ao dia.
  • Dor muscular induzida pelo exercício físico: um estudo usou dois gramas por dia, dividido em várias doses.

Em geral, você NÃO deve tomar mais de 4g de por dia, incluindo todas as fontes (alimentos e suplementos).

Como consumir o gengibre?

O gengibre pode ser consumido cru, em conserva, como chá ou como óleo. Ele ainda é usado em alimentos e bebidas como agente aromatizante.

Chás: a infusão de pedaços frescos de gengibre é utilizada no tratamento de gripes, tosses e resfriados. Além de ser um relaxante eficaz, hidrata o corpo e ajuda a eliminar as toxinas, ajudando também no emagrecimento, devido à sua ação termogênica. Uma chá é uma excelente pedida!

Culinária: o gengibre pode ser utilizado no preparo de pratos doces e salgados da culinária. Pode ser encontrado desidratado, fresco, em conserva ou cristalizado. Cuide para não substituir uma forma pela outra nas receitas, pois seus sabores são distintos.

Sucos: tem ação anti-inflamatória, favorecendo a eliminação de toxinas do organismo. O suco gera mais disposição para o corpo, melhora a aparência da pele e o funcionamento do intestino. Para ficar mais saboroso, bata no liquidificador com abacaxi, hortelã ou raspas da casca do Limão.

Pedaços crus: mastigar as lascas, ajuda a aliviar a rouquidão e irritações na garganta, nesse caso só ajuda melhorar a dor mas não cura. Colocar lasquinhas de gengibre na água ajuda eliminar os enjôos.

Gengibre em pó é bom?

O gengibre em pó tem o sabor mais suave e diferente do fresco. Por isso, o em pó não pode substituir o cru (em receitas, por exemplo). É muito usado em confeitarias e padarias para fazer bolos diversos, pães, biscoitos e tortas. Também combina com frutas e legumes e faz parte de várias misturas de temperos.

Em pó pode ser feito em casa: Deixe secar, retire a casca e moa-o inteiro. Ou você pode comprar pronto em pacotes ou em forma de cápsulas.

Chá de gengibre ajuda a emagrecer?

O chá de gengibre poderá ajudar na sua dieta, pois estimula a digestão, alivia a constipação e é um tônico cardíaco. Ele trata a obesidade, pois ajuda acelerar o metabolismo e queima calorias.

Para facilitar a digestão, queimar calorias e reduzir peso, o recomendado é tomar ½ litro da bebida por dia, dividido em cinco doses iguais. Tome o chá sempre depois das refeições.

Quanto Consumir de gengibre?

Embora não exista uma quantidade adequada de ingestão estabelecida, estudos sugerem que benefícios podem ser alcançados com o consumo de 2 a 4 g de gengibre por dia.

Para obter os benefícios termogênicos, o ideal é o consumo diário, mas dentro de um limite estabelecido para que o aumento do metabolismo não se torne prejudicial. No caso é recomendada uma fatia média ou uma colher de café da forma em pó.

Cuidados com o gengibre: 

Apesar de todos os benefícios do  citados, não é pelo fato de ele ser um produto natural que seu consumo não apresenta riscos. Além disso, veremos agora em quais casos o seu consumo deve ser evitado.

  • Pessoas que fazem o uso de medicamentos para controlar o diabetes e/ou a hipertensão arterial devem conversar com seu médico antes de passarem a consumi-lo. O uso concomitante do Além disso, com as medicações pode provocar uma queda significativa da pressão arterial e/ou um quadro de hipoglicemia, respectivamente.
  • Pacientes com distúrbios hemorrágicos não podem consumir devido ao alto risco de hemorragia por reduzir a taxa de coagulação sanguínea.
  • Além disso, mulheres grávidas e lactantes também devem conversar com seus médicos antes de usarem.
  • Pacientes com distúrbios biliares ou que serão submetidos a cirurgias (serão anestesiados) também devem informar o seu médico antes de usar o rizoma.
  • Além disso, os efeitos colaterais são raros. Em doses muito altas, a pessoa pode apresentar uma leve azia, diarreia e irritação na boca.
Gostou do post? Avalie!
[Total: 0 votos: ]

Formado em Comunicação Social, especialista em jornalismo digital e SEO, responsável por criar diversos projetos na internet, afim de levar conhecimento à todos sobre saúde, beleza, bem estar, natureza e entretenimento.

6 comentários

  • […] receita bastante usada para tratar os sintomas da caxumba é à base de gengibre. Você vai precisar de três colheres de sopa de gengibre em pó com […]

  • […] VEJA TAMBÉM: Os 100 Benefícios do Gengibre Para Saúde […]

  • […] ingrediente comum que pode ajudar a tratar a Artrite é o gengibre, que tem propriedades anti-inflamatórias naturais. Moa uma mistura de 6 colheres de chá de […]

  • […] ingrediente comum que pode ajudar a tratar a Artrite é o gengibre, que tem propriedades anti-inflamatórias naturais. Moa uma mistura de 6 colheres de chá […]

  • […] a pesquisa, o gengibre versátil melhora a circulação, diminuindo a pressão arterial e diminuindo o sangue. Pequenas […]

  • […] colher de café de gengibre […]

Deixe um comentário

xpornplease pornjk porncuze porn800 porn600 tube300 tube100 watchfreepornsex