Dicas de Saúde Proteínas

50 Alimentos Ricos em Proteínas que Pouco Sabem

50 Alimentos Ricos em Proteínas que Pouco Sabem

Revisado por

Graduado em Ciências da Nutrição!

Especialista do Dicas de Saúde

Mulher Emagrece 22,7kg e conta sua história no Bem Estar... Mulher Emagrece 22,7kg e conta sua história no Bem Estar...
50 Alimentos Ricos em Proteínas que Pouco Sabem
4.8 (96.09%) 133 votos

Alimentos Ricos em Proteínas que Pouco Sabem, Além disso, É importante comer alimentos ricos em proteínas devido ao seus grandiosos benefícios, a partir disso há muitas fontes diferentes. Existem muitos tipos de aminoácidos, que são discriminadas a partir de proteínas e armazenados para utilização no corpo. Obter sua proteína e manter seus músculos fortes com estes grandes alimentos. então, confira Alimentos Ricos em Proteínas.

Alimentos Ricos em ProteinasPeixe: O peixe tem grande quantidade de ômega-3, um tipo de gordura com poder anti-inflamatório e que reduz os riscos de doenças cardiovasculares. Controlam a pressão e diminuem os triglicerídeos e colesterol ruim. Comparada com as outras carnes, possui menos gordura, Os mais indicados são atum, sardinha, arenque e salmão.

Ovos: Os ovos são fontes de proteínas de alto valor biológico-6g a 7g por unidade-, também possuem carotenoides, ácido fólico, colina e ácidos graxos essenciais, como o ômega-3. A gema é rica em luteína e zeaxantina, essenciais para a saúde dos olhos, ajuda a prevenir a catarata e a degeneração macular senil, que leva á cegueira.

Leite e Derivados: Iogurtes, queijo e leite puro originários de fonte animal, são ricos em proteínas. O leite é um alimento que apresenta proteínas, carboidratos e gorduras. A ingestão do leite de vaca e seus derivados é recomendada para atingir as necessidades diárias de cálcio.

Carnes Vermelhas: Ferro, vitaminas do complexo B e proteínas são os principais nutrientes das carnes grande quantidade de gorduras saturada, um dos fatores responsáveis pelo excesso de peso. A carne vermelha deve ser consumida de três a quatro vezes na semana, e não mais que 200g. Dê preferência opções grelhados e cozidas.

Quinoa: A Quinoa não pertence a família dos cereais, mas tem todas as características deles. Na verdade é uma semente. Sua grande vantagem é que apresenta maiores teores de fibras proteínas quando comparada a outros grãos ou leguminosas. A quinoa apresenta aminoácidos essenciais lisina e metionina, por isso, é mais completa do ponto de vista nutricionais.

Cogumelo: O cogumelo é uma opção para os vegetarianos, eles fornecem ácido fólico. Os cogumelos também são ricos em proteínas, além de substâncias antioxidantes, fundamentais para afastar doenças, como o câncer, e evitar o envelhecimento precoce, Quatro colheres (sopa) de shitake equivalem a um bife pequeno de carne vermelha.

Amendoim: Sua principal proteína, a arginina, ajuda no aumento do sistema imunológico e na saciedade, principalmente quando consumido no período da tarde. É rico em fósforo, potássio, sódio e magnésio, nutrientes que ajudam a reduzir a irritabilidade e melhoram o controle da pressão arterial.

Aveia: A aveia possui vitaminas do complexo B, fundamentais para manter a energia do corpo, vitamina E (ação antioxidante) e minerais como zinco, silício produção de colágeno na pele, selênio, ferro, fósforo e cobre. A principal fibra da aveia é a betaglucana, cuja ação é reduzir o colesterol ruim (LDL).

Filé de Frango: File de frango tem aminoácidos essenciais e apresenta digestão mais fácil que a carne bovina e tem uma quantidade de gorduras saturadas menor no corte do peito. Ele possui vitaminas do complexo B, como a niacina (B3) importante para o sistema nervoso e a circulação dos vasos sanguíneos e a vitamina B6, que auxilia na saúde do coração.

Soja: A soja possui grande quantidade de proteínas e, não contém gordura nem colesterol. Sabe-se que as fontes de proteína animal apresentam um alto valor biológico e são bem aproveitadas pelo organismo. A soja mesmo sendo de origem vegetal, também é considerada um alimento de alto valor biológico.

0/5 (0 Reviews)

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.