Dicas de Saúde

6 benefícios da acerola para aumentar imunidade!

Benefícios da acerola para aumentar imunidade em poucos dias, pois a acerola é mais conhecida por ser extremamente rica em vitamina C. Por esse motivo, costuma ser usada para ajudar ou prevenir resfriados ou gripes e aumentar imunidade. Além disso, ela também é usado como um nutriente antioxidante.

Semelhante à hamamélis, a acerola cereja é um adstringente. Isso pode ser útil no tratamento de manchas na pele, na promoção da elasticidade da pele e no auxílio a problemas digestivos. Pode até ser usado como um enxaguante bucal antimicrobiano.

acerola para aumentar imunidade
acerola para aumentar imunidade

Por que acerola ajuda aumentar imunidade:

A vitamina C é um nutriente necessário e uma vitamina solúvel em água e não é armazenada no corpo; portanto, é necessário tomar diariamente uma fonte de vitaminas solúveis em água. Juntamente com a vitamina A, pois é um antioxidante conhecido, ajudando a prevenir os danos dos radicais livres e certas doenças. Estudos recentes afirmam que os benefícios da acerola para aumentar imunidade incluem ser rica em antioxidantes.

A vitamina C também cria colágeno, protege as membranas mucosas e evita o escorbuto. A vitamina C é importante para manter o sistema imunológico funcionando e ajudar o corpo a combater infecções, vírus e até câncer. Embora sejam necessárias mais pesquisas, um estudo demonstrou que, em laboratório, as cerejas com alto teor de antioxidantes e vitamina C tinham a capacidade de ajudar o organismo a interromper o crescimento do câncer de cólon.

De todas as pesquisas sobre a acerola, os estudos que se concentram na vitamina C são os mais completos. Isso confirma seu lugar como um suplemento natural, que pode ser usado para apoio ao resfriado e à gripe.

Benefícios da acerola para aumentar imunidade:

1. Bom para diabéticos:

A presença de polifenóis na acerola é muito útil para os diabéticos, pois ajuda a controlar o nível de açúcar em nosso corpo. De acordo com os estudos, os polifenóis são uma presença antioxidante na acerola, ajudando a reduzir o fluxo de glicose na corrente sanguínea, controlando o nível de açúcar no sangue, que é a principal causa do diabetes.

Aqueles que sofrem de diabetes se consumirem esta fruta deliciosa regularmente também podem prevenir a diabetes. Observa-se que consumir acerola regularmente pode reduzir o colesterol LDL do nosso corpo e aumentar o nível de colesterol HDL, que é bom para o corpo.

2. Acerola impulsiona sistema imunológico:

Acerola é altamente rica em vitamina A e vitamina C, ambas as vitaminas ajudam a promover a produção de glóbulos brancos na corrente sanguínea, que também é chamada de leucócitos ou leucócitos. Os glóbulos brancos do nosso sistema imunológico ajudam a combater doenças diferentes e invasores estrangeiros, como bactérias e vírus.

Portanto, o consumo regular de acerola ajudará a produzir mais glóbulos brancos em nosso sistema imunológico e o sistema imunológico de nosso corpo terá mais força para lutar contra a infecção e invasores estrangeiros.

3. Cuidados com a pele:

Além disso, a vitamina C encontrada na acerola é muito boa para a saúde da pele. Além desta acerola, também possui algumas propriedades antioxidantes que também são muito boas para a nossa pele. O que ajuda a combater os radicais livres e a estabilizá-los, para que não causem danos oxidativos às células e tecidos.

Esse dano oxidativo é a principal causa de diferentes tipos de problemas de pele, como linhas finas, manchas escuras e rugas. No entanto, a presença de vitamina C na acerola ajuda na produção de elastina e colágeno, o que é muito útil para manter a elasticidade, brilho e tom da pele.

4. Bom para a saúde do coração:

O potássio atua como um vasodilatador, significa que ajuda a aumentar o fluxo sanguíneo, aliviando a tensão do nosso sistema cardiovascular, reduzindo assim a pressão sanguínea. A pressão sanguínea é a principal causa de vários tipos de doenças cardiovasculares.

Portanto, ao reduzir a pressão sanguínea, podemos prevenir doenças ateroscleróticas, além de prevenir ataques cardíacos, derrames cardíacos etc. Além disso, a acerola também possui propriedades antioxidantes que ajudam a reduzir a níveis de colesterol e reduzem o estresse oxidativo por causa dos radicais livres.

5. Melhora a digestão:

Devido ao alto teor de fibras encontrado na acerola, é muito útil para a saúde digestiva. A fibra adiciona volume ao nosso estômago e fornece passagem suave para os alimentos, para que eles viajem pelo trato gastrointestinal. Além disso, a fibra também garante a eliminação de resíduos do nosso corpo, evitando assim a constipação, diarreia, inchaço, úlceras gástricas e cólicas.

6. Melhora a saúde ocular:

Acerola é altamente rico em carotenoides, como beta-caroteno, beta-criptoxantina e luteína, o que é muito útil para a saúde dos olhos. Além disso, a nutrição encontrada na acerola está ajudando a melhorar a visão noturna; além disso, também ajuda em diferentes tipos de problemas oculares, como degeneração macular, glaucoma e catarata.

No entanto, estudos dizem que o carotenoide encontrado na acerola é muito bom para os olhos e, para manter a saúde ocular saudável na velhice, devemos consumir essa fruta deliciosa regularmente.

Efeitos colaterais do consumo exagerado:

Tal como acontece com um suplemento de vitamina C, se você tomar muito, pode experimentar distúrbios digestivos. Para evitar problemas ou desconforto, tome doses em miligramas de acerola, como faria com qualquer suplemento de vitamina C. Além disso, se houver instruções sobre a etiqueta do suplemento, siga-as.

Lembre-se de que os suplementos não são monitorados quanto à qualidade, pureza, embalagem ou dosagem. Sempre escolha suplementos de um fabricante respeitável.

Não tome grandes doses de qualquer produto de vitamina C e diminua gradualmente a quantidade se você já estiver tomando grandes doses. O escorbuto de rebote pode acontecer quando o corpo se acostuma a uma dose maior. Portanto, se você tomar demais, poderá experimentar:

  • diarreia;
  • cãibras digestivas;
  • tonturas ou desmaios;
  • aparência nivelada;
  • micção frequente;
  • dor de cabeça (incluindo enxaqueca);
  • náusea;
  • vômito.

Além disso, esses sintomas tendem a não precisar de atenção médica e são relativamente incomuns ou raros. Simplesmente abaixe sua dose e eles provavelmente desaparecerão. Entre em contato com seu médico se tiver alguma dúvida.

Gostou do post? Avalie!
[Total: 0 votos: ]

Graduada em jornalismo com especialização em Marketing social na UFMG Universidade Federal de Minas Gerais, escreve artigos com conteúdos sobre beleza, saúde e bem estar com noções de SEO e tem a dinâmica e versatilidade na elaboração de artigos.

Deixe um comentário

xpornplease pornjk porncuze porn800 porn600 tube300 tube100 watchfreepornsex