Graviola Emagrece ou Engorda? Como Consumir, Benefícios!

Revisado por

Bioquímica Farmacêutica pela USP

Especialista do Dicas de Saúde

Graviola Emagrece ou Engorda? Como Consumir, Benefícios!
4.8 (95.68%) 162 votos

Graviola Emagrece ou Engorda? Quais os benefícios da Graviola e como usar a Graviola para emagrecer? Além disso, a Graviola e muito consumida no mundo e há essa duvida se Graviola Emagrece ou Engorda? Veja essa analise agora! Originária das Antilhas, a planta da Graviola é encontrada em quase todas as florestas tropicais. Sua árvore de pequeno porte gera frutos de forma ovalada, com casca verde e que chegam a pesar entre 750 gramas a 8 kg.

Apesar de não ser muito comum no cardápio, ela é rica em benefícios. Que fazem milagres para a saúde e para a dieta. Se a Graviola emagrece ou engorda poucos sabem, mas é cada vez mais consumida pelos brasileiros. Isso se deve ao sabor agradável que ela possui. Além do mais, ela está presente na culinária brasileira na forma de sucos e sorvetes. Mas como ela trás inúmeros benefícios a saúde humana e, para poder utilizar ao máximo as propriedades ali presentes. A melhor opção é consumir essa fruta fresca.

Graviola Emagrece

Valor Nutricional da Graviola:

Composta por fibras, Potássio, proteínas, Cálcio, Ferro, magnésio, Vitamina A, vitamina B6 e vitamina C. A Graviola emagrece e é dona de um sabor agridoce e originária das Antilhas. A fruta também é fonte de antioxidante. O que a coloca como um alimento que contribui com o combate do envelhecimento precoce. Mas a dúvida continua, a Graviola emagrece ou engorda?

Graviola Para Tratamentos de Beleza:

A Graviola emagrece e pode fazer milagres também para a saúde da pele. Rica em vitamina C e com propriedades anti-inflamatórias, a fruta pode ser aliada no combate de acne. Na inibição de danos promovidos pelos radicais livres, ou seja, minimiza os sinais de envelhecimento, rugas e pigmentação. Ao compor cremes e loções, a Graviola ainda pode aliviar a coceira de pele ressecada e combater eczema e sintomas de psoríase.

Afinal, Graviola Emagrece ou Engorda?

E ai, a Graviola emagrece ou engorda? A Graviola emagrece sim. Cada 100 g da fruta possui 62 calorias, conforme informações da Tabela Brasileira de Composição de Alimentos. O valor não é alto e se supormos que a fruta entre no lugar de lanchinos mais calóricos como um bolo de chocolate que traz 411 calorias a cada 100 g. Ou salgadinho Fandangos de queijo que vem com 456 calorias a cada 100 g, teremos uma bela redução na taxa de consumo calórico, o que poderá ajudar bastante na redução do peso.

Mas não é só por isso, dizem que a Graviola emagrece. É fonte de fibras, um nutriente que promove a sensação de saciedade no organismo humano. E uma vez que a pessoa se encontra com o corpo satisfeito, fica bem mais fácil controlar o apetite e reduzir o tamanho das porções das refeições e a quantia de calorias consumidas, fatores importantes para o emagrecimento.5

Obviamente, simplesmente integrar a Graviola à alimentação não resultará magicamente na redução do peso. A fruta somente ajuda no processo, entretanto, o que irá garantir o emagrecimento é a mudança geral da dieta, que deve ser composta por refeições equilibradas e saudáveis, aliado à prática regular de exercícios físicos para aumentar o gasto calórico.

Formas de Consumo da Graviola Para Emagrecer:

Muitos pensam que a Graviola engorda, mas estão enganados. Também pode ser encontrada em forma de cápsulas ou ser transformada em sucos. Tanto para saber a quantidade de ingestão recomendada do chá quanto das cápsulas é ideal pedir a orientação de um médico.

Se consumida em moderação a Graviola engorda é um mito. É cada vez mais consumida pelos brasileiros devido ao sabor agradável que ela possui. Além do mais, ela está presente na culinária brasileira na forma de sucos e sorvetes. Mas como ela trás inúmeros benefícios a saúde humana e, para poder utilizar ao máximo as propriedades ali presentes. A melhor opção é consumir o seu chá.

Benefícios da Graviola Para Saúde:

  • A Graviola emagrece e pode ajudar a combater o envelhecimento precoce. Mas ela pode proporcionar muitos outros benefícios;
  • A fruta tem propriedades anti-inflamatórias, sendo capaz de reduzir inchaços, artrite e combater infecções urinárias;
  • Por possuir triptofano, a Graviola ajuda a combater a ansiedade e depressão;
  • A Graviola também ajuda a manter os ossos fortes, combate tosse, ajuda a manter a pressão arterial sob controle;
  • Previne o diabetes já que possui acetogeninas, substâncias capazes de regular a quantidade de açúcar presente no corpo;
  • Por ser rica em vitamina C, e por ter ação anti-inflamatória. Essa fruta pode te ajudar a ficar com a sua pele cada vez mais bonita;
  • A Graviola combate a acne, e ajuda a reduzir rugas e outros efeitos provocados pelos radicais livres.

Confira agora através do vídeo abaixo, outros benefícios da Graviola Para Saúde:

 Receita Suco de Graviola:

INGREDIENTES:

  • 1 Litro de água;
  • 1 Graviola sem casca;
  • Adoçante ou açúcar (opcional).

MODO DE PREPARO:

  • Leve todos os ingredientes (exceto o açúcar) até o liquidificador e espere até obter uma mistura homogênea;
  • Em seguida coe a bebida e adiciona o adoçante, açúcar ou gelo;
  • Você também pode acrescentar limão ou algum outro ingrediente que mantenha a receita saudável e que apenas aumente o seu sabor.

Considerações Finais:

A Graviola Emagrece ou Engorda dependendo do seu consumo. É realmente uma fruta muito rica em nutrientes, e é capaz de proporcionar muitos benefícios. No entanto, ela não é um alimento milagroso, assim, se você deseja emagrecer, não adianta comer quilos de Graviola.

Para emagrecer você deve manter uma alimentação balanceada, que seja adaptada as suas necessidades nutricionais. Além disso, precisa se exercitar de forma correta pelo menos 3 vezes por semana.

0/5 (0 Reviews)
Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Byanca Sttefany

Sou graduada em Ciências Farmacêuticas pela Universidade Federal do Piauí (UFPI), com pós graduação em Fármaco e Medicamentos pela Universidade de São Paulo (USP) mestrado também pela Universidade de São Paulo (USP) na área de Tecnologia Bioquímica Farmacêutica e Doutoranda pela Universidade de São Paulo (USP) na área de Farmácia Fisiopatologista e Toxicologia. Atualmente Trabalho na área de Análise Clínicas, e também atuo no Instituto de Pesquisa de Ciência, tecnologia e Qualidade (ICTQ) e exerço a função de Editor no site "Dicas de Saúde".

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *