Dieta de Bernstein: Funciona? Benefícios e Como Fazer!

Revisado por

Nutrição e Educação Física pela UFT

Especialista do Dicas de Saúde

Dieta de Bernstein: Funciona? Benefícios e Como Fazer!
4.8 (96.07%) 183 votos

Dieta de Bernstein: Funciona? Benefícios e Como Fazer para gerenciar melhor o diabetes e ainda perder peso. Além disso, a Dieta de Bernstein é uma dieta pobre em carboidratos e rica em gordura para pessoas com diabetes (diabéticos). Isso vai contra a dieta diabética convencional, rica em carboidratos e com baixo teor de gordura, recomendada por grande parte da comunidade médica. A dieta foi desenvolvida pelo endocrinologista e diabético Tipo I Richard K. Bernstein e publicado pela primeira vez em seu livro de 1997.

Bernstein foi diagnosticado com diabete em 1946 aos 12 anos. Ele foi colocado na dieta padrão de baixo teor de gordura e alto teor de carboidratos para pessoas com diabete. Ele permaneceu nessa dieta, embora sua condição tenha piorado e ele tenha desenvolvido muitas complicações da doença, até o ano de 1969. Durante esse período, ele sofreu ataques freqüentes de hipoglicemia (excesso de açúcar no sangue), além de fadiga e dores de cabeça, que segundo ele foram causados.

Dieta de BernsteinBernstein possui três regras básicas para diabéticos quando desenvolvem planos de refeições que normalmente normalizam os níveis de açúcar no sangue. Estas são: Eliminar todos os alimentos da dieta que contenham açúcares simples, que são carboidratos de fácil absorção. Esses alimentos incluem o açúcar de mesa, a maioria dos alimentos ricos em amido, como massas e pães, batatas e grãos.

Limite a ingestão total de carboidratos para uma quantidade que funcione com insulina, seja injetada ou produzida naturalmente pelo organismo. Isso ajudará na prevenção de um aumento de açúcar no sangue pós-refeição e evitará quaisquer células beta produtoras de insulina do pâncreas.

Pare de comer quando não estiver mais com sensação de fome. Dr Bernstein diz que as pessoas não devem deixar a mesa enquanto ainda estão com fome, porém, também não devem esperar até que se sintam satisfeitas para deixar de comer.

Benefícios da Dieta de Bernstein:

Dr. Bernstein Diet oferece vários benefícios exclusivos sobre outros programas de perda de peso. Primeiro de tudo, o programa de perda de peso é dito ser totalmente natural. Não há pílulas de dieta ou suplementos desnecessários envolvidos.

A dieta não está apenas oferecendo uma solução para perda de peso; está oferecendo uma mudança de estilo de vida completa para a vida. Seu plano é baseado na redução de carboidratos, aumentando a ingestão de minerais e vitaminas para que a saúde do paciente receba um aumento.

Alimentos Permitidos na Dieta de Bernstein:

Alimentos Proteicos:

Como a Dieta de Bernstein é um plano de perda de peso com baixo teor de carboidratos, você precisa substituir alguns dos carboidratos que normalmente comeria com outros alimentos, geralmente alimentos proteicos. As carnes magras fazem parte do programa e incluem opções como carne de vitela, frango e bife.

Benefícios da Dieta de Bernstein

Certos tipos de frutos do mar, como atum, peixe branco e camarão, também são permitidos na Dieta de Bernstein. Pequenas porções de alimentos lácteos com baixo teor de gordura, bem como nozes, são permitidas no programa de dieta também.

Frutas e Vegetais:

O Dr. Bernstein incentiva os participantes a comerem muitas frutas e vegetais frescos. Pimentões, frutas cítricas, maçãs, tomates, alface, aipo e broto de feijão estão entre as suas opções quando se trata de produtos frescos.

Enquanto a dieta é um plano de perda de peso com baixo teor de carboidratos, Dr. Bernstein enfatiza a importância dos alimentos ricos em nutrientes, e frutas e legumes certamente se enquadram nessa categoria.

Alimentos Adicionais:

Comer uma dieta com baixo teor de gordura e baixo teor de carboidratos pode ser chata e sem graça. A Dieta de Bernstein permite ervas e especiarias, como folhas de louro e sementes de alcaravia, para realçar o sabor dos seus alimentos. A maioria das ervas secas, como manjericão, tomilho e alecrim, também são permitidas na Dieta de Bernstein.

As bebidas aprovadas incluem club soda, café descafeinado e chá de ervas. Alternativas de açúcar também são permitidas na dieta. Se você quiser um tratamento aprovado pela Bernstein Diet, lanches leves de gelatina são permitidos.

Pães e Grãos:

Sua ingestão de certos grãos será restrita na Dieta de Bernstein por causa de sua natureza pobre em carboidratos. O plano de dieta requer que você limite estritamente a ingestão de carboidratos refinados, como pão branco e macarrão branco. Isso também inclui alimentos açucarados, como bolo, rosquinhas e certos cereais matinais.

Você pode comer pequenas porções de grãos integrais ocasionalmente, mas na maior parte do tempo, o programa recomenda alternativas de pão, como biscoitos integrais. Pudins sem açúcar podem ser feitos com alternativas de laticínios de baixo carboidrato e podem contar como seis gramas de carboidratos como parte de seu plano de refeições.

Alimentos Proibidos na Dieta de Bernstein:

A posição oficial da American Diabetes Association (ADA) é que os diabéticos precisam comer carboidratos – tudo depende de quais carboidratos são escolhidos e da quantidade que você consome. A Dieta de Bernstein toma a posição exatamente oposta, recomendando cerca de quatro vezes menos carboidratos (30g) do que a ADA (130g) por dia.

De fato, a Dieta de Bernstein requer evitar todos os grãos e alimentos feitos com farinhas ou grãos, incluindo todos os pães (mesmo grãos integrais, pães escuros), cereais e arroz. Todos os vegetais ricos em amido (batata, cenoura, feijão e milho) também são proibidos. De acordo com Bernstein, esses alimentos são tão ruins quanto comer uma colher de chá de açúcar, então eles devem ser evitados completamente para ver os resultados e controlar os níveis de glicose.

Como Fazer a Dieta de Bernstein?

Bem, para fazer esse tipo de dieta você precisa primeiro conscientizar seu médico para que ele análise seu estado de saúde. Pois, a Dieta de Bernstein é uma dieta baixa em carboidratos e muitos médicos não recomendam dietas com baixo índice de carboidratos.

Como você viu acima existem certos tipos de alimentos que você pode e não pode incluir na Dieta de Bernstein. Para começar a fazer a dieta, tenha primeiro a permissão de um profissional de saúde, pois ele irá fazer um cardápio dos alimentos que você pode incluir diariamente ou semanalmente.

Como Fazer a Dieta de Bernstein

Nós não recomendamos seguir uma dieta já feita por que não sabemos como está seu nível de açúcar sanguíneo. Por isso, se deseja fazer a Dieta de Bernstein avise ao seu médico para que ele possa lhe orientar de uma maneira mais eficiente.

Exercício na Dieta de Bernstein?

A Dieta de Bernstein não possui uma rotina ou programa de exercícios estabelecido. Embora alguns clientes recebam esquemas de exercícios supervisionados, muitos de seus clientes são obesos demais para se exercitarem. Em geral, esta dieta acredita que o exercício não é necessário para perder peso, mas, em vez disso, concentra-se na restrição calórica.

Riscos Sobre a Dieta de Bernstein:

Não há riscos gerais à saúde associados à Dieta de Bernstein. Críticos da dieta dizem que ela contém muita gordura, não é nutricionalmente equilibrada e não é uma solução a longo prazo para perder peso e mantê-la afastada. Eles também dizem que é difícil para muitas pessoas manter uma dieta baixa em carboidratos a longo prazo.

Além disso, pessoas com diabetes tipo 1 que tomam insulina têm alto risco de hipoglicemia (níveis anormalmente baixos de açúcar no sangue) e cetoacidose (níveis perigosamente elevados de açúcar no sangue) se removerem muito carboidrato das refeições.

0/5 (0 Reviews)
Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Alan Costa

Sou nutricionista e Personal Trainer. Me formei pela Universidade Federal do Tocantins em 2002, com registro profissional no CRN-4 nº 1509723, tenho especialização em Nutrição Esportiva, Treinamento Físico e treinos Curto de alta intensidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *