Chá

Chá de Espinheira Santa: Para que Serve, Benefícios e Como Fazer!

Chá de Espinheira Santa: Para que Serve, Benefícios e Como Fazer!

Revisado por

Enfermeira

Especialista do Dicas de Saúde

Chá de Espinheira Santa: Para que Serve, Benefícios e Como Fazer de forma correta. Além disso, o Chá de Espinheira Santa vem das folhas dessa erva que seu nome científico é Maytenus ilicifolia, também conhecido como cancrosa, chuchuwasi ou maiteno. É um arbusto nativo do nordeste da Argentina e uma grande parte do Paraguai, a região sul do Brasil e do Uruguai.

É uma planta perene que atinge uma altura de cinco metros, com galhos finos, tronco reto e largo. Possui folhas simples e alternadas, com formato elíptico de até 7 cm de diâmetro. As flores são pequenas, as masculinas são amareladas e as fêmeas são verdes com linhas púrpuras. A fruta é uma cápsula amarela com uma ou duas sementes cobertas por uma membrada vermelha.

Chá de Espinheira Santa

Origem:

A Espinheira Santa é nativa da América do Sul. O nome científico da Espinheira Santa é Maytenus ilicifolia, e pertence à família de plantas medicinais Celasteraceae. A Espinheira Santa é um arbusto perene ou clima subtropical ameno, típico de colinas e montanhas, de 1 a 5 m.

Na natureza, a erva da Espinheira Santa cresce principalmente em locais de semi-sombra, fértil, profunda, um tanto argilosa e bem drenada. As folhas da Espinheira Santa são simples e alternadas, pecíolos curtas, com borda de dentes espinhosos, elípticas ou oblongas de 4 a 7 cm. E entre 1 e 3 cm. larga, a cor é verde brilhante e opaca pelo raio na parte inferior.

As flores desta planta medicinal são amareladas, pequenas e também podem crescer sozinhas ou em buquês. O fruto da Espinheira Santa, é uma cápsula que contém de 1 a 4 sementes e, claro, abre no outono.

Propriedades:

Vamos agora entrar em detalhes sobre os usos medicinais do Chá de Espinheira Santa e como você pode usá-lo para alguns problemas de saúde. Em primeiro lugar, deve destacar entre as suas propriedades os seguintes componentes: maitansinóides, tem cangoaronina, Celastrol, dispermol, friedlano, friedelina, ilicolina, campferol, maitenina, ácido maytenoico, quercetina, taninos, sódio, ferro, potássio, magnésio, enxofre, cálcio, mucilagens, proantocianinas, ácido salico e tingenol. Também contém vitaminas A e B.

Para que Serve:

O Chá de Espinheira Santa pode ser usado para curar a inflamação da bexiga, febres intestinais e também para combater infecções estomacais, é muito bom em seu uso externo para lavar feridas, cortes, e se surto de crescimento nos tendões é usado como compressa quente para acalmar a dor. Também é recomendado para a infecção de molares e para reduzir a inflamação das gengivas.

Chá de Espinheira Santa Para que Serve

Benefícios:

Benefícios do Chá de  Espinheira Santa Para Aliviar a Asma:

O Chá de Espinheira Santa tem a capacidade de tratar problemas brônquicos, bronquite e asma. Também é usado para tratar cãibras.

Chá de Espinheira Santa Funciona Como Anticanceroso:

Desde o ano de 1970 o Chá de Espinheira Santa tem sido estudado para tratar problemas de câncer e como um bálsamo anti-tumoral.

Funciona Como Antiácido Natural:

Uma das principais propriedades do Chá de Espinheira Santa é agir como um poderoso antiácido. Seu extrato neutraliza os ácidos gástricos. É também usado como um antiespasmódico, isto é, para controlar as contrações do estômago. Para aproveitar essas propriedades, são recomendadas infusões das folhas para serem usadas.

O consumo desta infusão ajuda a regular a produção de ácido clorídrico pelo estômago. Isto faz com que seja uma bebida muito útil para o tratamento de úlceras de origem nervosa, mas também cura úlceras estomacais.

Chá de Espinheira Santa Benefícios

Benefícios do Chá de Espinheira Santa Para o Sistema Digestivo:

É, juntamente com suas propriedades na fertilidade, um dos benefícios mais reconhecidos. É usado para combater gastrites, dispepsia e úlceras gastroduodenais. Seu uso é recomendado em casos de alcoolismo, tomando um litro por dia durante um mês para limpar o corpo e aliviar os efeitos colaterais.

Pode Ser Usada Com Erva-mate:

Em alguns casos, esta planta é adicionada às preparações de erva-mate para desfrutar de suas propriedades medicinais ao consumir esta bebida tradicional. Ao consumi-lo com a erva-mate, você pode controlar a pressão alta, dor nas articulações, para facilitar a salivação e evitar tumores.

O Chá de Espinheira Santa Promove a Cicatrização:

O Chá de Espinheira Santa é utilizado externamente para estimular a cicatrização e como bactericida, principalmente nos casos de acne e eczema.

Funciona Como Sedativo e Analgésico:

O uso do Chá de Espinheira Santa funciona como um ótimo tranquilizante com uma eficiência muito semelhante à da morfina. Alivia a dor de úlceras e gengivas gástricas ou da garganta. Para esses casos, você pode enxaguar a boca.

Chá de Espinheira Santa Controla o Colesterol:

O Chá de Espinheira Santa age como um produto para limpar o sangue. É um depurativo natural que serve para limpar o sangue de vários resíduos, entre eles o colesterol. É recomendado para pessoas que pararam deixaram o álcool e o tabaco.

Para aproveitar esses benefícios, recomenda-se consumir a infusão das folhas.

Algumas Curiosidades:

Vamos passar por algumas curiosidades sobre esta planta medicinal que provavelmente lhe dará mais informações de interesse:

  • Em 1922, o professor A. Franca, da Faculdade de Medicina do Paraná, descobriu suas propriedades anti-ulcerogênicas.
  • Uma curiosidade, os índios guaranis, usavam este chá como contraceptivo e regulador da fertilidade, também para induzir a menstruação ou abortos.
  • Outra curiosidade é que suas folhas e segmentos são utilizados para substituir a erva-mate, devido à sua similaridade. Aqueles que trabalham como operários na província de Misiones, na Argentina, brindam suas folhas e pisam-nas para curar as feridas produzidas pelo seu trabalho.
  • É usada para produzir carvão.
  • Tem um grande valor ornamental, serve como uma cerca viva e suas folhas servem como arranjos de Natal.

Receitas:

Chá de Espinheira Santa Como Fazer

Receita de Chá de Espinheira Santa com Lavanda:

INGREDIENTES:

  • 1 punhado de espinheira santa;
  • 1 punhado de erva cidreira;
  • 1 punhado de hortelã;
  • 10 folhas de lavanda com as flores;
  • 1 litro de água;
  • 2 rodelas de limão.

MODO DE PREPARO

  • Ferva a água acrescente as ervas, desligue e deixe em infusão por alguns minutos.
  • Coe e sirva quente com as rodelas de limão.

Como Usar o Chá de Espinheira Santa em Compressas?

  • As compressas são recomendadas para aplicações em que respostas rápidas são desejadas.
  • Você deve usar 10 folhas de espinheira santa em ½ litro de água, deixe ferver por 3 minutos e retire do fogo.
  • Deixe esfriar naturalmente e depois use.

Espinheira Santa

Receita de Chá de Espinheira Santa com Alecrim e Hortelã:

INGREDIENTES:

  • 2 colheres de sopa de folhas secas de espinheira santa;
  • 1 litro de água;
  • 1 colher de chá de alecrim;
  • 1 colher de chá de hortelã.

MODO DE PREPARO

  • Ferva a água, adicione as ervas e abafe por 20 minutos.
  • Sirva morno antes das refeições ou antes de dormir.

Chá de Espinheira Santa Para Uso Externo:

  • Se você quiser usar esta erva, você deve aquecer 50 g em um litro de água, deixando ferver por 5 minutos. Com este líquido você deve lavar feridas e úlceras.

Chá de Espinheira Santa:

INGREDIENTES:

  • 3 colheres (sopa) de espinheira santa;
  • 500 ml de água.

MODO DE PREPARO

  • Ferva a erva com a água em uma panela por alguns minutos.
  • Desligue, abafe e deixe descansar.
  • Sirva morno.
  • Se precisar adoce com mel para disfarçar o sabor.

Benefícios do Chá de Espinheira Santa

Efeitos Colaterais:

  • Seu uso não é recomendado para crianças, mulheres grávidas ou lactantes.
  • O consumo desta planta pode causar contrações uterinas causando abortos.
  • Nas mães que amamentam, pode causar a redução da produção de leite materno.
  • Se você pretende engravidar, deve consumi-lo, pois reduz a fertilidade das mulheres.
  • Também é necessário consultar o médico antes de qualquer dúvida ou limitação física.
Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.