Os 4 Piores Efeitos Colaterais da Menta

Revisado por

Nutrição - CRN6-MA 16199

Os 4 Piores Efeitos Colaterais da Menta
4.8 (95.93%) 280 votos

Os 4 Piores Efeitos Colaterais da Menta não são amplamente conhecidos, porém você com certeza deverá conhece-los. Além disso, a Menta é famosa pelos seus benefícios, mais você deverá conhecer seus efeitos colaterais, pois o que pode ser benéfico para alguns pode ser maléfico para outros.

A hortelã é uma erva amplamente utilizada e tem benefícios para saúde variados quando consumidos por meio de chá ou aromaterapia. O óleo de hortelã-pimenta tem um efeito calmante, combinado com seus potentes poderes antibacterianos e antivirais, tornando-o útil no tratamento de uma variedade de problemas de saúde. Tem muitos benefícios no tratamento de indigestão, dores de cabeça e síndrome do intestino irritável, além de tratar outras condições, incluindo mau hálito, congestionamento e náuseas.Efeitos Colaterais da Menta

Piores Efeitos Colaterais da Menta: Mas o uso excessivo de chá de hortelã-pimenta, óleo de hortelã-pimenta ou a erva podem causar alguns efeitos colaterais. Portanto, verifique se não há esses sintomas antes de usar a hortelã-pimenta como remédio herbal. Então confira agora Os 4 Piores Efeitos Colaterais da Menta:

  • Beber o chá de hortelã em excesso pode causar irritação da pele, rubor (vermelhidão da pele), dor de cabeça, mucosas irritadas e azia.
  • Mentol, um dos produtos químicos ativos no chá de hortelã-pimenta, pode causar fechamento da garganta em crianças pequenas e adultos.
  • Aplicar o óleo de hortelã-pimenta no rosto de uma criança pode levar a problemas respiratórios graves.
  • Alguns indivíduos que tomam cápsulas de hortelã podem experimentar reações alérgicas como fechamento da garganta, irritações na pele como inflamação, urticária ou erupção cutânea ou problemas respiratórios.

Quem não deve Consumir a Menta:

  • Os produtos alimentares que contêm minta não devem ser consumidos por asmáticos, pois agravam problemas respiratórios.
  • As mulheres que estão grávidas ou que amamentam um bebê devem evitar rigorosamente o consumo de chá de Menta.
  • Diminuir o chá de Menta durante a gravidez pode levar a um aborto espontâneo, pois pode estimular o fluxo sanguíneo uterino.
  • O óleo de hortelã-hortelã não deve ser usado em pacientes com refluxo gástrico ou úlceras estomacais ativas.
  • Óleo mineral pode influenciar o metabolismo de certos medicamentos (incluindo felodipina e simvastatina) e aumenta as reações adversas.
  • Se você tiver um bloqueio da vesícula biliar ou dutos biliares, inflamação da vesícula biliar, cálculos biliares ou danos ao fígado, consulte um médico antes de tomar Menta ou seus suplementos.
  • Pessoas com diabetes devem evitar o consumo de chá de hortelã, pois pode baixar os níveis de açúcar no sangue.
  • Caso tenha pressão arterial elevada e consuma medicamentos, o chá de hortelã pode diminuir o aumento dos efeitos de remédios à base de plantas ou medicamentos prescritos para baixar a pressão arterial.
  • Os indivíduos que sofrem de condição de achloridria devem evitar o uso do revestimento entérico da hortelã. O revestimento entérico da hortelã-pimenta pode dissolver-se no início do sistema digestivo.
0/5 (0 Reviews)

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Ana Karolynne Goncalve

Sou graduada no curso de Nutrição pela Universidade Federal do Maranhão(UFMA), CRN6-MA 16199, com Mestrado na área da Nutrição Clínica com relação ao metabolismo, prática e terapia nutricional, realizado também na Universidade Federal do Maranhão(UFMA), Atualmente trabalho no campo de pesquisa sobre a Qualidade e Inovação em Alimentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *