Os 2 Elementos Essenciais Para o Corpo Humano

Revisado por

Graduado em Ciências da Nutrição!

Especialista do Dicas de Saúde

Os 2 Elementos Essenciais Para o Corpo Humano
4.8 (95.94%) 133 votos

Os 2 Elementos Essenciais Para o Corpo Humano, os carboidratos e as proteínas são dois elementos básicos que devem ser consumidos diariamente em todas as refeições, principalmente por quem deseja investir em uma alimentação equilibrada. Os carboidratos, por exemplo, são fontes imediatas de energia para o cérebro e o sangue. Já as proteínas são essenciais para os músculos e a defesa do organismo. Por isso, uma dieta que restringe um deles ou que traz um consumo em excesso pode resultar em problemas à saúde, já que, para o bom funcionamento do corpo, é necessária a ingestão de todos os grupos alimentares e nutrientes.

Elementos Para o Corpo HumanoProteínas: As proteínas são macromoléculas fundamentais para todos os tecidos, nervos, músculos, órgãos, pele, cabelos, unhas, anticorpos e até para alguns hormônios do corpo como a insulina do pâncreas, que regulariza a glicose do sangue, e a toxina da tireoide, que controla o metabolismo.

Há dois tipos de Proteína: A de origem animal, encontrada nas carnes de mamíferos, aves, pescados, e a vegetal, presente em leguminosas secas como feijões, ervilha, grão-de-bico, além de cereais integrais.

O ideal é que ela seja consumida em todas as refeições, pois ajuda a controlar os níveis de glicose (açúcar do sangue). Além disso, As proteínas devem significar por volta de 15% das calorias diárias. De acordo com a Associação Dietética Americana e a Organização Mundial da Saúde (OMS), esse consumo deve girar em torno de 50 a 70 gramas por dia para as mulheres e de 75 a 100 gramas para os homens.

Carboidratos: Já os carboidratos são essenciais para a sobrevivência, pois é através da energia fornecida por eles que o organismo desempenha suas funções vitais. Além disso, Sem contar que são primordiais para o funcionamento do sistema nervoso central e importantes na função intestinal.

Eles podem ser classificados como simples e complexos. Os simples aparecem nos doces e nas massas, e são rapidamente digeridos. Já os complexos são geralmente associados a fibras, por isso têm digestão mais lenta.

A quantidade recomendada é de 50% a 60% da ingestão total de calorias. Por isso, dietas que restringem o carboidrato podem ser prejudiciais. Além disso, A eliminação completa de carboidratos ou um consumo muito limitado leva à cetose, uma condição metabólica que pode provocar tontura, náuseas, dor de cabeça, halitose, dores no corpo, dificuldade de concentração e fraqueza. Além disso, a ingestão reduzida de fibras alimentares pode causar prisão de ventre.

0/5 (0 Reviews)
Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Rafael Cardoso

Com mais de 5 anos de experiência, Rafael Almeida é Graduado em Ciências da Nutrição pela Universidade Ceuma desde 2012. Atua em Atendimento Clínico-Nutricional, com foco no bem estar e qualidade de vida do paciente, através da reeducação alimentar e acompanhamento nutricional, com planos alimentares personalizados, de acordo com o objetivo e avaliação clínica individual, comprometido com o sucesso do tratamento de seus pacientes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *