Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Dicas de Saúde Dicas Variadas Doenças

Como Tratar a Dor de Garganta Naturalmente

Como Tratar a Dor de Garganta Naturalmente? E simples, pois com a ajuda de alguns ingredientes que possuem muitos nutrientes que além de serem benéfico par ao corpo, ainda podem Tratar a Dor de Garganta Naturalmente. Além disso, basta chegar o inverno para as doenças típicas da estação começarem a aparecer: gripe, faringite, laringite e até mesmo resfriado são problemas que têm um sintoma comum e muito incômodo – a Dor de Garganta.

Seja uma Dor aguda ou a Garganta“arranhando”, essas sensações indicam que há algo de errado e tem uma doença se instalando. Por ser um sintoma comum e bastante dolorido, a Dor de Garganta tem alguns velhos companheiros, conhecidos por sua efetividade no tratamento e cura das doenças . Entretanto, esses truques dão apenas um alívio para a Garganta, sem influenciar no tratamento da inflamação ou outra condição existente.

A Dor de Garganta é uma das dores mais incômodas e chatas pois é num local que não conseguimos ignorar e que interfere na fala, paladar até mesmo no olfato. Na maioria das vezes pode ser causada por doenças de origem viral, inflamações que precisam ser combatidas com o uso de antibióticos.

Causas Comuns de Dor de Garganta: Algumas causas de Dor de Garganta mais frequentes são alergias, gripe, faringite, estomatite, uso excessivo de cigarro, refluxo ou amigdalite. Porém, em alguns casos, também pode ser sinal de câncer da laringe ou da Garganta. Outras causas comuns são:

  • Dor de Garganta constante ou persistente, que dura mais de 4 dias, é, normalmente, causada por uma infecção, como amigdalite, devendo ser avaliada por um clínico geral, de forma a iniciar a ingestão de antibióticos, como Amoxicilina ou Penicilina.
  • Dor de Garganta e ouvido pode ser indicação de inflamação do ouvido médio e, por isso, é recomendado consultar um otorrinolaringologista para avaliar a sua causa, uma vez que pode ser necessário tomar remédios anti-inflamatórios, como o Diclofenaco.
  • Dor de Garganta ao falar pode estar relacionada com faringite ou laringite e deve ser observada por um otorrinolaringologista, de forma a iniciar o tratamento adequado com antibióticos ou anti-inflamatórios.
  • Dor de Garganta frequente é um importante sintoma de sistema imunológico enfraquecido e, por isso, o paciente deve consultar o clínico geral e aumentar a ingestão de alimentos com vitamina C, como laranja ou kiwi, que ajudam a aumentar as defesas do organismo

Sintomas da Faringite e Amigdalite: Geralmente a amigdalites e a faringite podem ser percebidos de forma fácil  e os principais sintomas são:

  • Dor de Garganta.
  • Dor para engolir.
  • Febre.
  • Dores pelo corpo.
  • Dor de cabeça.
  • Prostração.

Todos os sintomas citados acima são comuns tanto em infecções virais quanto bacterianas. São necessários, portanto, outros elementos para distinguir uma da outra.

Sintomas da Faringite Viral: Normalmente, as faringites virais vêm acompanhadas de outros sinais de infecção das vias respiratórias, como tosse, espirros, constipação nasal, conjuntivite, rouquidão, inapetência ou dores pelo corpo. Não comum uma faringite viral atacar somente a Garganta. O paciente habitualmente tem um quadro que sugere uma gripe ou resfriado. Outra dica é que na faringite viral, apesar da Garganta ficar muito inflamada, não é comum haver pus.

Alguns pacientes com alergia podem acabar tendo um quadro parecido com faringite viral, com rinossinusite, espirros, dor de cabeça e mal estar geral. A Garganta pode ficar inflamada, mas o paciente não tem febre nestes casos.

Sintomas da Faringite Bacteriana: Já as amigdalites causadas por bactérias, além de não apresentarem os sintomas virais, típicos, como espirros e congestão nasal, costumam causar pontos de pus nas amígdalas e aumento dos linfonodos (gânglios) do pescoço. A faringite bacteriana também pode causar edema da úvula e pontos hemorrágicos no palato (vários pontos vermelhos, chamados petéquias, no céu da boca). A febre da infecção bacteriana costuma ser mais alta que na viral, mas isso não é uma regra, já que há casos de gripe com febre bem alta.

A presença de pus e gânglios aumentados na região do pescoço fala fortemente a favor de uma faringite bacteriana. Entretanto, algumas infecções virais, como a mononucleose infecciosa também podem cursar com estes achados. A mononucleose é causada pelo vírus Epstein-Barr e costuma se apresenta com febre, amigdalite purulenta e aumento de linfonodos na região posterior do pescoço (ao contrário da amigdalite bacteriana que apresenta aumento dos linfonodos da região anterior do pescoço).

Sintomas da Garganta Inflamada: A Dor de Garganta é uma reação comum, mas nem sempre quer dizer uma infecção ou inflamação. É comum que a Garganta dolorida aconteça em crianças devido a fragilidade do sistema imunológico, principalmente aquelas que não foram amamentadas por pouco tempo com leite materno. Para reconhecer uma Garganta inflamada alguns sinais podem ajudar no diagnóstico, confira todos os sintomas:

  • Garganta seca;
  • Dificuldades para engolir;
  • Glândulas inchadas no pescoço e mandíbula;
  • Dores na mandíbula;
  • Dor de Garganta;
  • Sensação de Garganta arranhada;
  • Manchas brancas;
  • Presença de pus nas amígdalas;
  • Sensação de calor na Garganta;
  • Voz rouca e abafada.

Em crianças a recusa de comida também é um sinal a ser levado em consideração, pois isso significa que está sentindo dores ao se alimentar. Quando a Garganta inflamada se manifesta por mais de três dias isso pode se tornar um problema, pois a alimentação adequada também faz parte do tratamento, associando alimentos anti-inflamatórios e muito líquido.

Como Tratar a Dor de Garganta Naturalmente: Um ótimo remédio caseiro para Dor de Garganta é beber o chá de gengibre ou o suco de toranja pois, além de possuírem ótimas propriedades analgésicas, ajudam a reduzir a inflamação da Garganta, proporcionando um alívio rápido da dor. Mas existem outras opções caseiras que também são úteis.

Caso a Dor de Garganta não passe com estes remédios caseiros, é recomendado consultar um médico para observar a Garganta e indicar o tratamento adequado que pode ser feito com remédios anti-inflamatórios e analgésicos, como o Ibuprofeno, por exemplo, ou com antibióticos, como a Amoxicilina, caso a Garganta esteja infeccionada.

Chá de Eucalipto Para Dor de Garganta: O chá de eucalipto ajuda a limpar a Garganta aliviando a dor e o desconforto.

Ingredientes:

  • 10 folhas de eucalipto
  • 1 litro de água

Modo de Preparo:

  • Ferva a água e depois adicione as folhas do eucalipto.
  • Deixe esfriar um pouco
  • Inale o vapor que sai deste chá no mínimo 2 vezes ao dia com duração de 15 minutos.

Chá de Gengibre Para Dor de Garganta: Um outro bom remédio caseiro para Dor de Garganta com gengibre é tomar o chá de gengibre ou usar um spray de gengibre que se vende nas farmácias porque ele é um ótimo bactericida que também pode ser usado em caso de Garganta inflamada.

Ingredientes

Modo de Preparo:

  • Colocar os ingredientes numa panela e deixar ferver por alguns minutos.
  • Deixar repousar por 10 minutos, devidamente tapado, coar e beber a seguir.
  • Tomar este chá 3 vezes ao dia.

Chá de Hortelã com Mel Para Dor de Garganta: O chá de hortelã com mel limpa e purifica a Garganta combatendo o desconforto e o mal-estar.

Ingredientes:

Modo de Preparo:

  • Adicionar as folhas de 1 talo de hortelã em 300 ml de água e deixar ferver e depois adicionar 1 colher de mel.
  • Coar e tomar quando estiver morno.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.