As 6 Maneiras de Evitar Hérnia do Disco Espinhal

Revisado por

Dermatologia graduada pela Unicamp

Especialista do Dicas de Saúde

As 6 Maneiras de Evitar Hérnia do Disco Espinhal
4.8 (95.97%) 124 votos

As Maneiras de Evitar Hérnia do Disco Espinhal de forma simples e natural. Além disso, se de repente sentir dor intensa na parte inferior das costas e essa dor se expande para o quadril, através da perna até os dedos – você é afetado pela herniação do disco espinhal, também conhecido como disco escorregadio. Existem seis maneiras de evitar essa doença que ocorre em pessoas de meia-idade. Esta doença também pode ocorrer em jovens também.

Maneiras de Evitar Hérnia do Disco EspinhalA maioria dos autores favorecem a degeneração do disco intervertebral como a principal causa da hérnia do disco espinhal e cita o trauma como causa baixa. Então, confira As 6 Maneiras de Evitar Hérnia do Disco Espinhal.

Evite o Exercício Exausto: Uma das Maneiras de Evitar Hérnia do Disco Espinhal é evitar o exercício exausto. Além disso, o aumento da atividade física é recomendado para a prevenção de muitas doenças. Os atletas e as pessoas que se exercitam consideram seu estilo de vida saudável. Para ter um estilo de vida saudável real, você deve evitar o exercício intenso.

Exercícios de exaustão resultam com microtrauma e grande esforço para a coluna vertebral, o que acelera as alterações degenerativas. As alterações degenerativas nos discos intervertebrais e outras estruturas da coluna conduzem à hérnia do disco espinhal. Exercitar depois de uma maior pausa é o mais perigoso.

Fortalecer os Músculos das Costas: Uma das Maneiras de Evitar Hérnia do Disco Espinhal fortalecer os músculos das costas. Este conselho não é incompatível com o primeiro. A atividade física moderada que ativa os músculos das costas torna-os mais fortes. Músculos fortes destroem as vértebras e a cartilagem que se encontra entre eles. Músculos fortes desaceleram os processos degenerativos, reduzem o risco de lesões, evitando assim a hérnia do disco espinhal. Alguns exercícios simples, fitness e yoga podem ser úteis.

Evite Trabalho Duro: Evitar trabalho duro é uma boa Maneiras de Evitar Hérnia do Disco Espinhal. Além disso, não levante objetos pesados ​​enquanto seu corpo estiver dobrado. Nessa posição, sua coluna vertebral está mais sobrecarregada da hérnia do disco espinhal. Sua espinha é principalmente afetada pelas obras que requerem sentar, flexionar e torcer seu corpo, levantar objetos pesados ​​e choques e exposição às vibrações.

A pessoa que se sente muito em seu trabalho geralmente não está ciente de que isso não é bom para a coluna vertebral e não tem o hábito de fazer uma pausa e se esticar ou caminhar.

Maneiras de Evitar Hérnia do Disco

Parar de Fumar: Uma das principais Maneiras de Evitar Hérnia do Disco Espinhal é para de fumar. Pois, as substâncias tóxicas na fumaça do cigarro reduzem a capacidade do disco intervertebral para absorver nutrientes. Por isso envelhece mais rapidamente e torna-se vulnerável devido a lesões. A nicotina aumenta a sensibilidade à dor.

Manter o Peso Corporal Normal: O excesso de peso corporal encarrega a coluna vertebral. A acumulação de gordura no abdômen é especialmente arriscada porque altera a estática na coluna lombar. O estômago gordo leva a distorção da espinha dorsal, o que aumenta o risco de hérnia de disco espinhal.

Comer Saudável: Comer saudável é uma das Maneiras de Evitar Hérnia do Disco Espinhal. Você precisa consumir mais Cálcio e Vitamina D. Isso permitirá que você evite a osteoporose que contribua para a herniação do disco espinhal. Inclua peixes marinhos gordurosos (três vezes por semana) em sua dieta, produtos lácteos com baixo teor de gordura, legumes, soja, avelãs, AmendoimEspinafre  e grãos integrais. Evite álcool, café e sal porque enfraquecem os ossos.

0/5 (0 Reviews)

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Wanessa Matos

Drª. Wanessa Matos Dermatologista formou-se em Medicina na Unicamp e na mesma instituição realizou sua residência em Dermatologia, obtendo o título de especialista. Atua nas áreas de dermatologia clínica, cirúrgica e estética. Além disso, é sócio titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia, com registro no Conselho Regional de Medicina e Associação Médica Brasileira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *