Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Dicas de Saúde Sintomas

Aborto Espontâneo – O que é, Sintomas e Tratamentos

Aborto Espontâneo – O que é, Sintomas e Tratamentos que não devemos ignorar. Além disso, o Aborto Espontâneo é a perda não planejada do feto durante as primeiras 20 semanas de gravidez. Os sintomas do Aborto Espontâneo incluem sangramento vaginal e dor abdominal e cólicas. O tratamento, se necessário, envolve cirurgia ou terapia medicamentosa. O Aborto Espontâneo é referido clinicamente como Aborto Espontâneo, que é um termo que se refere a eventos que ocorrem naturalmente e não a um aborto médico ou cirúrgico. O Aborto Espontâneo também é conhecido como perda precoce da gravidez. As estimativas sugerem que 10-20% das gravidezes confirmadas resultam em Aborto Espontâneo.

O número real provavelmente será muito maior, porque muitos abortos espontâneos ocorrem antes de uma mulher saber mesmo que está grávida. A maioria dos abortos espontâneos (aproximadamente 80%) ocorre nos primeiros três meses de gravidez. O Aborto Espontâneo é um processo que tem quatro etapas:

  • Aborto espontâneo ameaçado: qualquer sangramento vaginal durante a gravidez precoce, geralmente sem dor intensa, embora possam ocorrer cólicas suaves. Menos de 50% dos abortos espontâneos ameaçados procedem a um verdadeiro Aborto Espontâneo.
  • Aborto involuntário: sangramento vaginal acompanhado de dilatação (abertura) do canal cervical. O sangramento é geralmente mais grave do que com Aborto Espontâneo ameaçado e está associado a dor abdominal e cólicas.
  • Aborto involuntário incompleto: sangramento vaginal e dilatação do colo do útero ocorrem com perda parcial de tecido associado à gravidez. O sangramento é pesado e os cólicas são severos.
  • Aborto espontâneo completo: os pacientes podem apresentar história de sangramento, dor abdominal e tecido que passam da vagina. O sangramento e a dor geralmente pararam no momento em que o Aborto Espontâneo está completo. O exame revela um colo fechado e o ultra-som demonstra um útero vazio.

Causas do Aborto Espontâneo: A maioria dos abortos ocorrem por causa de anormalidades cromossômicas no bebê que tornam impossível o desenvolvimento normal do bebê. Os cromossomos possuem informações genéticas e os erros cromossômicos podem ocorrer à medida que as células do bebê se dividem e crescem.

Os abortos espontâneos também podem ser causados ​​por uma variedade de fatores maternos, que são fatores relacionados à saúde da mãe. Os fatores maternos podem ser agudos (repentinos e de curta duração) ou crônicos (duradouros). Fatores agudos de saúde materna:

  • Infecções, por exemplo, rubéola, citomegalovírus (CMV), micoplasma ou listeria
  • Trauma físico ou lesão grave
  • Choque emocional severo.

Fatores crônicos da saúde materna:

  • Pressão arterial alta severa (hipertensão)
  • Problemas hormonais
  • Problemas com o útero ou colo do útero
  • Doença renal
  • Doença da tiroide, ou seja, hipotireoidismo ou hipertireoidismo
  • Lúpus eritematoso sistêmico
  • Diabetes não tratada
  • Síndrome dos ovários poliquísticos.

Fatores de Risco do Aborto Espontâneo: Uma variedade de estilos de vida e outros fatores podem aumentar o risco de Aborto Espontâneo, incluindo:

  • Idade Avançada
  • Abortos espontâneos anteriores
  • Exposição a toxinas ambientais ou de trabalho ou radiação
  • Fumando
  • Abuso de álcool e drogas recreativas
  • Consumo excessivo de cafeína
  • Estar abaixo do peso ou sobrepeso
  • Certos medicamentos, por exemplo, o medicamento contra a acne, o isotretinão.

Não há provas conclusivas de que o trabalho, o exercício físico ou o sexo causem Aborto Espontâneo.

Sintomas do Aborto Espontâneo: Os sinais e sintomas de Aborto Espontâneo podem incluir:

  • Sangramento vaginal, que varia de manchas de luz para sangramento pesado
  • Fluidos, coágulos sanguíneos ou tecido que passam da vagina
  • Dor abdominal ou cãibras
  • dor na região lombar
  • Febre e calafrios.

Se você acha que está sofrendo um Aborto Espontâneo, entre em contato com a clínica de saúde obstétrica ou com o clínico geral imediatamente, ou vá ao serviço de emergência mais próximo. Sintomas como febre ou arrepios podem indicar uma abortamento séptico, que é um Aborto Espontâneo complicado por uma infecção pélvica.

Diagnóstico do Aborto Espontâneo: Um exame pélvico e um teste de ultra-som serão realizados para confirmar um Aborto Espontâneo. O seu médico também irá levar a história do seu paciente, incluindo a data do último período menstrual, o número de almofadas ou tampões usados, o período estimado de gestação, distúrbios hemorrágicos e abortos prévios ou abortos eletivos (planejados). Se houve uma grande perda de sangue, sua pressão arterial será medida e amostras de sangue tomadas para teste.

Tratamentos do Aborto Espontâneo: Nenhum tratamento é necessário se um aborto for concluído. Ocasionalmente, no entanto, o útero pode não se esvaziar completamente (aborto incompleto) e um procedimento de dilatação e curetagem (D & C) é necessário. D & C é um procedimento cirúrgico que envolve a dilatação (abertura) do colo do útero e a remoção de qualquer tecido fetal ou placentário remanescente do útero.

Uma alternativa ao procedimento D & C é o uso de drogas, como misoprostol e oxitocina, para induzir o corpo a expulsar o conteúdo do útero. A oxitocina também ajuda a restaurar a pressão arterial e prevenir o sangramento. As globulinas imunológicas podem ser administradas para suprimir a resposta imune e a formação de anticorpos se a mãe tiver sido exposta a glóbulos vermelhos fetais.

Prevenção do Aborto Espontâneo: O cuidado pré-natal é a melhor prevenção para Aborto Espontâneo e outras complicações da gravidez. Os abortos causados ​​por condições médicas, como diabetes e hipertensão, podem ser prevenidos diagnosticando e tratando a condição antes de engravidar. Evitar o fator de risco, como raios-x, fumar, drogas recreativas e álcool, ajudará a reduzir a probabilidade de Aborto Espontâneo.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.