Biblioteca de Nutrientes

Vitamina B9 – fontes, benefícios, para que serve e deficiência!

vitamina b9

Os benefícios da vitamina B9 são muitos e também é chamada de ácido fólico quando se fala sobre a forma sintética usada como suplemento, e folatos quando se refere ao tipo que está naturalmente presente nos alimentos.

Uma vez que está envolvida em todos os processos de crescimento celular, é importante comer alguns todos os dias, particularmente em determinados períodos da vida durante a infância e adolescência, quando planeia engravidar e durante a gravidez.

vitamina B9
vitamina B9

O que é vitamina B9?

A vitamina B9, mais comumente conhecida como folato, é uma vitamina hidrossolúvel que faz parte da família da vitamina B. As vitaminas do complexo B e o folato ajudam a apoiar a função adrenal, ajudam a acalmar e a manter um sistema nervoso saudável e são necessárias para processos metabólicos chave. O folato ocorre naturalmente nos alimentos, enquanto o ácido fólico é a forma sintética do folato.

Para que serve a vitamina B9?

A vitamina B9 inclui folato e ácido fólico e é importante para várias funções no corpo pois ela é vital para a produção de glóbulos vermelhos, assim como:

  • A síntese e reparação de DNA e RNA;
  • Auxiliando na rápida divisão celular e crescimento;
  • Melhorar a saúde do cérebro, embora a evidência seja mista e mais pesquisas sejam necessárias;
  • Perda auditiva relacionada à idade.

É particularmente importante que as mulheres grávidas consumam o suficiente dessa vitamina. Isso ajuda a evitar que o feto desenvolva grandes deformidades congênitas do cérebro ou da coluna vertebral, incluindo defeitos do tubo neural, como espinha bífida e anencefalia.

As mulheres que planejam engravidar devem tomar suplementos de vitamina B9 por um ano antes da concepção para reduzir o risco desses desenvolvimentos. Acredita-se que essa vitamina tenha um papel preventivo em várias condições.

benefícios da vitamina B9
benefícios da vitamina B9

Por que a vitamina B9 é necessária?

A vitamina B9 é essencial para o crescimento e desenvolvimento humano, estimula o funcionamento normal do nervo e do cérebro, e pode ajudar a reduzir os níveis sanguíneos do aminoácido homocisteína ( níveis elevados de homocisteína têm sido implicados no aumento do risco de doença cardíaca e acidente vascular cerebral).

Além disso, essa vitamina também pode ajudar a proteger contra o câncer de pulmão, cólon e colo do útero, e pode ajudar a retardar o declínio da memória associado ao envelhecimento.

Ele suporta o crescimento da placenta e do feto e ajuda a prevenir vários tipos de defeitos congênitos, especialmente os do cérebro e da coluna vertebral. Mulheres grávidas e mulheres em idade fértil devem tomar cuidado extra para obter o suficiente dessa vitamina.

Quais os sinais de uma deficiência de vitamina B9?

Deficiência tem sido associada a defeitos congênitos, baixo peso ao nascer, perda de gravidez, depressão, perda de memória e displasia cervical. Alcoólatras, mulheres grávidas e pessoas que vivem em ambientes institucionais correm um risco maior de deficiência de vitamina B9.

Além disso, esta deficiência ocorre quando não há folato suficiente ou ácido fólico presente no corpo. Além da anemia e deformidades congênitas, a deficiência dessa vitamina pode resultar em outros problemas de saúde, incluindo:

 

  • um risco maior de desenvolver depressão clínica;
  • possíveis problemas com memória e função cerebral;
  • um maior risco de doenças alérgicas potencialmente desenvolvimento;
  • maior risco potencial a longo prazo de menor densidade óssea.

Sintomas da deficiência dessa vitamina:

Os sintomas da anemia que ocorrem devido à deficiência de vitamina B9 incluem:

  • fadiga persistente;
  • fraqueza;
  • letargia;
  • pele pálida;
  • falta de ar;
  • irritabilidade.

Benefícios da vitamina B9 para saúde:

alimentos ricos em vitamina b9
alimentos ricos em vitamina b9

1. Desenvolvimento fetal:

Essa vitamina desempenha um papel crítico no crescimento celular durante a fase embrionária do desenvolvimento fetal. Níveis baixos da vitamina B9 em mulheres grávidas estão ligados a anormalidades fetais, como defeitos do tubo neural (isto é, espinha bífida e anencefalia). Muitos estudos clínicos mostram que quando as mulheres tomam essa vitamina antes da concepção, o risco de defeitos do tubo neural é significativamente reduzido (até 50-60%).

2. Reduz o risco de câncer:

Como um cofator essencial para a formação de ácidos nucleicos. Portanto, essa vitamina desempenha um papel integral na síntese, reparo e estabilidade do DNA. As coenzimas da vitamina B9 também regulam a metilação do DNA, que é essencial no controle da expressão gênica e diferenciação celular.

Anormalidades nesse processo têm sido relacionadas ao desenvolvimento de mutações e câncer. Baixos níveis sanguíneos de folato estão associados a certos tipos de câncer.

3. Previne doenças cardíacas:

Concentrações elevadas de homocisteína no sangue estão associadas a um aumento do risco de endurecimento das artérias e doenças cardíacas.

Além disso, a suplementação com altas doses dessa vitamina mostrou-se eficaz na redução dos níveis de homocisteína e na melhora da função vascular em pacientes com doença arterial coronariana. Além disso, em outro estudo, homens que consumiram maior ingestão dietética dessa vitamina tiveram menor incidência de acidentes vasculares cerebrais e ataques cardíacos.

4. Melhora a função cerebral:

 A vitamina B9 é fundamental para o desenvolvimento e função normais do cérebro. Níveis baixos dessa vitamina no sangue estão correlacionados com sintomas de declínio cognitivo em populações idosas, epilépticas e psiquiátricas. Portanto, eles também estão associados à degeneração do córtex cerebral, a região do cérebro que coordena a aprendizagem e a memória.

Existem riscos a superdosagem de vitamina B9?

A vitamina B9 tem poucos efeitos colaterais, mesmo quando tomado em grandes quantidades. Embora a vitamina em si não seja um problema, suplementar de mais pode mascarar sintomas de anemia perniciosa, uma doença potencialmente fatal causada por deficiência dessa vitamina. Além disso, doses muito altas  podem causar problemas estomacais, distúrbios do sono, reações na pele e convulsões.

Efeitos colaterais da vitamina B9:

Não há efeitos colaterais graves quando se toma vitamina B9. Em casos raros, os indivíduos relatam um desconforto no estômago. Além disso, mesmo que uma pessoa tome mais dessa vitamina do que o necessário, não há motivo para preocupação. Porque a vitamina é solúvel em água, qualquer excesso será naturalmente passado na urina.

Gostou do post? Avalie!
[Total: 0 votos: ]

Deixe um comentário