Doenças Respiratórias

Variante ômicron vs delta: qual a mais transmissível? como diferenciar?

variante omicron vs delta

A variante delta do coronavírus é a cepa dominante do vírus da Covid-19 no mundo todo.

No entanto, a uma nova variante ômicron, tem mais de 50 mutações e altamente transmissível, pode tomar o lugar dela e se tornar a cepa dominante em pouco tempo.

variante omicron vs delta
variante omicron vs delta

Além disso, segundo cientistas britânicos e sul-africanos que estão trabalhando no sequenciamento da ômicron, ainda é cedo para dizer se a nova cepa vai se sobrepor à delta.

Entretanto, a aposta dos cientistas é de que a variante ômicron deve superar a delta em muitos lugares do mundo e, possivelmente, em todo o planeta.

Os sintomas do coronavírus foram mudando à medida que novas variantes do vírus SARS-CoV-2 que surgiram desde o início da pandemia, em março de 2020.

Além disso, atualmente, circulam pelo mundo pelo menos cinco variantes de preocupação, consideradas mais transmissíveis e com maior risco de levar a casos de gravidade: alfa, beta, gama, delta e ômicron.

Desde o surgimento do vírus da Covid-19 os sintomas considerados mais comuns são febre, tosse seca, cansaço e perda do paladar ou do olfato.

Os menos comuns, mas também relatados, são dor de cabeça, garganta inflamada, olhos vermelhos ou irritados, diarreia, erupção na pele ou descoloração dos dedos das mãos ou dos pés.

No caso dos sintomas mais graves envolvem dificuldade de respirar ou falta de ar, perda de fala ou mobilidade, confusão mental e dor no peito, de acordo com a OMS.

Variante ômicron e delta:

omicron vs delta
ômicron vs delta

Delta:

A variante delta foi descoberta na Índia em outubro de 2020, e dai então começou a espalhar pelo mundo.

Além disso, os sintomas mais comuns da doença passaram a ser febre, tosse persistente, coriza, espirros e dor de cabeça e garganta.

No entanto, a perda de paladar e de olfato deixou de ser relatada, segundo um estudo capitaneado pelo King´s College of London, que mapeou os casos de Covid-19 no Reino Unido por meio de um aplicativo, o Zoe Covid Study.

Contudo, a delta se mostrou mais transmissível que as variantes alfa, beta e gama, com adoecimento mais rápido e alto risco de hospitalização, sobretudo entre os não vacinados, declarou a Comissão Europeia de Controle e Prevenção de Doenças (ECDC).

Além disso, o Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos, afirmou que vacinados que contraem a delta tendem a ser assintomáticos ou apresentar sintomas leves.

Sintomas comuns: dor de cabeça, coriza, espirros, dor de garganta, tosse persistente e febre.

Ômicron:

A variante ômicron foi detectada e anunciada pelo Instituto Nacional de Doenças Transmissíveis da África do Sul (NICD) em 25/11/2021 a partir de amostras retiradas de um laboratório cerca de dez dias antes.

Além disso, segundo a OMS, ainda são necessários mais dados sobre os sintomas e a gravidade clínica da ômicron para traçar um perfil sintomático da variante.

Entretanto, a médica Angelique Coetzee, presidente da Associação Médica da África do Sul, detectou sintomas diferentes dos pacientes com Covid-19, a maioria com delta, que ela tratava em um hospital sul-africano.

Contudo, estes pacientes relatavam cansaço extremo, dores pelo corpo, dor de cabeça e dor de garganta porem não relataram perda de olfato ou paladar.

A maioria deles tinha quadros leves e foi tratada em casa, no entanto, quase metade destes pacientes com sintomas da ômicron não foram vacinados, ela informou à agência Reuters.

Além disso, segundo a OMS, já se sabe que a ômicron é uma variante altamente transmissível e com grande número de mutações.

No entanto, a notícia da nova variante provocou uma reação rápida de vários países, que impuseram uma proibição de viagens para a sul da África com efeito imediato, uma decisão que o país africano contestou.

Sintomas comuns: dores pelo corpo, cansaço extremo, dor de cabeça e dor de garganta.[1]https://butantan.gov.br/noticias/conheca-os-sintomas-mais-comuns-da-omicron-e-de-outras-variantes-da-covid-19

Variante ômicron e delta qual a mais transmissível:

variante omicron e delta qual e a mais transmissivel
variante ômicron e delta qual e a mais transmissível

Além disso, a variante ômicron da covid-19 é 4,2 vezes mais transmissível no estágio inicial da doença do que a delta.

Entretanto, de acordo com um estudo realizado por um cientista que assessora o Ministério da Saúde do Japão, a descoberta tende a confirmar os temores sobre o grau de contágio da nova cepa. [2]https://exame.com/ciencia/covid-variante-omicron-e-4-vezes-mais-transmissivel-que-delta-diz-estudo/

Referências:

Referências:
1https://butantan.gov.br/noticias/conheca-os-sintomas-mais-comuns-da-omicron-e-de-outras-variantes-da-covid-19
2https://exame.com/ciencia/covid-variante-omicron-e-4-vezes-mais-transmissivel-que-delta-diz-estudo/

Deixe um comentário