Doenças Respiratórias

Alergia respiratória – o que é, causas e sintomas!

alergia respirataria

A alergia respiratória que é não é uma doença em si, mas sim uma reação de defesa do nosso corpo, quando o corpo reage a agentes externos, como a poeira, é possível que surja uma alergia.

Esta condição pode ocorrer em todo o trato respiratório, como rinite, sinusite, faringite, laringite e bronquite. Lembrando que ela é uma reação exagerada do nosso sistema de defesa contra substâncias que, em geral, são inofensivas.

É possível que o organismo ‘estanhe’ algumas substâncias (pó, cheiros fortes, mofo ou perfume de flores, por exemplo) e, como consequência, cause uma reação alérgica.

alergia respirataria
alergia respiratória

Dessa forma, é fundamental limpar e organizar a casa, ou seja, varrer os cômodos e passar pano nos móveis são atitudes simples que garantem melhores condições de vida e maior bem-estar. Mas você sabe quais são as principais alergia respiratória que atingem as pessoas?

Causas da alergias respiratórias?

As alergias respiratórias são causadas por proteínas no ar que são inaladas e desencadeiam a inflamação das vias respiratórias. Eles podem ser devido a reações alérgicas específicas ou reações mais gerais a irritantes, como fumaça e vapores no ambiente interno e externo que podem agravar os sintomas da alergia.

Quais são os sintomas das alergias respiratórias?

Os sinais e sintomas da alergia respiratória causada por alergia a fungos podem incluir:
Espirrando.

  • Nariz escorrendo ou entupido .
  • Tosse e gotejamento pós-nasal.
  • Olhos, nariz e garganta com coceira.
  • Olhos marejados.
  • Pele seca e escamosa.

Dicas para aliviar os sintomas da alergia respiratória:

Existem algumas medidas capazes de aliviar os sintomas que atacam o nariz durante as crises alérgicas, sabia? Confira algumas dicas!

  1. Lavar o nariz com soro: essa atitude é capaz de evitar alergia respiratória e, inclusive, aliviar os sintomas. O soro pode ser feito com dois ingredientes bastante comuns: água filtrada e sal.
  2. Uso de antialérgicos: esses medicamentos são ideais para serem utilizados durante as crises. Remédios de uso local (como as bombinhas) evitam o contato do agente causador com a parede interna do nariz.
  3. Descongestionantes: esse tipo de produto merece cuidado ao ser aplicado, uma vez que pode causar um efeito conhecido como ’rebote’, ou seja, aumenta o estreitamento dos vasos no nariz e o entope de novo.
Gostou do post? Avalie!
[Total: 0 votos: ]

Formado em Comunicação Social, especialista em jornalismo digital e SEO, responsável por criar diversos projetos na internet, afim de levar conhecimento à todos sobre saúde, beleza, bem estar, natureza e entretenimento.

Deixe um comentário