Remédios Naturais

13 remédios naturais para aliviar a dor de garganta!

remédios naturais para aliviar a dor de garganta

A dor de garganta pode surgir a qualquer momento e é causada por vários motivos. Algumas podem ser causadas por uma infecção bacteriana ou por infecções na garganta, e algumas são infecções virais.

De qualquer forma, as dores de garganta são muito contagiosas, e é importante tratar o problema assim que os sintomas se desenvolvem. Felizmente, existem remédios naturais para dores de garganta que pode ser usada em casa e não precisam de prescrição de antibióticos para lidar com problemas de garganta.

Remédios naturais para aliviar a dor de garganta, como mel cru, Vitamina C e raiz de alcaçuz, ajudarão no alivio do desconforto e acelerar a cicatrização. Existem também óleos essenciais poderosos para dores de garganta que podem ser usados ​​internamente e topicamente para retardar o crescimento de bactérias, aliviar o inchaço e reduzir o congestionamento.

remédios naturais para aliviar a dor de garganta
remédios naturais para aliviar a dor de garganta

Sintomas:

A dor de garganta é qualquer tipo de processo inflamatório da garganta e amígdalas que causa dor ao engolir. Sinais e sintomas de dor de garganta variam dependendo da causa. Alguns problemas comuns de dor de garganta incluem:

  • Dor que piora quando engolir ou falar
  • Dificuldade em engolir
  • Uma sensação áspera na garganta
  • Glândulas doloridas e inchadas no pescoço ou mandíbula
  • Amígdalas vermelhas e inchadas
  • Manchas brancas nas amígdalas
  • Rouquidão

Se uma infecção causa dor de garganta, você pode desenvolver febre, dor de cabeça, dores no corpo, tosse, nariz escorrendo e náusea. Em pessoas saudáveis, uma infecção na garganta raramente produz sérios efeitos colaterais. Ele desaparecerá por conta própria, geralmente em uma semana.

Causas e fatores de risco:

Os organismos que causam uma dor de garganta podem ser bacterianos, mais comumente estreptococos, ou virais, tipicamente rinovírus. No entanto, é difícil dizer a diferença entre os dois tipos de infecções. Infecções virais geralmente vêm com sintomas de resfriado ou gripe, como nariz escorrendo ou entupido, espirros, tosse, febre leve e fadiga. Nos adultos, as infecções virais causam 85% a 90% das dores de garganta.

Os sintomas da dor de garganta geralmente não incluem coriza ou tosse. Em vez disso, procure por gânglios linfáticos inchados no pescoço, manchas brancas nas amígdalas, sinais de febre e dor na garganta, especialmente ao engolir. Caso tenha dor de garganta, você pode até desenvolver uma erupção cutânea e manchas vermelhas na parte de trás da garganta. Crianças entre 5 e 15 anos correm maior risco de desenvolver infecções na garganta. O estreptococo causa cerca de 10 por cento das dores de garganta em adultos.

Além de infecções estreptocócicas, uma dor de garganta também pode ser um sinal de amigdalite. É claro que a estreptococo pode causar amigdalite, por isso pode ser uma combinação de problemas que levam a uma dor de garganta. Caso tenha amigdalite, uma amigdalectomia podem remover as amígdalas.

O mesmo acontece com a mononucleose. A mononucleose pode ser um fator que contribui para uma dor de garganta, muitas vezes com manchas nas amígdalas que podem parecer estreptococo. Pode ser difícil discernir entre estreptococo e mono, então consulte o seu médico para conseguir o diagnóstico apropriado de mononucleose ou estreptococo.

Às vezes, uma dor de garganta pode ser o resultado de refluxo ácido ou alergias. Com o refluxo ácido, o ácido do estômago surge através do esôfago, o que pode resultar em irritação na garganta e dor. Alguns outros sintomas de refluxo ácido incluem boca seca, dificuldade em engolir, rouquidão, regurgitação de ácidos ou alimentos, gosto amargo na boca e azia.

Certos alimentos ou gatilhos ambientais podem causar uma reação alérgica, resultando em uma garganta inflamada e irritada. Sintomas alérgicos sazonais incluem garganta arranhada e dor de garganta, olhos lacrimejantes, congestão, espirros, corrimento nasal e cócegas ou irritação nos ouvidos.

Outras causas de dor de garganta podem incluir faringite viral da garganta, gotejamento pós-nasal e resfriado / gripe.

Tratamento convencional:

Para a faringite estreptocócica, um tratamento de 10 dias com penicilina é tipicamente prescrito para proteger contra as complicações da febre reumática. A febre reumática pode ocorrer aproximadamente 20 dias após a infecção por estreptococos e causar danos às válvulas cardíacas.

No entanto, desde que os casos de febre reumática diminuíram drasticamente em países de alta renda, novos antibióticos tomados por um período mais curto, tipicamente 3-6 dias, têm sido tão eficazes. Uma pesquisa mostrou que os antibióticos podem ter um efeito benéfico modesto, melhorando os sintomas da dor de garganta em 3 a 4 dias e reduzindo a duração da doença em cerca de meio dia.

Os grupos de controle em estudos com antibióticos para tratamento da dor de garganta mostraram que 90% dos pacientes não tratados ficaram completamente melhores até o final da primeira semana, aproximadamente o mesmo que a proporção daqueles tratados com antibióticos.

Alguns medicamentos de venda livre são usados ​​para aliviar a dor associada à dor de garganta; isso inclui paracetamol e ibuprofeno. Esteja ciente de que muitos produtos de venda livre contêm paracetamol, portanto você deve ter a certeza de não tomá-los ao mesmo tempo. Por exemplo, DayQuil, Tylenol e Vicks contêm paracetamol, portanto, combiná-los aumenta o risco de overdose de paracetamol. Não tome mais de 4.000 miligramas por dia.

Os sprays nasais descongestionantes e pastilhas para a garganta também são usados ​​para aliviar a dor na garganta, irritação e desconforto. Está querendo saber como eliminar uma dor de garganta naturalmente?

Remédios naturais para aliviar a dor de garganta:

1. Mel Cru:

O Mel cru tem propriedades anti-inflamatórias e antimicrobianas que podem ajudar no tratamento de doenças respiratórias, como dor de garganta. Pode naturalmente acalmar a garganta e aliviar o inchaço. Outros benefícios do Mel cru incluem sua capacidade de reduzir a secreção de muco e tosse, que pode estar associada a uma dor de garganta.

Segundo uma pesquisa, o Mel tem um efeito inibitório em cerca de 60 espécies de bactérias e algumas espécies de fungos e vírus. Também possui capacidade antioxidante devido a uma ampla variedade de compostos, incluindo compostos fenólicos, peptídeos, ácidos orgânicos e enzimas.

Adicione o Mel cru para aquecer água ou chá ou misture com óleo essencial de limão para criar um remédio de dor de garganta de ação rápida.

2. Caldo de osso:

O consumo de caldo ósseo irá ajudá-lo a manter-se hidratado, uma vez que suporta o seu sistema imunológico para que possa ficar bem rapidamente. Os caldos de ossos são ricos em nutrientes, fáceis de serem digeridos, ricos em sabor e aumentam a cura. Eles contêm minerais essenciais que ajuda o corpo na absolvição de compostos facilmente, incluindo cálcio, magnésio e fósforo.

De acordo com os pesquisadores da Universidade de Nebraska, os aminoácidos que foram produzidos durante a produção de caldo de galinha reduziram a inflamação no sistema respiratório.

3. Alho:

A alicina, um dos princípios ativos do Alho recém moído, possui uma variedade de atividades antimicrobianas. Verificou-se que a alicina pura possui atividade antibacteriana contra uma vasta gama de bactérias, incluindo E. coli resistentes a múltiplos fármacos. Mostrou também atividade antiviral, antifúngica e antiparasitária.

Para usar Alho cru como um dos seus remédios caseiros de dor de garganta, adicione em sua comida durante todo o dia ou tome um suplemento de Alho diariamente.

4. Água:

Uma hidratação adequada é a chave para expulsar o vírus ou as bactérias do seu corpo e manter sua garganta hidratada. Tente beber pelo menos 236 ml de água a cada duas horas. Você também pode beber água quente, seja simples ou com limão, gengibre ou mel. De fato, um estudo de 2008 realizado no Reino Unido descobriu que as bebidas quentes proporcionavam alívio imediato e sustentado dos sintomas do resfriado comum e da gripe, incluindo dor de garganta.

5. Vitamina C:

A Vitamina C ajuda na função do sistema imunológico e estimula os glóbulos brancos. Além disso, estudos mostram que a Vitamina C encurta a duração dos sintomas respiratórios, especialmente em pessoas exposta à estresse físico.

Assim que desenvolver sinais de dor de garganta, tome 1.000 miligramas de Vitamina C por dia e consuma alimentos ricos em Vitamina C como toranja, kiwi, morango, laranja, couve e goiaba. Caso esteja sendo doloroso comer alimentos sólidos, tente fazer um smoothie.

6. Equinácea:

A maioria dos constituintes químicos desta erva são poderosos estimuladores do sistema imunológico que podem fornecer um valor terapêutico significativo. Uma pesquisa conduzida na Universidade de Connecticut sugere que o consumo de equinácea reduz as chances de pegar o resfriado comum em 58% e reduz a duração do resfriado comum em 1,4 dias. Isso prova que a equinácea tem propriedades antivirais e pode ajudar seu corpo no combate à infecções que causam dor de garganta.

7. Raiz de alcaçuz:

A raiz de alcaçuz beneficia a garganta dolorida ou tosse imensamente porque é um poderoso expectorante, ajudando soltar e expelir o muco da garganta. Ele acalma a irritação e reduz a inflamação das amígdalas, tornando a alcaçuz um remédio eficaz para a garganta.

Pesquisadores também descobriram que a raiz de alcaçuz tem poderosas atividades antivirais e antimicrobianas. Muitos estudos descobriram que vários componentes dessa erva comum foram responsáveis ​​por essas atividades através de diferentes mecanismos, como os 20 triterpenoides e cerca de 300 flavonoides presentes na raiz de alcaçuz.

Os flavonoides, especialmente chalconas, desempenham um papel importante no tratamento da infecção bacteriana, diminuindo a expressão de genes bacterianos, inibindo o crescimento bacteriano e reduzindo a produção de toxina bacteriana.

8. Coloidal:

A prata coloidal tem uma capacidade única de controlar superbactérias resistentes a antibióticos. De fato, estudos mostraram que 650 diferentes patógenos causadores de doenças foram destruídos em minutos quando expostos a pequenas quantidades de prata. Além disso, a prata coloidal não cria resistência ou imunidade nos organismos que são mortos por ela, ao contrário dos medicamentos antibióticos.

Os benefícios de prata coloidal também são atribuídos à suas propriedades antivirais e anti-inflamatórias. É comumente usado como um tratamento para o resfriado comum e gripe, e problemas mais graves, como pneumonia.

9. Zinco:

O Zinco beneficia o sistema imunológico e tem efeitos antivirais. Quando tomado por no mínimo cinco meses, o zinco pode reduzir o risco de ficar doente com o resfriado comum, que está associado à dor de garganta. Tomar suplemento uma vez que já estiver se sentindo doente pode acelerar o processo de cura, especialmente quando é tomado ao primeiro sinal de doença.

Pesquisas mostram que o zinco pode interferir no processo molecular que faz com que o muco e as bactérias se acumulem nas passagens nasais. Por causa de sua carga elétrica, o zinco iônico tem a capacidade de exercer um efeito antiviral, ligando-se a receptores nas células epiteliais nasais e bloqueando seus efeitos.

10. Probióticos:

Estudos mostram que a suplementação com probióticos reduz o número de pacientes que tiveram uma ou mais infecções do trato respiratório superior e reduziram o uso de antibióticos. Em um estudo de 2010, 638 crianças de 3 a 6 anos de idade que frequentavam uma pré-escola comunitária ou creche foram aleatoriamente designadas à receber uma bebida contendo a bactéria probiótica Lactobacillus ou um placebo correspondente por 90 dias. O uso de probióticos resultou em uma redução das infecções do trato respiratório superior.

Resultados semelhantes foram observados em outro estudo envolvendo 742 crianças com mais de um ano de idade que consumiram 100 mililitros de um produto lácteo fermentado, o que reduziu a incidência de problemas respiratórios.

11. Dormir bem:

Ter um sono adequado é vitalmente importante para superar uma dor de garganta; na verdade, perder o sono pode ser tão ruim para a saúde quanto comer mal e não se exercitar. Tenha 9 a 10 horas de sono até que comece a se sentir bem.

De acordo com uma pesquisa, a qualidade do sono é considerada importante para imunidade e suscetibilidade ao resfriado comum. As gotas nasais contendo um rinovírus foram administradas em 153 homens e mulheres saudáveis. Os participantes classificaram seus sintomas de doença todos os dias, incluindo dor de garganta, congestão nasal, congestão no peito, dor sinusal e tosse. Os dados mostraram que aquelas pessoas com pior eficiência do sono e menor duração do sono nas semanas anteriores à exposição ao rinovírus tiveram menor resistência à doença.

12. Óleo essencial de limão:

Óleo essencial de Limão tem o poder de limpar toxinas de qualquer parte do corpo. Sua atividade antibacteriana e anti-inflamatória, torna-o um remédio caseiro de dor de garganta útil. Também é rico em Vitamina C, que estimula a função imunológica e aumenta a salivação, ajudando no mantimento de uma garganta úmida.

Basta adicionar 1-2 gotas de óleo de limão para aquecer água ou chá. Você também pode inalar o óleo de limão diretamente da garrafa ou colocar 5-10 gotas em um difusor em casa.

13. Óleo essencial de eucalipto:

O óleo de eucalipto é um dos remédios mais benéficos para a garganta, devido à sua capacidade de estimular a imunidade, fornecer proteção antioxidante e melhorar a circulação respiratória. Uma pesquisa indica que o óleo de eucalipto é usado como antisséptico e para aliviar os sintomas de dor de garganta, tosse, resfriado e outras infecções.

Para aliviar uma dor de garganta com óleo de eucalipto, use com um difusor. Ou use topicamente aplicando 1 a 3 gotas na garganta e no peito. Você também pode gargarejar com óleo de eucalipto e água. Caso tenha uma pele sensível, use com um outro óleo, como óleo de coco, para diluir o eucalipto antes da aplicação tópica.

Precauções:

Caso o seu filho desenvolva sintomas graves, como dificuldade para respirar, dificuldade em engolir ou babar incomum (o que pode significar que é incapaz de engolir), entre em contato com seu médico imediatamente.

Para adultos, consulte um médico caso tenha febre maior que 38 graus célsius ou tenha dificuldade para respirar ou engolir. Caso os sintomas da garganta não desapareçam depois de uma semana, chame seu médico.

Considerações finais:

A dor de garganta é qualquer tipo de processo inflamatório da garganta e amígdalas que causa dor ao engolir.

Os sintomas mais comuns da dor de garganta incluem dor que piora ao engolir, glândulas inchadas no pescoço ou mandíbula, amígdalas vermelhas inchadas e manchas brancas nas amígdalas.

Remédios convencionais de dor de garganta geralmente incluem antibióticos, como penicilina e analgésicos de venda livre.

Existem suplementos, alimentos e óleos essenciais que funcionam como remédios naturais para dores de garganta. Alguns incluem equinácea, caldo de osso, probióticos e óleo essencial de limão.

 

Gostou do post? Avalie!
[Total: 1 votos: ]

Formado em Comunicação Social, especialista em jornalismo digital e SEO, responsável por criar diversos projetos na internet, afim de levar conhecimento à todos sobre saúde, beleza, bem estar, natureza e entretenimento.

Deixe um comentário