Beleza e Estética

3 óleos naturais para fazer umectação capilar!

Os óleos naturais para fazer umectação capilar funcionam, pois, é um procedimento também conhecido como nutrição capilar. Nossos cabelos perdem diariamente nutrientes importantes e a oleosidade natural dos fios, dando espaço ao ressecamento, à opacidade e ao enfraquecimento das madeixas. Nessa hora, a umectação/nutrição entra em cena como solução na reposição de elementos fundamentais à saúde dos nossos cabelos. Os cabelos são muito importantes para as mulheres.

Umectação Capilar

É moldura do rosto e como tal merece estar sempre bem cuidado. Mas, nesse mar de produtos e tratamentos capilares. Além disso, é importante ter informação antes de gastar fortunas em salões de beleza ou então comprando produtos que não combinam com o seu tipo de fio.

O que é umectação Capilar?

A umectação capilar é o tratamento à base de óleos vegetais que nutre os cabelos, repondo a oleosidade natural e garantindo equilíbrio e saúde aos fios. Além disso, a umectação é indicada para todos os tipos de cabelos, principalmente para cacheadas, crespas e crespíssimas que tem maior ressecamento, pois a oleosidade natural da raiz não chega até as pontas, por causa da curvatura dos fios.

Qual o Melhor Tipo de Óleo Para Fazer Umectação Capilar?

O primeiro passo para umectação capilar é escolher um óleo 100% vegetal. Além disso, é fundamental que ele seja totalmente vegetal, sem aditivos como petrolatos, óleo mineral, parafinas ou parabenos. Somente os óleos naturais vegetais podem penetrar e tratar os fios profundamente.

O óleo de coco é um dos queridinhos! Quando opto pelo óleo de rícino, gosto de misturar com azeite de oliva extra virgem, já que o óleo de rícino é bastante denso e pode ser difícil de espalhar sozinho. Com o azeite de oliva misturado a aplicação fica mais fácil.

Já vi alguns relatos que a umectação com óleo de amêndoas é ótima, porém nunca testei. Você pode misturar os óleos de sua preferência e ir testando para ver qual funciona melhor no seu cabelo.

1. Óleo de Rícino:

É rico em ácido ricinoleico, Vitamina E, minerais, entre outros. Fortalece os fios, combate a queda e ajuda no crescimento dos cabelos.

2. Óleo de Coco:

O óleo vegetal mais queridinho para tratar os fios. Ele é ótimo para hidratar e nutrir. Tem propriedades antioxidante, antiviral, antifúngica e antibacteriana, pois isso é indicado também para tratar problemas de couro cabeludo e dá aquela força para o cabelo crescer rápido.

3. Óleo de Abacate:

Penetra nos fios e age como condicionante, funciona em todos os tipos de cabelo. Protege os fios e couro cabeludo do ressecamento, previne queda e quebra dos fios. Sim, também ajuda no crescimento.

Para Quem é Indicada a Umectação Capilar?

Apesar de ser mais comum entre cacheadas e crespas, o cuidado também pode trazer muitos benefícios para as donas de fios lisos que sofrem com o ressecamento (desde que a umectação capilar seja retirada da maneira correta para impedir o aspecto oleoso).

Muitas mulheres que têm cabelo oleoso devem estar certas de que não precisam desse tipo de tratamento. Mas, estão enganadas. Todos os tipos de cabelo podem e devem fazer esse tipo de tratamento. Os seus fios, sejam ressecados, normais, mistos ou oleosos precisam da gordura boa que os produtos naturais.

Benefícios da Umectação Capilar:

Umectar os fios com óleos vegetais ajuda o cabelo a repor nutrientes, combatendo o ressecamento, o frizz e a aspereza. Além de dar um brilho lindo ao cabelo, ele fica mais macio e definido. Outra vantagem é prevenir a quebra dos fios. Agora, veja Como Fazer Umectação Capilar em Casa:

Como Fazer a Umectação Capilar?

Na hora de aplicação, a dica é dividir o cabelo em seções para facilitar que o óleo penetre em todas as mechas e, depois, aplicá-lo da raiz às pontas enluvando cada uma delas com cuidado. Depois disso, é só deixar o produto agir por no mínimo 2 horas antes de retirá-lo na lavagem final.

Passo a Passo:

  • Você pode passar o óleo com o cabelo sujo, ou se preferir lave o cabelo com o shampoo de sua preferência. Se lavar, retire o excesso de água com uma toalha, deixando o cabelo apenas úmido.
  • Além disso, aplique o óleo vegetal de sua preferência, da raiz até as pontas. A quantidade é mínima, não precisa encharcar o cabelo. O fio vai absorver apenas o necessário, se passar em excesso, vai ficar oleoso demais.
  • Deixe agir de 1 a 2 horas.
  • Além disso, lave os cabelos com shampoo. Essa lavagem deve ser bem especial: o shampoo deve ser usado pelo menos 2 vezes para retirar bem o óleo dos cabelos.
  • Use o condicionador para fechar as cutículas.
  • Além disso, enxágue bem. Use um finalizador e deixe secar naturalmente.

Se teu cabelo é muito oleoso, use um óleo leve como o óleo de abacate. Além disso, teste uma vez na raiz e comprimento, pode ser que o óleo até ajude a controlar a oleosidade. Mas como cada cabelo funciona de um jeito, na próxima vez teste usar óleo somente no comprimento dos fios e avalie de qual forma deu melhor resultado.

É importante deixar o óleo agir no mínimo 2 horas. Quanto mais tempo, melhor será o resultado. Além disso, lembre-se que o cabelo precisa de tempo para absorver os nutrientes e vitaminas do óleo ou azeite.

Você até pode lavar os cabelos com shampoo várias vezes até conseguir retirar todo o óleo dos fios. Além disso, só que com isso parte dos nutrientes vão ir embora com as lavagens. Aconselho a retirar a umectação pelo método UCPE.

Gostou do post? Avalie!
[Total: 0 votos: ]

Drª. Wanessa Matos Dermatologista formou-se em Medicina na Unicamp e na mesma instituição realizou sua residência em Dermatologia, obtendo o título de especialista. Atua nas áreas de dermatologia clínica, cirúrgica e estética. Além disso, é sócio titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia, com registro no Conselho Regional de Medicina e Associação Médica Brasileira.

Deixe um comentário