Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Dicas de Saúde Dicas Variadas Doenças e Tratamentos

Remédio Natural Para o Tratamento da Apendicite

Remédio Natural Para o Tratamento da Apendicite, além disso a Apendicite é uma inflamação do apêndice intestinal, uma pequena bolsa alongada, de fundo cego, em forma de um dedo de luva, de mais ou menos 10 centímetros de comprimento, localizada na transição do intestino grosso com o intestino delgado. Sua parede contém tecido linfático que participa do sistema imunológico, produzindo anticorpos, mas o órgão aparentemente não parece fazer falta quando é retirado cirurgicamente. Seu interior contém bactérias e produz um suco que ajuda no processo de digestão.

Não se conhece bem as funções do apêndice e alguns creem mesmo que ele seja um órgão em extinção. A apendicite afeta cerca de 7% da população em algum momento de suas vidas e, embora seja muito mais comum na adolescência, pode ocorrer em qualquer fase da vida. A cirurgia para remover o apêndice infectado é o tipo de cirurgia abdominal mais frequente. A existência de apendicites crônicas é discutível e muitos acreditam que elas sejam apendicites subagudas repetitivas.

dor de apendiciteO Que Causa a Apendicite?: O apêndice normalmente produz um volume constante de muco que é drenado para o ceco e se mistura às fezes. O seu grande problema é ser a única região de todo o trato gastrointestinal que tem um fundo cego, ou seja, é um tubo sem saída, como um dedo de luva. Qualquer obstrução à drenagem do muco faz com que o mesmo se acumule, causando dilatação do apêndice. Conforme o interior do órgão vai ficando mais cheio, começa a haver compressão dos vasos sanguíneo, com consequente necrose da sua parede. O processo pode evoluir até o rompimento do apêndice, o que é chamado de apendicite supurada.

Existem várias causas para a obstrução do apêndice, em jovens, é comum ocorrer um aumento dos tecidos linfáticos em resposta a alguma infecção viral ou bacteriana. Como o diâmetro interior do apêndice tem menos de 1 cm, qualquer aumento na sua parede pode obstruir a saída, em idosos, o mais comum é a obstrução por pedaços ressecados de fezes. Também existe a possibilidade de obstrução por tumores ou por vermes intestinais, como o oxiúros.

Quando o apêndice fica obstruído e inflamado, as bactérias que vivem no seu interior conseguem atravessar a sua parede e alcançar a circulação sanguínea e o peritônio (membrana que recobre todo o trato intestinal).

Sintomas de Apendicite: O principal sintoma da apendicite é dor abdominal, que varia de acordo com a idade da pessoa e da posição do seu apêndice inflamado. Geralmente, o primeiro sinal é dor na região próxima ao umbigo, que pode ser fraca no início mas vai se tornando cada vez mais aguda e grave conforme as horas passam. Outros sintomas de apendicite, que aparecem junto com a dor são:

Se o apêndice se rompe, a dor pode desaparecer por um breve período e a pessoa se sente melhor repentinamente. No entanto, uma vez que o revestimento da cavidade abdominal fica inflamada e infectada (uma condição chamada peritonite), a dor piora e os sintomas se intensificam, principalmente quando a pessoa caminha ou tosse.

Como Tratar a Apendicite?: A melhor maneira de “tratar” uma enfermidade é preveni-la. A apendicite uma vez diagnosticada ela deve ser tratada rapidamente, dentro de, no máximo, 2 ou 3 dias, sob risco de complicações sérias. Depois de iniciada a apendicite não há terapêutica capaz de revertê-la e o único tratamento radical consiste na retirada do apêndice, seguida da administração de antibióticos. O método mais indicado para a apendicectomia (retirada do apêndice) é a cirurgia por videolaparoscopia, que permite uma recuperação mais rápida e tem um melhor efeito estético. No caso de haver abscesso, um dreno deve ser colocado e deixado no local, para esvaziar o pus. Não devem ser tomados laxativos para possíveis constipações intestinais porque eles podem favorecer o rompimento do apêndice e devem ser tomados cuidados com os analgésicos, pois eles podem mascarar o quadro.

Como Prevenir a Apendicite?: Ter uma boa digestão é tão importante quanto o que ingerimos, isso porque, quando comemos alimentos pesados e gordurosos, é inevitável que o nosso organismo gaste mais energia para digeri-los, que levam à apendicite. Veja algumas dicas simples e importantes para facilitar o processo digestivo:

  • Comer com calma: Além de facilitar a digestão da refeição, quando comemos devagar o nosso organismo consegue responder mais facilmente ao que ele está recebendo, já que existe todo um processo interno, onde as enzimas extraem os nutrientes do alimentos que estamos ingerindo.
  • Evite alimentos pesados: Embora muita das vezes pareça impossível resistir, o consumo constante de carboidratos, doces e gorduras, faz com que o nosso intestino gaste mais energia para digerir, além de deixá-lo mal acostumado com esse tipo de alimento.
  • Comer de 3 em 3 horas: É o mais indicado e o ideal, pois assim você não sobrecarrega as funções do intestino e ele poderá trabalhar com facilidade. Além disso, manter esse intervalo entre as refeições evita a gula, já que o seu organismo se adaptará aos horários das refeições.
  • Dormir após as refeições: A prática, apesar de muito tentadora, não é nada saudável, isso porque quando dormimos, nosso organismo passa a funcionar de maneira mais lenta, prejudicando a digestão e podendo ainda causar azia e náuseas. Sendo assim, evite dormir logo após as refeições.
  • Zinco é o elemento chave: O mineral é conhecido por atuar no bem estar do nosso metabolismo e favorecer a digestão, por isso, alimentos como semente de linhaça, espinafre, leite, iogurte, frango e feijão devem sempre estar presentes nas suas refeições diárias.

apendiciteSolução Caseira Para Apendicite: A solução caseira é o chá de cebola, pois a cebola possui propriedades anti-inflamatórias que aliviam os sintomas causados pela apendicite, como dor intensa no lado direito do abdômen. Então confira, a receita completa do Remédio Natural Para o Tratamento da Apendicite:

Ingredientes:

  • 200 g de cebola
  • 1 litro de água

Modo de Preparo:

  • Cozinhar a cebola na água por 15 minutos
  • Depois tampar e deixar repousar por 10 minutos.
  • Beber 3 xícaras do chá de cebola por dia.

Obs: Esta solução caseira para apendicite com chá de cebola não deve ser usada como único tratamento, mas sim como complemento no tratamento da apendicite que, geralmente, é feito com medicamentos analgésicos e anti-inflamatórios.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.