Dicas de Saúde Alan Costa

Os 5 Benefícios da Pimenta Serrano Para Saúde!

Revisado por

Alan Costa

Benefícios da Pimenta Serrano Para Saúde que você talvez não conheça. Além disso, a pimenta quente tem sido usada para cozinhar e para fins medicinais há séculos, e a Pimenta Serrano é uma delas.

Ela não somente compartilha as características do tempero desejado em muitos pratos populares, como a pimenta caiena, mas a Pimenta Serrano pode realmente dar alívio para dores musculares, pacientes com artrite, problemas cardíacos, estimular o sistema imunológico e, curiosamente, auxilia a refrescar em um dia quente. Então, o que permite que esses benefícios de Pimenta Serrano ocorram? Vamos dar uma olhada.

Como a maioria dos pimentões, o serrano é o fruto de uma espécie de planta denominada Capsicum annuum e intimamente relacionado com Capisicum frutescens, de onde vem as pimentas para o molho tabasco, e C. chinense, que é onde o habanero superaquecido. Tal como o tabaco, o tomate, a berinjela e batata, as pimentas fazem parte da família das hortaliças.

Benefícios da Pimenta SerranoA origem das pimentas veio do Novo Mundo, e elas têm sido utilizadas como alimento e remédio. Eles foram vistos pela primeira vez na Amazônia, e sementes de pimenta foram descobertas em “depósitos culturais com mais de 9.000 anos no vale de Tehuacan, México”.

Historicamente, os astecas e maias foram relatados como quem adicionava pimentas em quase tudo o que comiam, devido aos benefícios saudáveis que podiam fornecer, como curar o resfriado comum, aliviar a depressão e fortalecer o sistema imunológico.

Valor Nutricional da Pimenta Serrano:

Uma xícara (105 gramas) de Pimenta Serrano picada e crua contém aproximadamente:

  • 34 calorias;
  • 0,5 gramas de gordura;
  • 3,9 gramas de fibra;
  • 7,9 gramas de carboidratos;
  • 1,8 gramas de proteína;
  • 0,2 miligramas de manganês (10% do VD);
  • 1,6 miligramas de niacina (8% do VD);
  • 47,1 miligramas de vitamina C (79% do VD);
  • 320 miligramas de potássio (9% do VD);
  • 0,5 miligramas de vitamina B6 (27% do VD);
  • 984 UI de vitamina A (20% do VD);
  • 12,4 microgramas de vitamina K (15% do VD);
  • 0,1 miligramas de cobre (7% do VD);
  • 23,1 miligramas de magnésio (6% do VD);
  • 0,1 mg de riboflavina (5% do VD);
  • 24,2 microgramas folato (6% do VD);
  • 0,9 miligramas de ferro (5% do VD);
  • 0,1 miligrama de tiamina (4% do VD);
  • 0,7 miligramas de vitamina E (4% do VD);
  • 42 miligramas de fósforo (4% do VD).

Benefícios da Pimenta Serrano:

Impulsiona o Sistema Imunológico:

A laranja há muito tempo tem a reputação de oferecer a maior quantidade de vitamina C, mas a Pimenta Serrano pode ter mais vitamina C do que ela. Conseguir uma quantidade suficiente de vitamina C é importante para o sistema imunológico e para o reparo tecidual provocado pela inflamação.

Segundo uma pesquisa, a Pimenta Serrano está entre os tipos de pimentas que auxiliam no impulsionamento do sistema imunológico, devido aos altos níveis de antioxidantes. Em particular, o caroteno é benéfico contra todos os tipos de doenças, incluindo doenças crônicas como doenças cardíacas e câncer.

Melhora a Saúde do Coração:

Descobriu-se que a capsaicina estimuladora do calor presente em pimentas como o serrano ajuda os níveis de colesterol porque é capaz de diminuir o acúmulo de colesterol no corpo enquanto ajuda o corpo a se desintoxicar pela excreção nas fezes. As pimentas também podem restringir a contração das artérias, o que pode bloquear o fluxo sanguíneo para o coração.

Um professor de ciência nutricional, mostrou pesquisas em que as pimentas podem beneficiar o coração e ajudar na redução do risco de doença cardíaca coronária, e enquanto não indica comer muitas pimentas, ele conclui que, como um suplemento para aqueles que apreciam o tempero, as pimentas são benéficas para a saúde do coração, melhorando os vasos sanguíneos em todo o corpo.

Alívio Para Artrite e Dores Musculares:

A capsaicina é o que gera o calor na pimenta. Quando aplicada topicamente como um creme, adesivo ou gel, a capsaicina proporciona alívio ao esgotar a substância P, que é um neurotransmissor que envia mensagens ligadas à dor para o cérebro.

A capsaicina pode diminuir a dor da artrite reumatoide, fibromialgia e osteoartrite. Um estudo alemão, apresentou que a dor nas articulações reduziu em cerca de 50 por cento em pessoas que usaram creme de capsaicina, que pode ser conseguido a partir de pimentas serrano. Inicialmente, pode causar um pouco de ardor ou ardência quando a substância P é liberada e eventualmente esgotada, mas com o uso regularmente, a substância P não se acumula novamente e a sensação de queimação não deve ocorrer.

Pode Aliviar Cobreiro:

Os cobreiros podem provocar muito desconforto, e quase uma em cada três pessoas contrai esse problema em algum momento de sua vida. A agência de alimentos e remédios dos EUA aprovou a capsaicina para diminuir a dor do cobreiro (Herpes zoster).

A eliminação da substância P é fundamental para o alívio do cobreiro, pois auxilia na redução dos efeitos associados à dor e os sintomas. Como a pimenta caiena, o composto de capsaicina presente na Pimenta Serrano ajuda na liberação e eliminação da substância P.

A capsaicina tópica de baixa concentração tem sido utilizada há décadas como tratamento. É possível que esse tratamento possa diminuir a dor por vários meses.

Diminui a Temperatura do Corpo:

A capsaicina é um composto ativo que realmente ajuda nosso corpo a se adaptar a climas quentes, reduzindo a temperatura do corpo. Você já viu alguém suar profusamente no rosto depois de comer uma pimenta? Isso realmente tem um nome. É chamado de sudorese facial gustativa.

O composto de capsaicina na pimenta está fazendo seu trabalho induzindo um método de resfriamento natural. Isso é feito enviando mensagens para o cérebro de que um calor intenso está acontecendo e o corpo precisa de proteção.

Uma vez que as pimentas induzem o suor, elas têm sido normalmente usadas por anos em lugares como América Central e do Sul, Índia, África, Sudeste Asiático e Caribe para esfriar o corpo mais rápido em um dia quente.

Como Usar a Pimenta Serrano:

A Pimenta Serrano tem semelhança muito com o jalapeno, mas caso ache o jalapeno quente, espere até consumir a serrano. Este tipo de pimenta está entre 5.000 e 25.000 no índice de calor Scoville, também popular como a escala de pimenta quente, que é uma medida usada para classificar o calor pungente de pimenta. A escala tem o nome do homem que a criou, Wilbur Scoville.

Quão quente é o serrano em comparação com outras pimentas? O nível de calor é diretamente provocado pela ancestralidade genética da planta, bem como pelo meio ambiente. Enquanto a Pimenta Serrano não é a pimenta mais quente do mundo, a escala Scoville classifica-a no meio da lista, como pode ver aqui:

  • Jalapeño 2.500-5.000;
  • Serrano 5.000 a 15.000;
  • Cera Amarela 5.000 a 15.000;
  • Caiena 30.000 a 50.000;
  • Chile Pequin 30.000 a 50.000;
  • Chipotle (seco) 50.000 a 100.000;
  • Habanero 100.000 a 300.000.

A Pimenta Serrano contém uma cor verde, e quando está amadurecendo vai para vermelho, marrom, amarelo e laranja. Tem cerca de cinco centímetros de comprimento, mas não deixe que a pequenez desta pimenta lhe engane. Quanto menor for a Pimenta Serrano, mais quente será. Outra coisa que devem ser notadas é que pimentas secas podem ser muito mais quentes do que as frescas.

Ao escolher uma Pimenta Serrano, selecione uma pimenta firme, macia e pesada. Confira se a pimenta não contém umidade ao redor dela. Elas normalmente não são bem agradáveis quando estão secas, então usá-las frescas oferece os melhores resultados.

Pimenta Serrano

Para guardar suas pimentas serranas frescas, refrigere-as entre toalhas de papel ou num saco de papel durante até três semanas. Certifique-se de utilizar luvas de borracha ao manusear e lavar bem as mãos após o uso. Isso ajuda a evitar irritações na pele ou nos olhos.

Riscos da Pimenta Serrano:

Como visto anteriormente, a Pimenta Serrano possui capsaicina e, embora tenha muitos benefícios, também é de onde vem o calor da pimenta. Esse calor pode provocar problemas para alguns, então antes de ir para o concurso de comer pimenta, tenha cuidado. Pois, pode causar problemas nas membranas mucosas e queimar as papilas gustativas.

É sugerível comer uma banana para diminuir essa sensação de queimação. Lave as mãos com vinagre depois de tocar as pimentas, caso sinta uma queimadura. Use luvas de cozinha ao lidar com a capsaicina também. Evite o contato com os olhos ao manusear pimentas. Caso consuma em excesso, sabe-se que desencadeia um ataque de asma. Para quem tem propensão à asma ou que pode ter uma alergia, é melhor evitar as pimentas quentes.

Considerações Finais sobre a Pimenta Serrano:

A Pimenta Serrano possui adições maravilhosas para hambúrgueres, guacamole e saladas, só para citar algumas opções. Os benefícios para saúde são vastos, desde estimular o sistema imunológico, auxiliar em um coração saudável e até mesmo ajudar na redução da dor associada à artrite.

Considere tentando em algumas receitas e com moderação para inciar, mas tenha cuidado, pois o calor pode causar problemas para aquelas sensíveis a alimentos picantes ou que tenham alergias. Mas caso possa lidar com o calor, os benefícios para a saúde valem a pena.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Sobre o autor | Website

“Olá, meu nome é Alan Costa, tenho 37 anos, sou nutricionista e Personal Trainer. Me formei pela Universidade Federal do Tocantins em 2002, com registro profissional no CRN-4 nº 1509723, tenho especialização em Nutrição Esportiva, Treinamento Físico e treinos Curto de alta intensidade.”

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.