Lipase – O que é, Tipos, Para que Serve e Contraindicações!

Revisado por

Enfermeira

Especialista do Dicas de Saúde

Lipase – O que é, Tipos, Para que Serve e Contraindicações, são informações essenciais que todos precisam saber. Ademais, segregada pelo pâncreas, ela é uma das enzimas chave no processo digestivo. Seu ensaio em sangue, chamado lipasemia, permite ao médico avaliar a função do pâncreas para acompanhar um tratamento.

Enzimas são substâncias baseadas em proteínas que ajudam a estimular reações químicas. Uma delas é essa. Portanto, confira a seguir, mais sobre a Lipase: O que é, Tipos, Para que Serve e Contraindicações:

lipase o que e
lipase o que e

O que são Lipases?

As lipases são as enzimas lipolíticas solúveis em água que catalisam a digestão de lípidos dietéticos, dividindo a ligação éster que se liga as do grupos hidroxilo do glicerol com ácidos gordos de cadeia longa.

Contudo, eles são responsáveis ​​pela digestão das gorduras e estão naturalmente presentes no corpo; A função dessas enzimas, especificamente, é transformar os triglicérides em glicerol e ácidos graxos para que os nutrientes essenciais sejam absorvidos corretamente pelo intestino. Assim, esta enzima é um elemento produzido em grande parte pelo pâncreas, em parte, a partir da boca e, em parte, a partir do estômago.

Sua quantidade pode ser medida no sangue. Em condições normais, a concentração sanguínea dessas enzimas é reduzida; no entanto, depois de um dano nas células do pâncreas (tal como acontece, por exemplo, na pancreatite) ou em caso de obstrução do ducto pancreático (por cálculos ou processos neoplásicos), no fluxo sanguíneo é invertida de uma maior quantidade de Lipase, em que um aumento nos valores sanguíneos deste parâmetro é observado.

Tipos de Lipases:

Em nosso corpo existem vários tipos:

  • Lipase salivar;
  • Lipase  gástrica;
  • Lipase pancreática;
  • Lipase intra-adipócito;
  • Lipase do endotélio vascular ou Lipase lipoproteica;
  • Lipase hepática.

As diferenças entre suas várias formas consistem em diferentes localizações e diferentes locais de produção:

A Lipase hepática é um enzima sintetizado no fígado e é principalmente envolvidos na hidrólise de triglicérides em resíduos chilomicromi (formas “restos” de fato) e IDL, e não de grandes lipoproteínas de significância biológica mas que representam uma fase de transformação de VLDL em LDL.

Verificou-se que um aumento de Lipase hepática é obtido como um resultado da administração de heparina por via intravenosa, uma vez que o último meio da separação do mesmo pelo endotélio, que conduz a um aumento das suas atividades em um círculo.

A Lipase endotelial está localizado, semelhante a Lipase hepática, endotélio e atua por hidrólise de triglicérides transportados pelo VLDL.

É claro o seu papel no metabolismo lipídico, um mau funcionamento está envolvido em sua dislipidemia onde as alterações do metabolismo lipídico pode envolver apenas triglicérides (hipo-hipertrigliceridemia), colesterol (hipo-hipercolesterolemia) ou ambas as formas (dislipidemia mista).

Para que Serve?

Em média, a comida permanece no estômago por cerca de duas ou três horas; neste período de tempo lipases orais e gástricas dividem cerca de um terço das gorduras de origem alimentar. Certamente, elas atuam como catalisadores no processo digestivo dos lipídios alimentares, transformando os triglicérides em glicerol e ácidos graxos.

Dosagem:

O médico requer avaliação da lipasemia em um paciente com sinais clínicos de insuficiência pancreática (dor abdominal, perda de apetite, náuseas, febre…). Conquanto, na verdade, a dosagem de sangue realizada através de amostragem (jejum), contribui para o diagnóstico de pancreatite ou qualquer doença que perturba o funcionamento normal do pâncreas.

Contudo, o exame também é prescrito durante um tratamento. A lipasemia está geralmente associada a uma amilazemia (medição da taxa de amilase). Esta enzima digestiva certamente permite a digestão de açúcares. Os valores normais de lipasemia variam dependendo do reagente utilizado. Conquanto, a taxa de Lipase é considerado patológico quando não é menos do que 160 UI/L (unidades por litro).

enzimas pancreaticas
enzimas pancreaticas

Valores Normais de Lipase:

O valor considerado normal pode ser estudado no nível sanguíneo. Assim, a amostragem deve ser efetuada sob condições de jejum, de preferência de manhã
Os valores normais de Lipase são: 0-55 U/L.

Contudo, esta enzima digestiva é a sua principal utilização no diagnóstico e monitorização de pancreatite aguda, crônica ou, mais geralmente, de patologias que envolvam insuficiência pancreática.

Alta Lipase: o que isso Envolve?

Finalmente, os casos mais frequentes de Lipase alta podem ser rastreados até inflamações como pancreatite ou outras desordens pancreáticas. Aliás, esses tipos de inflamações fazem os níveis dessa enzima subam até três vezes mais que normal.

Isto é devido ao fato de que a inflamação do tecido torna o pâncreas mais permeável, então as enzimas, incluindo a Lipase, vão muito mais facilmente do pâncreas para o sangue. Também úlceras no intestino, especialmente na parte superior do intestino (por exemplo, na parte do duodeno), podem elevar os valores de Lipase.

Outra causa dessa elevação de enzima é a doença celíaca: na verdade, a má absorção de glúten aumenta esses níveis. Contudo, seu aumento é quase sempre paralelo ao da amilase, por isso os dois exames são solicitados ao mesmo tempo.

Lipase Baixa: o que isso Envolve?

Pequenas quantidades de Lipase são encontradas em pacientes com pancreatite crônica, diabetes, fibrose cística ou doença de Crohn. Para essas condições específicas, a suplementação pode ser necessária para restaurar os valores normais de Lipase.

Os sintomas típicos de deficiência de Lipase são: falta de apetite, dor abdominal, vômitos, náuseas, dores musculares.

Se você tem níveis baixos, é aconselhável reduzir a ingestão de gordura (não mais que 20 gramas por dia) e tomar vitaminas lipossolúveis (vitamina A, vitamina D, vitamina E, vitamina K). No caso de, com estas medidas, o problema persistir, é necessário consultar um especialista.

Quando o Exame é Solicitado:

O exame geralmente é solicitado pelo médico quando a pancreatite está sendo monitorada. Caso contrário, serve como diagnóstico para qualquer doença que envolva o pâncreas. Os sintomas que podem levar o médico a prescrever um exame de Lipase são:

  • Náusea;
  • Febre;
  • Emagrecimento;
  • Dificuldade na digestão;
  • Falta de apetite;
  • Dor abdominal forte.

O exame também está incluído na lista de valores a serem monitorados no caso de doença celíaca, doença de Crohn e fibrose cística. Normalmente,esse exame é prescrito juntamente com os da amilase, uma vez que os dois resultados conseguem dar uma indicação bastante precisa do fato de o pâncreas estar doente ou não.

lipase
lipase

Contraindicações e Avisos:

A Lipase é um suplemento seguro para a maioria das pessoas. Efeitos colaterais menores podem incluir náuseas, cólicas e diarreia. Aliás, durante a gravidez e lactação, entre em contato com seu médico antes de tomar qualquer suplemento enzimático. Se você tem fibrose cística, altas doses podem piorar alguns dos sintomas.

Ademais, se você estiver tomando medicamentos para ajudar a digestão ou enzimas digestivas, você não deve usar Lipase sem primeiro falar com seu médico.

Se você tomar outras enzimas digestivas, como papaína, pepsina, a betaína poderia destruir essas enzimas. Contudo, para evitar isto, é possível escolher enzimas entéricas revestidas, que são protegidas da destruição do ácido do estômago.

Afinal, como sempre, converse com seu médico antes de tomar qualquer suplemento de enzima se você tiver algum problema de saúde ou estiver tomando outros medicamentos ou suplementos.

0/5 (0 Reviews)
Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Brenda Lima

Me chamo Brenda Lima, formada em enfermagem pela EEFTESM do Rio de Janeiro desde 2016. Há alguns anos comecei a dedicar-me a produzir conteúdo no Site Dicas de Saúde para ajudar as pessoas que sofrem com uma diversidade de doenças que são oriundas da Má Alimentação. Acredito que o segredo da boa saúde é o equilíbrio, e através da boa alimentação é possível manter um corpo saudável e viver com melhor qualidade de vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

penteados para cabelos longos

Os 20 Melhores Penteados Para Cabelos Longos!

Penteados Simples e Rápidos Para Ficar Linda Todos os Dias

15 Penteados Simples e Rápidos Para Ficar Linda Todos os Dias!