Dicas de Saúde

4 principais efeitos colaterais da toranja!

efeitos colaterais da toranja

Os principais efeitos colaterais da toranja que você precisa saber, pois ao longo dos últimos anos, a toranja esteve associada à alguns possíveis efeitos colaterais. Caso seja alguém que gosta de beber um copo de suco de toranja no seu café da manhã, esses efeitos colaterais podem causar alguma preocupação.

A boa notícia é que o consumo de toranja geralmente é seguro para a maioria das pessoas, mas sob certas condições, pode ter efeitos adversos em seu corpo.

efeitos colaterais da toranja
efeitos colaterais da toranja

Principais efeitos colaterais:

1. Reage à medicamentos: 

A toranja tem muitos benefícios para a saúde, e é por isso que os nutricionistas recomendam inclui-la como parte de sua dieta. No entanto, a notoriedade das toranjas também é associada à reações com certos medicamentos. Uma pesquisa mostrou que um grupo de compostos, conhecidos como furanocumarinas, presente na toranja e outras frutas cítricas tem um efeito único sobre uma enzima específica chamada CYP3A4 em seus intestinos.

Esta enzima controla a quantidade de remédios que é absorvido em sua corrente sanguínea. Os furanocumarinas impedem que esta enzima funcione, resultando na absorção de remédios em doses mais elevadas do que a intenção, causando uma sobredosagem.

A toranja é conhecida por afetar a pressão arterial e os medicamentos contra o colesterol, mas a lista de medicamentos aumentou ao longo do tempo.

Estatinas: esta classe de remédios é prescrita por médicos para prevenir acidentes vasculares cerebrais e ataques cardíacos, reduzindo os níveis de colesterol no corpo. As estatinas específicas que reagem com a toranja incluem simvastatina e atorvastatina

Nifedipina: é usado para tratar a pressão arterial elevada e a angina (dor torácica). Por isso, a toranja pode resultar no aumento da absorção.

Ciclosporina: Este remédio é um imunossupressor e geralmente é prescrita para pacientes submetidos a transplante de órgãos. Uma pesquisa mostrou que o suco de toranja inibe o metabolismo da ciclosporina por um breve período depois de consumir o medicamento.

Buspirona: é usado para tratar sintomas de ansiedade, como medo, tensão, irritabilidade e tonturas. Tomar o suco de toranja aumenta consideravelmente as concentrações de buspirona.

Amiodarona: esta é uma medicação antiarrítmica usada para tratar e prevenir vários tipos de batimentos cardíacos irregulares. Apenas um único copo de suco de toranja aumentou a concentração desse medicamento.

Fexofenadina: esta droga é um anti-histamínico utilizado no tratamento de sintomas de alergia, como febre do feno, congestionamento nasal e urticária. Enquanto a toranja torna outros remédios mais potentes, no caso da fexofenadina, diminui a absorção, tornando o remédio menos eficaz.

Uma vez que a toranja interfere no processo metabólico de absorção de fármacos, seus efeitos colaterais são normalmente limitados a medicamentos tomados por via oral. Além disso, talvez você não tenha que desistir da toranja ainda, já que não reage com todos os medicamentos em uma determinada categoria. Se você está tomando remédios que se enquadram em qualquer uma das categorias acima, fale com seu médico sobre alternativas.

2. Aumenta o risco de câncer de mama:

toranja aumenta o risco de câncer de mama
toranja aumenta o risco de câncer de mama

Não uma definição sobre se a toranja pode aumentar ou diminuir a probabilidade do desenvolvimento do câncer de mama. Enquanto um artigo de 2007 publicado no jornal especializado mostrou que a toranja aumenta as chances de câncer de mama em mulheres na pós-menopausa, também há evidências de que os flavonoides encontrados na toranja possuem propriedades anticancerígenas e são eficazes para impedir que as células de câncer de mama cresçam e se espalhem.

3. Aumenta a probabilidade de cálculos renais: 

O debate sobre se a toranja pode causar cálculos renais ou reduzir o risco ainda persiste. As pedras nos rins são formadas quando os minerais dissolvidos formam cristais ao longo do revestimento interno dos rins. Estes cristais são geralmente constituídos por oxalato de cálcio, mas também podem conter outros depósitos.

Um estudo de 6 anos realizado em homens com idade entre 40 e 75 anos descobriu que beber 250 ml de suco de toranja por dia aumentou o risco de cálculos renais em cerca de 37%. No entanto, um estudo de curta duração descobriu que beber o suco de toranja ajudou regularmente a liberar citratos, cálcio e magnésio, reduzindo o risco de formação de pedra.

Considerando ambos os estudos, caso tenha um histórico de cálculos renais ou problemas médicos que aumentam o risco de formação de pedra, é melhor consumir a toranja com moderação e não inclui-la como parte de sua dieta diária. Os problemas médicos que aumentam a probabilidade de cálculo renal incluem:

Pode desencadear alergia aos citros: 

A toranja pertence à família de frutas cítricas que também incluem limões e laranjas. Caso seja alérgico a um determinado cítrico, é altamente provável que outros também possam desencadear uma reação alérgica.

Em casos graves, uma reação alérgica pode causar anafilaxia, uma reação potencialmente fatal que requer atenção médica imediatamente. A alergia à citros é associada a laranja, mandarim e toranja, mas, contrariamente ao nome da alergia, não é causada pelo ácido cítrico.

A alergia ao citros é causada pelas respostas imunológicas a proteínas de transferência de lipídeos, conhecidas como profilina e pectina. Estudos também mostraram que há uma conexão entre alérgenos nos alimentos e aqueles no ar. As reações alérgicas à profilina são intensificadas quando expostas a alérgenos aéreos, como o pólen.

Portanto, caso tenha um histórico de alergia a citros, recomenda-se que evite a toranja juntamente com outros frutos da família cítrica.

Dicas para evitar efeitos colaterais da toranja: 

  • Fale com seu médico sobre beber o suco de toranja ou consumir a toranja fresco quando estiver em medicação. Caso não consiga, verifique se há outros sucos que precisa evitar.
  • Caso esteja tomando medicamentos sem receita médica, leia o rótulo para descobrir se é preciso evitar a toranja ou outros sucos de frutas.
  • Caso tenha sido recomendado por seu médico a evitar a toranja, confira os rótulos nas garrafas de suco de frutas e bebidas aromatizadas para garantir que não contenham toranja.

Outras frutas que têm efeitos colaterais semelhantes: 

Furanocoumarins, o composto na toranja que é responsável pelas reações medicamentosas, também está presente em algumas outras frutas pertencentes à família citrino. Caso tenha sido recomendado a evitar a toranja, o melhor é evitar as laranjas de sevilha, tangelos, limas e pomelos.

As toranjas são um excelente alimento para ser adicionado à sua dieta. Eles são ricos em vitamina A e C, potássio e uma série de outros compostos benéficos como o licopeno (antioxidante) e a naringina (flavonóide).

Gostou do post? Avalie!
[Total: 0 votos: ]

Técnico em informática, Cursando Sistema em informação, hábil em seo, estrutura de dados, e apaixonado por musculação, boa alimentação e bem estar. Buscando sempre informação de forma segura com profissionais qualificados no assunto.

Deixe um comentário

xpornplease pornjk porncuze porn800 porn600 tube300 tube100 watchfreepornsex