Cardápios de Dietas

Dieta da longevidade: como fazer e benefícios!

dieta da longevidade

A dieta da longevidade explora a ciência por trás da restrição calórica e oferece os prós e os contras de como comer para viver uma vida mais saudável e mais longa. Numerosos estudos mostraram que quando camundongos e outros mamíferos seguem uma dieta de baixa caloria, eles vivem vidas mais longas, mais saudáveis ​​e sem as doenças daqueles que consomem mais calorias.

O conceito por trás é realmente muito simples: coma menos calorias e escolha alimentos que envolvam uma grande quantidade de nutrientes para que seu corpo receba tudo o que precisa para funcionar da melhor maneira possível. Concentrando-se em alimentos com baixo índice glicêmico e alto teor de fibras, como vegetais, frutas, nozes, sementes e proteína magra, e pode não ser a dieta mais decadente que você já provou, mas será uma das mais nutritivas.

dieta da longevidade
dieta da longevidade

O que é dieta da longevidade?

O plano da dieta da longevidade, é uma coleção de orientações práticas alimentares que ajudarão você a ter sucesso em alterar seus padrões alimentares em apenas um mês. Comer mais saudável pode se tornar uma obsessão ou aderir a uma dieta específica pode tornar sua refeição mais árdua e estressante do que deveria ser. O truque para mudar seus hábitos alimentares para o bem é fazer uma mudança natural e simples e esta é a pedra angular do plano.

A maneira como funciona é a seguinte: basta seguir uma das quatro diretrizes de alimentação saudável abaixo a cada semana para revisar sua dieta e começar a comer de forma saudável sem todo o drama de uma dieta típica.

Além disso, o objetivo é ajudá-lo a aumentar seus hábitos alimentares saudáveis ​​e reduzir seus maus hábitos alimentares, um de cada vez. O foco está no que você pode fazer melhor, em vez do que você não pode fazer em termos de comida. Concentrando-se no lado positivo das coisas, você cria um hábito melhor sem dedicar muita atenção ao que não pode fazer.

Dieta da longevidade ajuda a emagrecer?

A dieta da longevidade fornece detalhes sobre os alimentos certos para consumir, a fim de impedir que o corpo desenvolva doenças degenerativas relacionadas à idade, como osteoporose e diabetes tipo II. Consumir os alimentos errados causa problemas no cólon, que mais tarde podem aparecer como doenças. Além disso, ela é ideal para indivíduos que buscam uma dieta positiva que os preencha com vitalidade e saúde que durem a longo prazo.

Benefícios da dieta da longevidade:

O simples plano de alimentação da dieta da longevidade e as técnicas periódicas de imitação do jejum podem produzir resultados impressionantes. Baixo em proteínas e açúcares e rico em gorduras saudáveis ​​e alimentos à base de plantas, a dieta da longevidade é comprovada para ajudá-lo:

  • Na perda de peso e reduz a gordura abdominal;
  • Estende sua vida saudável com simples mudanças diárias;
  • Evita perda óssea e muscular relacionada à idade;
  • Desenvolve sua resistência ao diabetes, doença cardiovascular, Alzheimer e câncer.
dieta da longevidade receita
dieta da longevidade receita

Regras da dieta da longevidade:

1. Coma uma dieta majoritariamente vegana com alguns peixes:

A dieta da longevidade busca ser baseada em vegetais e peixes, mas limite o consumo de peixe a duas ou três refeições por semana e evite peixes com alto teor de mercúrio. Depois dos sessenta e cinco a setenta anos, se você começar a perder massa muscular, força e peso, acrescente mais peixe e frutas e introduza alimentos de origem animal, como ovos, queijo e iogurte feitos de leite de ovelha ou de cabra.

2. Consumir proteínas baixas, mas suficientes:

Consuma aproximadamente 0,31 a 0,36 gramas de proteína por quilo de peso corporal por dia. Se você pesa 45 kg, isso é cerca de 31 a 36 gramas de proteína por dia, dos quais 30 gramas devem ser consumidos em uma única refeição para maximizar a síntese muscular. Se você pesa 90 quilos e tem 35% de gordura corporal, 60 gramas de proteína por dia são suficientes, considerando que é a massa corporal magra que utiliza a maioria das proteínas. A ingestão de proteína deve ser aumentada ligeiramente após os sessenta e cinco a setenta anos em indivíduos que estão perdendo peso e músculo.

3. Minimize as gorduras e açúcares ruins, e maximize gorduras boas e carboidratos complexos:

A dieta da longevidade deve ser rica em gorduras insaturadas “boas”, incluindo salmão, Amêndoa e nozes, mas muito pobre em “ruim” saturada, hidrogenada e Gorduras Trans. Da mesma forma, a dieta deve ser rica em carboidratos complexos, como aqueles fornecidos por pão integral e legumes, mas pobres em açúcares e limitados em macarrão, arroz, pão branco, sucos de frutas e frutas contendo carboidratos que são facilmente convertidos em açúcares simples. Finalmente, a dieta deve ser baixa em proteínas animais, mas relativamente alta em proteínas vegetais, a fim de minimizar os efeitos negativos do primeiro sobre as doenças e maximizar os efeitos nutritivos do último.

4. Ser nutrido:

O corpo precisa de proteínas, ácidos graxos essenciais (ômega-3 e ômega-6), minerais, vitaminas e açúcar suficiente para combater as muitas guerras que acontecem dentro e fora das células. Para ter certeza de obter nutrientes suficientes, a cada três dias tome um multivitamínico e uma pílula mineral, além de um gel macio de óleo de peixe ômega-3 comprado de um fabricante de renome.

5. Coma à mesa dos seus antepassados:

Consuma uma variedade de alimentos para ingerir todos os nutrientes necessários, mas escolha aqueles que eram comuns na mesa de seus pais, avós e bisavós, desde que eles sejam incluídos na dieta da longevidade.

6. Coma duas vezes ao dia mais um lanche:

A menos que a circunferência da cintura e o peso corporal estejam na faixa normal ou baixa, é melhor tomar café da manhã mais uma refeição por dia e um lanche de baixa caloria, baixo teor de açúcar e nutritivo. Se o seu peso ou massa muscular for muito baixo, coma três refeições por dia e um lanche.

7. Restrição do tempo de comer:

Restringir a sua alimentação para onze a doze horas ou menos por dia. Por exemplo, se você tomar o café da manhã depois das 8h, termine o jantar antes das 20h. Tempos mais curtos de alimentação (dez horas ou menos) demonstraram ser ainda mais eficazes na promoção da saúde, mas são muito mais difíceis de cumprir e podem aumentar o risco de efeitos colaterais, como a formação de cálculos biliares.

dieta da longevidade emagrece
dieta da longevidade emagrece

8. Dietas prolongadas periódicas que imitam o jejum:

As pessoas com menos de setenta anos de idade, não frágeis ou desnutridas, e livres de certas doenças, devem passar por períodos de cinco dias durante os quais consomem uma dieta que imitam o jejum.

Cardápio completo da dieta da longevidade:

A dieta da longevidade permite que você escolha entre quatro diretrizes a cada semana:

1 semana: Coma o dobro da quantidade de legumes e tente não consumir queijo ou leite.
2 semana: Reduza a carne e coma muitas nozes cruas.
3 semana: Coma mais peixe e tente não consumir alimentos brancos.
4 semana: Evite produtos químicos e coma muitas frutas.

Plano de refeições de amostra – semana 1

Café da manhã:

  • Espinafre e Tomate crus ensanduichados entre duas torradas integrais.
  • Chá de ervas ou suco de limão em água morna.

Almoço:

Jantar:

  • Pimentão vermelho, cogumelo, Espinafre, Cenoura e Cebola risotto feito com arroz integral.
  • Use ervas para dar sabor ao invés de sal.

Ceia:

  • Cenouras com hummus.
  • Maçã com mel.
  • Bolinhos de arroz com manteiga de amendoim.
  • Iogurte com pedaços adicionados de Morango.
  • Chás de ervas, água ionizada, chá verde e sucos de frutas frescas são permitidos.

Plano de refeições de amostra – semana 2

Café da manhã:

  • Dois ovos escalfados com um pão pitta de trigo integral.

Almoço:

  • Punhado de várias nozes / sementes.

Jantar:

  • Lasanha vegetariana feita com massa de trigo integral. Adicione muitos vegetais, como abobrinha, pimentão e Cenoura.

Ceia:

  • Assar nozes com mel por alguns minutos no forno.
  • Chá / café / chá verde / chás de ervas, sucos de frutas permitidos.
cardapio da dieta da longevidade
cardapio da dieta da longevidade

Plano de refeições de amostra – semana 3

Café da manhã:

  • Cavala no pão de centeio escuro.

Almoço:

  • Pimentão vermelho, legumes verdes fritos e envoltos em folhas de Alface fresca.

Jantar:

  • Atum fresco com vegetais verdes.

Lanches:

  • Coma muitas frutas coloridas e salgadinhos com nozes (exceto castanha de caju e castanha do Brasil) e sementes (exceto sementes de girassol).
  • Chá e café permitidos sem leite.
  • Refrescos de ervas permitidos.

Plano de refeições de amostra – semana 4

Café da manhã:

  • Toranja rosa, abacaxi e laranja espremido.

Almoço:

Jantar:

Ceia:

  • Frutas e vegetais crus.
  • Lave bem frutas e legumes se não for orgânico.
  • Nozes podem ser consumidas.
  • Bebida de ervas, chá, café, chá verde e sucos de frutas frescas são permitidos.
Gostou do post? Avalie!
[Total: 0 votos: ]

Formado em Comunicação Social, especialista em jornalismo digital e SEO, responsável por criar diversos projetos na internet, afim de levar conhecimento à todos sobre saúde, beleza, bem estar, natureza e entretenimento.

Deixe um comentário