Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Dicas de Saúde Doenças e Tratamentos

Como Tratar Labirintite Naturalmente

Como Tratar Labirintite Naturalmente é uma ótima opção para quem deseja acabar com a Labirintite. Além disso, a Labirintite é um termo impróprio, mas comumente usado, para designar uma afecção que pode comprometer tanto o equilíbrio quanto a audição, porque afeta o labirinto, estrutura da orelha interna constituída pela cóclea (responsável pela audição) e pelo vestíbulo (responsável pelo equilíbrio).

Processos inflamatórios, infecciosos e tumorais, doenças neurológicas, compressões mecânicas e alterações genéticas podem provocar crises de labirintopatias e vestibulopatias, entre elas a Labirintite. A Labirintite se manifesta, em geral, depois dos 40, 50 anos, decorrente de alterações metabólicas e vestibulares. Níveis aumentados de colesterol, triglicérides e ácido úrico podem acarretar alterações dentro das artérias, que reduzem a quantidade de sangue circulando nas áreas do cérebro e do labirinto.

Causas da Labirintite: As causas da Labirintite ainda não são claras. Mas sabe-se, porém, que infecções e inflamações sejam as principais causas para a labirintite, como a otite média e o resfriado. Outros fatores, ainda que com menos frequência, também podem provocar Labirintite, a exemplo de tumores, doenças neurológicas, compressões mecânicas, alterações genéticas, alergias e o uso de medicamentos perigosos para a saúde do ouvido interno.

Na Labirintite, as áreas do ouvido interno ficam inflamadas e irritadas, fazendo os nervos do vestíbulo enviarem sinais incorretos ao cérebro como se o corpo estivesse se movendo. No entanto, outros sentidos, como a visão, não detectam esse movimento, causando uma confusão entre os sinais recebidos pelo cérebro e, consequentemente, a perda das noções de equilíbrio.

Sintomas da Labirintite: O principal sintoma da Labirintite é a vertigem, uma sensação oscilatória com a sensação de que o redor está se movendo, isso é causado por conta da inflamação no canal do labirinto fazendo com que o equilíbrio da pessoa altere. Outros sintomas importantes para o diagnóstico são:

  • Tontura.
  • Náusea.
  • Zumbido no ouvido.
  • Queda de cabelo.
  • Alterações na audição.
  • Sudorese.
  • Náuseas.
  • Vômitos.
  • Desequilíbrio.
  • Acidificação do estômago.
  • Pressão no ouvido.
  • Febre a partir de 38°C.
  • Um pouco de secreção no ouvido.

Fatores de Risco Para Labirintite: Alguns fatores considerados de risco aumentam as chances de uma pessoa desenvolver Labirintite, veja:

  • Ter idade acima dos 40 ou 50 anos.
  • Hipoglicemia.
  • Colesterol alto.
  • Hipertensão.
  • Diabetes.
  • Triglicérides.
  • Otite.
  • Consumo exacerbado de álcool.
  • Tabagismo.
  • Consumir café em excesso.
  • Uso de medicamentos, como alguns antibióticos, anti-inflamatórios e remédios para estresse e ansiedade.
  • Altas taxas de ácido úrico.
  • Má alimentação.
  • Jejum prolongado.
  • Consumir açúcar em excesso.

Como Tratar Labirintite Naturalmente: O tratamento deve ser sempre orientado por um otorrinolaringologista, pois é necessário identificar a causa da Labirintite para escolher o tratamento mais adequado. Existem dois tipos principais de Labirintite, a viral, que não necessita de um tratamento específico, e a bacteriana, que precisa ser tratada com antibióticos.

Além disso, em alguns casos, também pode surgir Labirintite crônica, que é um tipo da doença que vai provocando sintomas ao longo de várias semanas ou meses, que embora não sejam tão fortes como os da primeira crise, continuam a ser muito incômodos e, por isso, devem ser controlados com o tratamento. Então confira agora Como Tratar Labirintite Naturalmente:

Chá de Erva Para Tratar Labirintite Naturalmente:

Ingredientes:

  • 1 colher (chá) de erva doce
  • 1 colher (chá) de alecrim
  • 3 cravos da índia sem cabeça
  • 1 xícara (chá) de água fervente

Modo de Preparo:

  • Coloque todos os ingredientes em uma xícara com água fervente tampando em seguida.
  • Quando amornar, coe e consuma.

Chá de Ginkgo Biloba Para Tratar Labirintite Naturalmente:

Ingredientes:

  • 30 g de folhas ou pó de ginkgo biloba
  • ½ litro de água

Modo de Preparo:

  • Coloque o ginkgo biloba em um recipiente e jogue a água fervente por cima.
  • Tampe e deixe em infusão por aproximadamente 10 minutos.
  • Coe e consuma em seguida.

Recomendações de Como Tratar Labirintite Naturalmente: Mudanças no estilo de vida são fundamentais para prevenir as crises de Labirintite. Eis algumas sugestões:

  • Evite ingerir álcool. Se beber, faça-o com muita moderação.
  • Não fume.
  • Controle os níveis de colesterol, triglicérides e a glicemia.
  • Opte por uma dieta saudável que ajude a manter o peso adequado e equilibrado.
  • Não deixe grandes intervalos entre uma refeição e outra.
  • Pratique atividade física.
  • Ingira bastante líquido.
  • Recuse as bebidas gaseificadas que contêm quinino.
  • Procure administrar, da melhor forma possível, as crises de ansiedade e o estresse.

Importante: Não dirija durante as crises ou sob o efeito de remédios para tratamento da Labirintite.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.