Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Dicas de Saúde Doenças

As 10 Causas de Obstipação que Muitos Ignoram

As Causas de Obstipação que Muitos Ignoram podem ser diversas, mas separamos algumas dentre as principais. Além disso, a Obstipação é uma perturbação intestinal causada, em geral, por maus hábitos alimentares, falta de exercício físico e/ou alterações emocionais.

Dentre os seus sintomas estão: dificuldade na eliminação de fezes, evacuação pouco frequente e persistência da sensação da vontade de evacuar, mesmo após tê-la feito. A evacuação “normal” é feita sem muito esforço, sem dor, aproximadamente 4 vezes por semana.

O grau de Obstipação varia conforme a pessoa. Quase todas as pessoas já experimentaram períodos de Obstipação, sendo a causa principal, uma dieta pouco correta. Na maioria dos casos, a Obstipação é temporária e sem gravidade.Embora possam existir diversas causas para a ocorrência de Obstipação, podem ser subdivididas em 2 tipos. Na Obstipação simples ou funcional não existe patologia indutora, contrariamente à secundária que requer referência do doente ao médico. Então, confira As 10 Causas de Obstipação que Muitos Ignoram:

Gravidez: A gestante passa por uma montanha russa hormonal durante os nove meses que antecedem o parto. Tantas alterações podem interferir no funcionamento do intestino, fazendo dessa uma das Causas de Obstipação que Muitos Ignoram.

No último trimestre da gravidez, a pressão do bebê sobre o intestino e outros órgãos também podem atrapalhar a digestão. Por isso, é importante que a futura mamãe adote hábitos alimentares saudáveis e pratique exercícios leves com frequência para manter o intestino em dia desde os primeiros meses de gestação.

Não ir ao Banheiro Quando tem Vontade: Às vezes não há escolha, outras vezes está “demasiado ocupado”. De qualquer forma adiar a ida ao banheiro é uma das Causas de Obstipação que Muitos Ignoram, pois vai fazer com que o seu organismo reaja da mesma forma – uma acumulação de fezes no cólon, que endurecem e são difíceis de evacuar. A supressão da vontade de ir ao banheiro pode também afetar o sinal dos nervos entre o seu sistema digestivo e o seu cérebro, causando ainda mais problemas.

Falta de Fibra na Dieta: As fibras são uma parte essencial da dieta de qualquer pessoa. As fibras retêm os líquidos e dão volume às fezes, fazendo com que seja mais fácil o seu trânsito através dos intestinos. Também são uma forma de prevenir que faça a sua digestão demasiado rápido, para poder aproveitar os seus nutrientes. Por isso, falta de ingestão de fibras está entre as Causas de Obstipação que Muitos Ignoram.

Hemorroida: A Obstipação favorece o surgimento de hemorroida: quando a pessoa está com o intestino preso e faz força demais para evacuar, as veias do ânus podem ficar doloridas e inchadas.

Uma vez que a hemorroida aparece, pode acontecer o inverso: como a pessoa está com dores na região anal, tende a ficar mais tensa. Essa tensão pode interferir nos movimentos intestinais, fazendo com que a Obstipação aumente ainda mais. Por isso, é importante identificar quais são as Causas de Obstipação que Muitos Ignoram.

Doença do Intestino Irritável: A síndrome do intestino irritável (SII) é uma doença que envolve alterações nos movimentos intestinais, provocando dor abdominal e cãibras. Esse problema pode trazer tanto Obstipação quanto diarreia, depende do organismo da pessoa. Quando há Obstipação, a pessoa tem dificuldade na passagem das fezes e sente muita cólica.

A Doença de Crohn, um processo inflamatório intestinal que envolve as paredes do órgão, também pode estar entre as Causas de Obstipação que Muitos Ignoram, embora seja pouco comum. A maioria das pessoas com essa doença costuma ter diarreia durante as crises.

Estresse: Nos dias de hoje, há muita gente que vive sob grande estresse, o que pode ser uma das explicações porque tantos sofrem de Obstipação. Há no entanto uma maneira de lidar com isto, que é reduzir o estresse na sua vida. O seu sistema digestivo, que está ligado ao sistema nervoso, vai sentir a diferença, e você também.

Falta de Exercício Físico: Exercício físico regular ajuda a reduzir o tempo que os alimentos levam a transitar através do intestino grosso. Isto significa que é removida menos água e as suas fezes não ficam tão duras.

O exercício também ajuda os músculos dos intestinos a contraírem eficientemente, o que melhora o fluxo das fezes através do sistema. Contudo, sua falta é uma das Causas de Obstipação que Muitos Ignoram.

Diabetes: Caracterizada pela dificuldade de metabolizar a glicose do sangue, o diabetes pode causar danos nos nervos do corpo (neuropatia diabética), incluindo os nervos que transmitem estímulos para que o intestino se movimente corretamente. Como resultado, surge a desagradável Obstipação. Controlar o diabetes, portanto, é fundamental para evitar que essa seja uma das Causas de Obstipação que Muitos Ignoram.

Alteração de Rotinas: Qualquer alteração nas suas rotinas pode ter efeito no sistema digestivo. Pode ser que esteja a comer alimentos diferentes, em fusos horários diferentes, tenha alterado a sua dieta ou alguma outra razão. De qualquer forma, o seu sistema digestivo pode não se estar a dar muito bem com isso. Caso seja sensível a este tipo de alterações, essa pode ser uma das Causas de Obstipação que Muitos Ignoram.

Ingestão de Líquidos Insuficientes: Os líquidos são essenciais para manter movimentos intestinais regulares e um cólon saudável. Se o seu sistema não tem líquidos suficientes, as fezes endurecem e são se tornando uma das Causas de Obstipação que Muitos Ignoram. O ideal é consumir pelo menos 1,5 l de líquidos por dia.

Dicas para Prevenir a Obstipação:

  • Ser ativo (andar a pé, de bicicleta, correr, nadar…);
  • Não comer alimentos processados;
  • Não esquecer a importância da sopa por ser rica em água e em líquidos;
  • Consumir iogurtes probióticos;
  • Criar hábitos e horários para ir ao banheiro e sentar-se corretamente na sanita. O intestino também se educa;
  • Ingerir frutas ricas em fibra e, por isso, com efeito laxante (Ameixa, Pêssego, Mamão, Manga e Kiwi);
  • Não abusar de alimentos que “prendam” o intestino, como por exemplo: o arroz, a Cenoura cozida, Goiaba e Banana.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.