Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Dicas de Saúde Doenças e Tratamentos

Os 5 Principais Sintomas do Glaucoma

Os Principais Sintomas do Glaucoma que poucos sabem. Além disso, o Glaucoma é um grupo de doenças que danifica o nervo ótico do olho e resulta em perda de visão e cegueira. Ainda que Glaucoma possa atacar qualquer um, o risco é muito maior para pessoas acima dos 60 anos de idade.

Há vários tipos diferentes de Glaucoma. A maioria dos tipos envolve o sistema de drenagem dentro do olho. Na parte da frente do olho há um pequeno espaço chamado câmara anterior. Um líquido claro flui através dessa câmara e molha e nutre tecidos próximos.

No Glaucoma, por razões ainda desconhecidas, o fluido drena muito lentamente para fora do olho. À medida que o fluido se acumula, a pressão dentro do olho aumenta. A menos que essa pressão seja controlada, pode ocorrer dano ao nervo ótico e outras partes do olho que resultam em perda de visão. Então, confira Os 5 Principais Sintomas do Glaucoma:

Sintomas do Glaucoma: A cegueira causada pelo Glaucoma costuma ocorrer de modo lento e de fora para dentro, ou seja, acomete primeiro o campo de visão periférico e progressivamente vai se tornando mais central, como na ilustração abaixo. Às vezes, o processo de perda de visão é tão gradual que o paciente só nota estar ficando cego em fases avançadas do Glaucoma.

Evolução da perda da visão do Glaucoma Os principais sintomas do Glaucoma:

O Glaucoma de ângulo fechado também pode ocorrer de modo crônico, quando a obstrução da malha trabecular ocorre de modo progressivo. Neste caso a evolução é mais lenta, parecida com o Glaucoma de ângulo aberto.

No Glaucoma de ângulo aberto, como já dito, o quadro é insidioso, progredindo lentamente sem causar sintomas até fases avançadas da doença, quando o paciente nota estar perdendo a visão.

Tratamento do Glaucoma: Embora não exista cura para Glaucoma de ângulo aberto, ele geralmente pode ser controlado. Ainda que o tratamento possa salvar a visão remanescente, eles melhoram a parte já perdida com o Glaucoma. Os tratamentos mais comuns para Glaucoma envolvem medicamentos e cirurgia.

A medicação para Glaucoma pode ser ou na forma de colírios ou comprimidos. Alguns remédios diminuem a pressão a retardar o fluxo de líquido dentro do olho. Outros ajudam a melhorar a drenagem de fluidos.

Para a maioria das pessoas com Glaucoma, uso regular de medicamentos controlará a pressão dos fluidos. Porém, a medicação pode parar de funcionar com o tempo. Ou ela pode causar efeitos colaterais. Se problema ocorrer, o médico pode selecionar outros medicamentos, mudar a dose ou sugerir outras formas de lidar com o problema.

Cirurgia a laser é outro tratamento para Glaucoma. Essa cirurgia torna mais fácil para os fluidos deixarem o olho. Com o tempo, o efeito da cirurgia a laser pode diminuir. Pacientes que passaram por essa forma de cirurgia podem precisar manter o uso de medicação.

Pesquisas têm mostrado que a detecção e tratamento precoce do Glaucoma, antes de causar perda de visão importante, é a melhor forma de controlar a doença.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.