Início » Doenças Respiratórias » Vírus H3N2: o que é, como diferenciar da gripe comum?

Vírus H3N2: o que é, como diferenciar da gripe comum?

como diferenciar a h3n2 da gripe comum

O vírus H3N2 é uma variante do vírus Influenza A, um dos principais vírus responsáveis pela gripe comum e resfriados, sendo facilmente transmitido de pessoa para pessoa por meio de gotículas liberadas no ar quando a pessoa esta gripada tosse ou espirra.

virus h3n2
virus h3n2

Os sintomas do vírus H3N2 são febre alta no início do contágio, inflamação na garganta, calafrios, perda de apetite, irritação nos olhos, vômito, dores articulares, tosse, mal-estar e diarreia, principalmente em crianças.

Além disso, pelo fato da influenza ser um vírus respiratório, assim como o que causa a Covid-19, a prevenção contra ele ocorre da mesma forma, ou seja, com distanciamento social, uso de máscara e higiene das mãos.

No entanto, o período de incubação do vírus H3N2 é de três a cinco dias, quando começa a manifestação dos sintomas.

Portanto, também é possível que uma pessoa tenha a doença de uma forma assintomática, sem apresentar nenhuma reação.

Contudo, durante o período de incubação ou em casos de infecções assintomáticas, o paciente também pode transmitir a doença.

Por outro lado, o período de transmissão do vírus em crianças é de até 14 dias, enquanto nos adultos é de até sete dias.

A doença pode começar a ser transmitida até um dia antes do início do surgimento dos sintomas, porém o período de maior risco de contágio é quando há sintomas, sobretudo febre.((https://bvsms.saude.gov.br/h3n2-novo-virus-influenza-em-circulacao-no-pais/))

O que é vírus H3N2:

o que e virus h3n2
o que e virus h3n2

O vírus H3N2 é uma infecção aguda do sistema respiratório, provocado pelo vírus da influenza A, ele possui grande potencial de transmissão.

Além disso, o vírus da gripe propaga-se facilmente e é responsável por elevadas taxas de hospitalização. ((https://www.saude.pr.gov.br/Pagina/Influenza-Gripe))

A influenza A subtipo também conhecido como A (H3N2) é um vírus da gripe que pode infectar aves e mamíferos.

No entanto, em aves, humanos e porcos, o vírus tem varias mutações em muitas cepas.

A H3N2 é cada vez mais abundante em gripes temporais, que mata cerca de 36 mil pessoas nos Estados Unidos a cada ano.

Historicamente, no Brasil a H3N2 é a segunda estirpe de vírus mais comum, depois do influenza H1N1, apesar de em 2017 ter representado o maior número de casos de gripe. ((https://pt.wikipedia.org/wiki/Influenza_A_subtipo_H3N2))

Como diferenciar a H3N2 da gripe comum?

como diferenciar a h3n2 da gripe comum
como diferenciar a h3n2 da gripe comum

Gripe comum:

A gripe comum é caracterizada pelos sintomas de calafrios esporádicos, febre, dores de cabeça, tosse e dores musculares.

No entanto, a maioria dos sintomas tem a duração de cinco a sete dias, com exceção da tosse e do cansaço.

Para o tratamento da gripe comum deve ser tomar bastante líquidos, uso de medicamentos Antigrippine, Cimegripe, Benegrip e sinutab para reduzir os sintomas como dor de cabeça, dor de garganta.

Além disso, é importante também lavar o nariz com soro fisiológico para a desobstrução e hidratação das vias respiratórias.

Gripe causada pelo vírus H3N2:

Os sintomas clássicos da gripe causada pelo vírus H3N2 são febre súbita, tosse (geralmente seca), dor de cabeça, dores musculares e articulares, mal-estar, dor de garganta e coriza.

Além disso, a tosse pode ser forte e durar duas ou mais semanas, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS).

No entanto, em alguns casos da H3N2 os sintomas podem causar síndrome respiratória aguda grave (SRAG) e imunocomprometidos. ((https://butantan.gov.br/noticias/saiba-como-diferenciar-os-sintomas-da-gripe-e-da-covid-19-em-meio-ao-surto-e-a-pandemia))

Recomendação em casos de suspeita de H3N2:

recomendacao em casos de suspeita de h3n2
recomendação em casos de suspeita de h3n2

Além disso, as pessoas que apresentarem sintomas gripais deverão procurar atendimento médico na Unidade Básica de Saúde mais próxima de sua residência.

Pois a H3N2 tem mais chances de evoluir para casos graves em grupos de risco (crianças, idosos, gestantes e indivíduos com comorbidades).

Portanto, a propagação do vírus pode ter relação com a baixa cobertura vacinal contra a gripe e com a flexibilização das medidas de restrição e prevenção adotadas contra a Covid-19.

No entanto, o Brasil possui vacinas que protegem contra o vírus Influenza A e B, no entanto, elas não são específicas para a variante H3N2, que está atingindo o país.

Portanto, de acordo com o Instituto Butantan, maior produtor de vacinas para a gripe do Hemisfério Sul, a previsão é de que a vacina para H3N2 chegue ao Brasil a partir de março de 2022. ((https://butantan.gov.br/noticias/como-e-feita-a-vacina-da-influenza-do-butantan-producao-envolve-ifa-proprio-e-meses-de-formulacao))

Formado em Comunicação Social, especialista em jornalismo digital e SEO, responsável por criar diversos projetos na internet, afim de levar conhecimento à todos sobre saúde, beleza, bem estar, natureza e entretenimento.