Alimentos Saudáveis

Os 3 Motivos Para Você Assar Seus Alimentos!

Os Motivos Para Você assar seu Alimentos são diversos os benefícios proporcionados. Além disso, cozinhar em casa pode ser um desafio e, muitas vezes, ficamos em dúvida sobre qual é a melhor forma de preparar as refeições. além da seleção de preparo da refeição faz toda a diferença.

Motivos Para Você Assar Seus Alimentos

É importante entender as diferentes técnicas de preparo a fim de optar pelo melhor método e, assim, manter o melhor de cada alimento, preservando sua saúde e não perdendo o sabor. Neste contexto, a técnica de assar pode ser a melhor proposta. Basta submeter o alimento ao calor de um forno, em formas, assadeiras ou cobertos com material adequado (como papel-alumínio e embalagens próprias). Veja agora Os 3 principais motivos para assar os alimentos.

Opção Equilibrada: Assar alimentos pode ser o mais indicado por que a gordura utilizada será a do alimento, dispensando outra adicional. Isso garante uma receita saborosa com os nutrientes dos próprios ingredientes. Além disso, os assados utilizam calor misto, o que possibilita cozinhar o alimento mais lentamente e com menos teor de gordura.

É saboroso: Este é um dos principais Motivos Para Você assar seu Alimentos. Pois, é Possível assar alimentos sem alterar a textura ou o sabor. O uso de sacos para assar, por exemplo, evita o ressecamento dos ingredientes, deixando-os macios e suculentos, pois a embalagem impede a perda do líquido e o vapor formado conserva calor para o cozimento além da preservação dos aromas.

É prático: Usar o forno pode ser mais fácil do que se imagina. Dispôr os alimentos em uma assadeira ou refratário, além de prático e rápido, pode ser mais seguro, uma vez que não se tem contato direto com fogo, ao contrário do ato de grelhar ou fritar.

Gostou do post? Avalie!
[Total: 0 votos: ]

Drª. Wanessa Matos Dermatologista formou-se em Medicina na Unicamp e na mesma instituição realizou sua residência em Dermatologia, obtendo o título de especialista. Atua nas áreas de dermatologia clínica, cirúrgica e estética. Além disso, é sócio titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia, com registro no Conselho Regional de Medicina e Associação Médica Brasileira.

Deixe um comentário