Benefícios dos Óleos

Óleo de Romã em Cápsulas: Para que Serve? Há Efeitos Colaterais?

Óleo de Romã em Cápsulas: Para que Serve? Há Efeitos Colaterais?

Revisado por

Nutrição e Educação Física pela UFT

Especialista do Dicas de Saúde

Mulher Emagrece 22,7kg e conta sua história no Bem Estar... Mulher Emagrece 22,7kg e conta sua história no Bem Estar...
Óleo de Romã em Cápsulas: Para que Serve? Há Efeitos Colaterais?
4.8 (96.04%) 111 votos

Óleo de Romã em Cápsulas: Para que Serve? Há Efeitos Colaterais? Bem, o Óleo de Romã em Cápsulas é extremamente nutritivo. Ele é usado internamente e externamente para fins cosméticos e medicinais. As propriedades regenerativas do óleo de romã fazem dele um ingrediente indispensável em muitos produtos de cuidados com a pele.

Está incluído na maioria das fórmulas de cosméticos como géis de banho, sabão, óleos de massagem, hidratante e outros produtos para cuidados com a pele. Ainda é usado como vaporizador e difusor. É composto principalmente de Sabinene, Micenas, Limonene, Alpha Pinene e Terpinenol. Apenas uma quantidade insuficiente é necessária para alcançar resultados positivos.

Oleo de Roma em CapsulasVale ressaltar que a romã tem sido cultivada e usada por humanos há centenas de séculos, com uso documentado datando da era babilônica, vários milhares de anos atrás. Além de ser uma importante fonte de alimento, romãs freqüentemente representam fertilidade e prosperidade para diferentes culturas do mundo.

O Óleo de Romã em Cápsulas é rico em vitamina C e vitamina K, e possui uma abundância de compostos polifenólicos protetores, como ácido púbico, ácido elágico, flavonóides, taninos e antrocianidinas. Os polifenóis são compostos químicos que ocorrem naturalmente nas plantas.

Eles oferecem qualidades protetoras, como neutralizar os radicais livres do ambiente antes que eles sejam capazes de causar danos no DNA das células da pele. O óleo de romã é tão rico em polifenóis que, na verdade, tem a capacidade de filtrar ou absorver a luz ultravioleta, protegendo a pele dos raios UV prejudiciais.

A romã tem sido usada há séculos na medicina ayurvédica para tratar e aliviar distúrbios intestinais, como um tônico para o coração e os pulmões, e para tonificar e retardar o envelhecimento da pele.

Benefícios do Óleo de Romã em Cápsulas:

Revigora a Pele:

Óleo de Romã em Cápsulas ajuda a estimular os “queratinócitos”, principais células presentes na camada externa da pele. Isso ajuda a reverter os danos da pele, revitalizar a pele e revelar uma aparência mais jovem.

Lutas Contra os Radicais Livres:

Óleo de Romã em Cápsulas possui um óleo poliinsaturado exclusivo chamado “ácido punicic”, um ácido graxo ômega 5, que tem fortes propriedades anti-inflamatórias. O óleo mantém afastado os radicais livres para manter o envelhecimento da pele na baía. Também fornece proteção contra danos causados ​​pelo sol.

Um estudo relatou que o óleo de romã reduziu significativamente a ocorrência de câncer de pele em camundongos expostos a substâncias químicas causadoras de câncer.

Possui Propriedade Anti-Inflamatória:

Óleo de romã fornece um alívio calmante e hidratante para pessoas que sofrem de eczema, psoríase e pele queimada pelo sol. As propriedades anti-inflamatórias do óleo acalmam a irritação e a vermelhidão da pele.

Também cura as feridas e restaura a saúde da pele. Ele ajuda a canalizar nutrientes diretamente para a célula, acelerando o processo de regeneração e rejuvenescimento celular.

Óleo de Romã

Outras Razões Para Usar o Óleo de Romã em Cápsulas:

  • É rico em antioxidantes e polifenóis que conferem ao óleo qualidades naturais de proteção, protegendo a pele dos danos provocados pelos raios UV e radicais livres;
  • O óleo de romã regenera e repara a pele e reduz e previne eficazmente as rugas na epiderme;
  • Tem propriedades antimicrobianas;
  • É um agente anti-inflamatório eficaz;
  • Tem uma capacidade hidratante superior, nutritiva e suavizadora da pele;
  • A vitamina C no Óleo de Romã em Cápsulas ajuda a uniformizar o tom da pele e reverter os danos causados ​​pela exposição ao sol.

Efeitos Colaterais do Óleo de Romã:

As enzimas encontradas na Romã podem dificultar o funcionamento de certas enzimas presentes no fígado. Se você usa qualquer medicação específica para doenças hepáticas, consulte o seu especialista antes de consumir esta fruta, seu suco ou óleo.

0/5 (0 Reviews)
Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.