Febre Amarela – Oque é, e Quais os Sintomas

Revisado por

Nutrição - CRN6-MA 16199

Febre Amarela-  Oque é, e Quais os Sintomas A febre amarela é uma doença infecciosa febril aguda. Alem disso, é causada por um vírus, que pode levar o indivíduo infectado à morte em cerca de uma semana se não for tratada rapidamente. De acordo com Ministério da Saúde, a doença é transmitida por mosquitos e comum em macacos, que são os principais hospedeiros do vírus.

Febre Amarela

O que Está Acontecendo no Brasil é um Surto ou uma Epidemia: Um surto, pois, de acordo com o Ministério da Saúde, o aumento do número de casos da doença acima do normal ocorre em regiões específicas, sem espalhamento. Já a epidemia se caracteriza quando um surto acontece em diversas regiões.

Como é Feita a Prevenção Contra a Febre Amarela: De acordo com a Fundação, como a transmissão urbana da febre amarela só é possível através da picada de mosquitos Aedes aegypti, a prevenção da doença deve ser feita evitando sua disseminação. Os mosquitos criam-se na água e proliferam-se dentro dos domicílios.

Qualquer recipiente como caixas d’água, latas e pneus contendo água limpa são ambientes ideais para que a fêmea do mosquito ponha seus ovos, de onde nascerão larvas que, após desenvolverem-se na água, se tornarão novos mosquitos. Portanto, deve-se evitar o acúmulo de água parada em recipientes destampados.

Quem Deve ser Vacinado: Além das doses na primeira infância, o ministério recomenda vacinação imediata para todas as pessoas que vivem em áreas rurais nas regiões com risco da doença e nas cidades que vivem surto de febre amarela. Quem nunca recebeu imunização contra a doença também deve procurar um posto de Saúde. Segundo o Ministério da Saúde, todos os estados estão abastecidos com a vacina e o país tem estoque suficiente para atender toda a população nas situações recomendadas.

Para que Localidades a Vacina é Recomendada: De acordo com o Ministério da Saúde, a vacina é recomendada para moradores de toda a região Norte e Centro-Oeste, parte do Nordeste (Maranhão, sudoeste do Piauí, oeste e extremo-sul da Bahia), do Sudeste (Minas Gerais, oeste de São Paulo e norte do Espírito Santo) e do Sul (oeste do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul).

A Recomendação de Vacinação Para o Restante do País Continua a Mesma:  toda pessoa que reside em Áreas com Recomendação da Vacina contra febre amarela e pessoas que vão viajar para regiões silvestres, rurais ou de mata dentro dessas áreas, deve se imunizar.

  • Os estados do Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Espírito Santo e Rio de Janeiro estão fora da área de recomendação para a vacina.
  • O último boletim epidemiológico sobre febre amarela em Minas contabilizava 206 casos notificados da doença, além de 53 óbitos suspeitos, sendo 23 óbitos confirmados por febre amarela
  • Em todo o ano de 2016 apenas sete casos da doença foram confirmados em Goiás, São Paulo e Amazonas. Cinco deles evoluíram para óbito, segundo o Ministério da Saúde.

Para quem vai viajar para áreas com risco de febre amarela, a recomendação é se imunizar com pelo menos 10 dias de antecedência. Os sinais e sintomas mais comuns da doença são: febre alta, calafrios, cansaço, dor de cabeça, dor muscular, náuseas e vômitos que duram, em média, três dias. Nas formas mais graves da doença, podem ocorrer icterícia (olhos e pele amarelados), insuficiências hepática e renal, manifestações hemorrágicas e cansaço intenso.

Os Sintomas da Febre Amarela: surgem cerca de 3 a 6 dias após a picada de um mosquito Hemagogos Saberetes infectado com o vírus, sendo esta chamada de fase aguda da doença.
Depois da fase aguda, os sintomas podem desaparecer por 1 ou 2 dias, porém rapidamente surgem outros sintomas, mais graves, que podem levar à morte, dando origem à fase tóxica da febre amarela

Os Primeiros Sintomas, que Caracterizam a Fase Aguda Incluem:

  • Febre alta.
  • Mal-estar geral.
  • Dor em todo o corpo e dor muscular, principalmente nas costas e joelhos.
  • Sensibilidade à luz.
  • Náuseas e vômitos.
  • Perda de apetite.
  • Tonturas.

Já os Sintomas da Fase Tóxica são:

  • Icterícia, caracterizada pela pele e olhos amarelos.
  • Dor abdominal.
  • Vômitos com sangue.
  • Sangramentos pelo nariz, boca e olhos.
  • Doença dos rins e do fígado.
  • Problemas cardíacos.
  • Convulsões.

A febre amarela não se transmite entre pessoas, sendo transmitida apenas pela picada do mosquito e, por isso, a única medida de prevenção para a febre amarela é através da vacinação. Veja quando deve ser feita a vacina contra febre amarela.

0/5 (0 Reviews)
Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Ana Karolynne Goncalve

Sou graduada no curso de Nutrição pela Universidade Federal do Maranhão(UFMA), CRN6-MA 16199, com Mestrado na área da Nutrição Clínica com relação ao metabolismo, prática e terapia nutricional, realizado também na Universidade Federal do Maranhão(UFMA), Atualmente trabalho no campo de pesquisa sobre a Qualidade e Inovação em Alimentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

Embolia Pulmonar

Embolia Pulmonar – O que é, Sintomas e Tratamentos

Doença de Cronh

O que é a Doença de Cronh? Descubra!