Dicas de Saúde

5 hábitos e ações afetam sua imunidade!

maus hábitos matam sua imunidade (2)

Existem alguns hábitos e ações afetam sua imunidade que você precisa saber, pois não são apenas os fatores externos que afetam o estado de imunidade, muitas vezes uma pessoa se prejudica. No entanto, o sistema imunológico é atacado por muitos vírus e bactérias todos os dias. Mesmo o organismo mais experiente nem sempre lida com patógenos, especialmente no inverno.

habitos e acoes afetam sua imunidade
hábitos e ações afetam sua imunidade

Quais hábitos e ações afetam nossas defesas?

1. Dieta precária:

Batatas fritas e chocolate não são aliados na luta contra a tosse, coriza e outros problemas respiratórios. Se você come muito fast food e alimentos gordurosos, o corpo começa a sofrer com a falta de nutrientes. Assim, o sistema imunológico não é mais capaz de funcionar normalmente e você se torna mais suscetível a vírus e bactérias.

O corpo reage a uma dieta hipercalórica como uma infecção bacteriana, apenas por um longo tempo. Como resultado, a resposta agressiva do sistema imunológico ao menor estímulo pode ter consequências dramáticas. Segundo as descobertas dos cientistas, isso pode acelerar drasticamente o desenvolvimento de doenças vasculares ou diabetes tipo II.

2. Falta de sono:

Se você quer estar em forma, precisa dormir o suficiente, porque o sistema imunológico funciona em plena capacidade durante o sono. Os cientistas provaram há muito tempo que as pessoas com falta crônica de sono pegam vírus mais rapidamente. Pois seu corpo não é capaz de formar anticorpos suficientemente importantes para a imunidade.

Para combater efetivamente várias infecções, o corpo precisa de pelo menos 8 horas de descanso por dia. Dormir menos de 6 horas não é estritamente recomendado, pois nesse caso o corpo está exausto. Após algum tempo, não consegue mais responder adequadamente a estímulos externos.

3. Fumar:

Se você não gosta de ficar constantemente doente, definitivamente precisa parar de fumar. Fumar danifica os cílios nos brônquios, que filtram o “lixo” nos pulmões e o expulsam. E a fumaça do cigarro ajuda os patógenos a entrar. Assim, em pessoas doentes, o processo de cicatrização é significativamente atrasado.

4. Estresse:

Obviamente, o estresse dificilmente pode ser evitado na vida cotidiana, mas pelo menos você deve tentar dedicar mais tempo ao relaxamento e a atividades agradáveis. Muitos estudos mostram que o estresse emocional prolongado reduz a defesa do corpo.

Além disso, durante um estado estressante, as células assassinas naturais, que protegem o corpo contra vírus e bactérias, se tornam inativas. O número de células imunes (monócitos) é reduzido. E a suscetibilidade a todas as doenças, pelo contrário, está aumentando.

5. Álcool:

O álcool não apenas remove as barreiras psicológicas, mas também enfraquece as defesas. Os cientistas provaram que o álcool mata monócitos, bem como células e promove a multiplicação de agentes estranhos que suprimem o sistema imunológico.

Depois de tomar bebidas fortes, o corpo não consegue mais resistir efetivamente a infecções virais, e o curso de uma doença existente é exacerbado. Portanto, durante um resfriado, é melhor evitar beber.

Gostou do post? Avalie!
[Total: 0 votos: ]

Formado em Comunicação Social, especialista em jornalismo digital e SEO, responsável por criar diversos projetos na internet, afim de levar conhecimento à todos sobre saúde, beleza, bem estar, natureza e entretenimento.

Deixe um comentário

xpornplease pornjk porncuze porn800 porn600 tube300 tube100 watchfreepornsex