Nutrição

Flavonoides – o que é, benefícios, e contraindicações!

flavonoides

Os flavonoides podem ser consumidos através de uma grande variedade de alimentos e suplementos alimentares e são importantes para o corpo. Se você ainda não conhece os benefícios dos flavonoides, então vamos tirar suas dúvidas sobre o que esta substância é e quais são seus benefícios, quais alimentos podemos encontrá-los e quais são os possíveis efeitos colaterais.

flavonoides
flavonoides

O que são flavonoides?

Os flavonoides são um tipo de pigmento alimentar, também chamado de quercetina, abundante em alimentos como o chá verde, maçã, cebola, uvas e até mesmo no vinho tinto. Em geral, alimentos com coloração muito forte são ricos.

Esta substância é usada na medicina. Afinal, ela tem o poder de ajudar em várias áreas do nosso corpo, como na prevenção e tratamento da inflamação, a ajuda no sistema respiratório, a melhoria dos sintomas de alergias e também tem uma ação importante contra as células cancerígenas.

Para que serve os flavonoides:

Eles atuam como um anti-histamínico e um anti-inflamatório, e pode ajudar a proteger contra doenças cardíacas e câncer. Os flavonoides também pode ajudar a estabilizar as células que liberam a histamina no corpo. Portanto, eles têm um efeito anti-inflamatório e pele.

Os flavonoides também podem ser usados para:

  • Reduzir a cistite intersticial (uma condição dolorosa que afeta a bexiga);
  • Prevenir o câncer;
  • Baixar a hipertensão;
  • Para passar a dor de cabeça;
  • Fortalecer nosso sistema imunológico (evite até mesmo a replicação do HIV);
  • Fazer a náusea desaparecer;
  • Lidar com asma.

Alimentos ricos em flavonoides:

Alimentos que têm uma forte cor vermelha, roxa e verde são os mais abundantes em flavonoides. Não é de admirar que sempre tenhamos ouvido que o vinho tinto pode ser benéfico para a nossa saúde, uma vez que este benefício tem muito a ver com a presença na sua composição.

A quantidade exata de flavonoides pode ser difícil de identificar, pois dependerá do solo onde o alimente foi cultivado, como a comida é preparada, etc. Mas, calculamos em média a quantidade encontrado em alguns alimentos:

Efeitos colaterais dos flavonoides:

Os flavonoides estão presente na natureza e seus suplementos têm uma quantidade muito baixa de efeitos colaterais. Mas apesar disso, é importante lembrar que não está isento de poder determinar a aparência das interações medicamentosas.

Seu uso não é recomendado para mulheres grávidas ou que amamentam, porque no momento não temos informações sobre quaisquer efeitos no feto e na criança. Também não deve ser tomado por pessoas com doença renal, ou por pessoas que estejam tomando medicamentos anticoagulantes e que estejam realizando um ciclo de quimioterapia, porque em ambos os casos os efeitos da droga podem ser aumentados o risco de pôr em risco a vida.

Contraindicações dos flavonoides:

Mulheres grávidas, ou mães que amamentam (os riscos que eles tomariam sobre os supracitados ainda não são totalmente conhecidos). Assim, pessoas com doença renal (especialmente se a dosagem exceder um grama por dia). Indivíduos que estão tomando anticoagulantes, ou que estão passando por ciclos de quimioterapia (em ambos os casos, poderia aumentar os efeitos do medicamento, colocando em risco a vida dos pacientes).

Conclusões:

Os estudos dos flavonoides têm sido realizados principalmente em animais ou in vitro. Aliás, alguns efeitos benéficos ainda precisam ser estudados antes de se poder afirmar com que este suplemento é eficaz.

Atualmente, é são promissores para a prevenção de doenças cardiovasculares, enquanto que para outras condições (por exemplo, para a próstata ou alergias), ela não parece ser particularmente eficaz no momento.

Os resultados obtidos em relação ao desempenho atlético são praticamente nulos, então, no estado atual, podemos dizer que são muito provavelmente inútil para os atletas. Como um antioxidante, é preferível utilizar outros suplementos mais fiáveis, tais como vitamina E.

Gostou do post? Avalie!
[Total: 0 votos: ]

Me chamo Brenda Lima, formada em enfermagem pela EEFTESM do Rio de Janeiro desde 2016. Há alguns anos comecei a dedicar-me a produzir conteúdo no Site Dicas de Saúde para ajudar as pessoas que sofrem com uma diversidade de doenças que são oriundas da Má Alimentação. Acredito que o segredo da boa saúde é o equilíbrio, e através da boa alimentação é possível manter um corpo saudável e viver com melhor qualidade de vida.

3 comentários

  • […] antigos, desde os povos nativos americanos aos asiáticos. Estudos têm focado nos constituintes, flavonoides, quinonas e polifenóis encontrados nos grãos, que são conhecidos por suas propriedades […]

  • […] As bagas, especialmente os mirtilos, framboesas e morangos são ricos em compostos naturais chamados flavonoides. […]

  • […] diz Previte. Ótima notícia, porque “eles são particularmente ricos em kaempferol, um flavonoide associado a impressionantes benefícios à […]

Deixe um comentário