Como Perder Peso com Estimulação Magnética Cerebral

Revisado por

Drª. Valeria Carneiro Graduada em Ginecologia e Obstetrícia!

Especialista do Dicas de Saúde

Como Perder Peso com Estimulação Magnética Cerebral de forma simples e totalmente seguro. Além disso,  um estudo recente descobriu que a técnica de estimulação eletromagnética do cérebro ajudaria as pessoas obesas a perder peso. Isso seria atribuído à mudança na composição de suas bactérias intestinais, a chamada microbiota intestinal. Este estudo amplia a descoberta anterior dos pesquisadores de que Perder Peso com a Estimulação Magnética Cerebral reduz os desejos por alimentos. Ao contrário da estimulação cerebral profunda, uma operação eletromagnético de eletrodo não é necessária para o desta técnica.

Como Perder Peso
Como Perder Peso

Em vez disso, uma bobina eletromagnética é colocada no couro cabeludo e envia pulsos magnéticos para estimular as regiões específicas do cérebro. Precisamos de novas terapias seguras e eficazes para o tratamento da obesidade. Apesar de numerosas intervenções preventivas e terapêuticas, não foi possível evitar que a obesidade atingisse proporções epidêmicas. Perder Peso com Estimulação Magnética Cerebral emerge como uma alternativa esperançosa.

Como Perder Peso com Estimulação Magnética Cerebral:

Uma causa da obesidade pode ser uma alteração na composição da microbiota intestinal. Um desequilíbrio na mistura complexa de microorganismos benéficos e nocivos que habitam no trato digestivo pode desencadear a obesidade.

Agora, os pesquisadores sabem que uma microbiota intestinal alterada também pode modificar os sinais cerebrais de apetite e saciedade. Estudos recentes indicam que é possível a melhora da composição da microbiota intestinal em pessoas obesas fazendo você Perder Peso com Estimulação Magnética Cerebral.

Para saber como o estímulo magnético do cérebro afeta as pessoas com excesso de peso, eles recrutaram homens e mulheres com obesidade. Os indivíduos foram aleatoriamente designados para dois grupos que por cinco semanas receberam 15 sessões, três vezes por semana. Antes e no final do tratamento, as amostras fecais foram coletadas para a análise da microbiota.

Os níveis de glicose, insulina, hormônios das glândulas pituitárias e neurotransmissores, como a norepinefrina, também foram medidos. Os hormônios pituitários desempenham um papel fundamental na regulação do apetite. Por outro lado, graças a estudos recentes, sabe-se que a noradrenalina e outros neurotransmissores afetam a composição da microbiota.

Após cinco semanas de tratamento, as diferenças nos resultados dos dois grupos foram bastante visíveis. Os indivíduos que receberam Estimulação Cerebral Para Perder Peso perderam mais de 3% do peso corporal e mais de 4% de gordura. Enquanto aqueles que não receberam esta terapia não apresentaram mudanças.

Os resultados da análise fecal, após cinco semanas, também foram conclusivos. Aqueles que receberam o tratamento aumentaram as quantidades de várias espécies bacterianas benéficas com propriedades anti-inflamatórias, como em indivíduos saudáveis. No entanto, o outro grupo não apresentou alterações clinicamente relevantes na sua composição de microbiota.

0/5 (0 Reviews)
Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Valéria Carneiro

Drª. Valeria Carneiro Graduada na Universidade Federal de Minas Gerais em Medicina Especializada em Ginecologia e Obstetrícia, Pós Graduada no Departamento de Ginecologia na UNIFESP/ EPM a 2 anos, Experiencia clinica em patologias do trato genital feminino e foco em cirurgias ginecológicas como também especialista em partos normais e cirúrgicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

Os 12 Alimentos Ricos em Magnésio

Os 6 Benefícios das Uvas Pretas Para Saúde