Dieta e Nutrição

Amêndoa amarga – para que serve, usos e efeitos colaterais!

amendoa amarga

A amêndoa amarga é um tipo familiar de noz. Eles podem ser doces ou amargos, dependendo do tipo de árvore que os produz. A amêndoa doce é produzida a partir de um tipo de amendoeira e não contém substâncias químicas venenosas. Ela vem de um tipo diferente de amendoeira  e contém produtos químicos tóxicos. Apesar das preocupações graves, as pessoas utilizam o caroço  para usar medicinalmente. É usado para espasmos, dor, tosse e coceira.

Óleos voláteis e também podem ser produzidos de outras frutas, incluindo damasco (Prunus armeniaca), pêssego (Prunus persica) e ameixa (Prunus domestica). Semelhante a amarga, esses óleos voláteis são considerados venenosos.

amendoa amarga
amêndoa amarga

Como funciona a amêndoa amarga:

Não há informação científica suficiente para saber como amêndoa amarga pode funcionar em qualquer problema médica. Além disso, ela contém uma substância química venenosa chamada ácido cianídrico (HCN), que pode causar sérios efeitos colaterais.

Para que serve a amêndoa amarga?

Amêndoas amargas são usadas para fazer maçapão e biscoitos na Europa e podem ser usadas para fazer uma espécie de xarope doce na Grécia.Além disso, elas  podem ser processadas para produzir extrato de amêndoa e licores com sabor de amêndoa. Quando fervido ou assado, o ácido prússico é eliminado.

Como usar amêndoa amarga?

Existem duas formas de se trabalhar com as amêndoas, são elas: A preparação do leite ou o azeite.

  1. Nesta primeira receita, leva-se ao triturador, ou liquidificador, 30 g de amêndoas sem as cascas, um litro de leite e 20 g de açúcar.
  2. Após a substância tornar-se homogênea, é preciso coá-la. É indicado tomar dois copos a solução por dia.
  3. Já quando o indivíduo quer preparar o azeite de amêndoas, ele precisa triturar 30 g das sementes sem casca em meio copo de água.
  4. O ideal é ingerir 6 ml desta substância duas vezes ao dia.

Sendo uma receita ideal para quem está com problemas do sistema respiratório.

amendoa amarga
amêndoa amarga

Qual a diferença entre amêndoa doce e amarga?

A maioria das pessoas está familiarizada com as amêndoas doces, pois elas podem ser encontradas na maioria das sobremesas e em sortidos de frutos secos. As amêndoas doces são muito mais comuns uma vez que são produzidas apenas nas árvores que têm um gene recessivo o único gene que produz o sabor amargo.

Assim tal como as amargas, as doces costumam ser assadas ou cozidas, mas o preparo não é necessário para eliminar a toxicidade do cianeto. As  amargas podem ter 40 vezes mais ácido cianídrico do que as doces. Em termos de formato, ambas são bastante semelhantes. Ambas tem uma casca marrom e um interior branco. No entanto, ela tende a ser ligeiramente menor.

Efeitos colaterais da amêndoa amarga:

Não use este tipo de amêndoas pois ela  é considerada segura quando tomada por via oral. No entanto, contém uma substância química venenosa chamada ácido cianídrico (HCN). Efeitos colaterais graves podem ocorrer, como a diminuição do sistema nervoso, problemas respiratórios e morte.

Gostou do post? Avalie!
[Total: 0 votos: ]

Graduada em jornalismo com especialização em Marketing social na UFMG Universidade Federal de Minas Gerais, escreve artigos com conteúdos sobre beleza, saúde e bem estar com noções de SEO e tem a dinâmica e versatilidade na elaboração de artigos.

1 comentário

  • […] que você pode sentir, mas também melhoram a circulação. Você pode espalhar óleo de coco ou amêndoa para obter melhores efeitos. Da mesma forma, fazer exercícios ajuda muito a sentir alívio e ajuda […]

Deixe um comentário