Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Dicas de Saúde Efeitos Colaterais

Os 9 Efeitos Colaterais do Óleo de Coco

Os Efeitos Colaterais do Óleo de Coco são raros, Porém, o que pode ser benéfico para algumas pessoas, para outras pode ocorrer certos efeitos colaterais. Além disso, se não for mantido em mente, pode ser perigoso para você no futuro. Embora seja benéfico num certo número de maneiras, seu consumo excessivo pode ser prejudicial. Você pode ter ouvido muito sobre os benefícios do óleo de coco para saúde, nutrição e beleza. Mas, também há evidências suficientes para provar que o óleo de coco tem vários efeitos colaterais. Desde afetar a sua pele até puxar você para morte. Então, confira Os 9 Efeitos Colaterais do Óleo de Coco.

oleo-de-coco-efeito-colateral

Aumentos do Nível de Colesterol: Diferentes estudos têm demonstrado que o óleo de coco é carregado com gordura saturada, que é basicamente uma cadeia de triglicérides compostas de ácidos graxos saturados. A ingestão regular deste alimento à base de plantas pode aumentar o nível de lipoproteína de baixa densidade (LDL), ou nível de ‘mau colesterol’, em nossa corrente sanguínea. É extremamente ruim para a nossa saúde e que você deve evitar a sua utilização.

Eleva a Pressão Arterial: O óleo de coco é conhecido por causar pressão arterial alta ou hipertensão em seres humanos. Sendo rico em gordura saturada, promove a acumulação desses ácidos graxos nas paredes internas dos vasos sanguíneos (especialmente as artérias). Os depósitos de gordura dentro das artérias tornar-se vasos mais estreitos. Ele eventualmente aumenta o nível de pressão arterial e cria bloqueios arteriais.

Desenvolve Doenças Cardíacas: Quando ambos os níveis de pressão arterial e de colesterol sobem, nós tornarmos propenso a doenças cardiovasculares fatais. Como a gordura saturada faz com que ocorra um fluxo de sangue dentro dos vasos fraco, a probabilidade do sangue coagular torna-se significativamente maior. Isso pode acabar entupindo as artérias presente no nosso coração, causando doenças mortais como ataque cardíaco, acidente vascular cerebral e, por vezes, até mesmo a morte. Este é o Efeito Colateral do Óleo de Coco mais grave que você deve estar ciente.

Aumenta o Peso Corporal: O óleo de coco contém grandes quantidades de gordura, que pode ser uma grande preocupação para as pessoas que lutam para perder o excesso de peso corporal. Tente diminuir o uso deste óleo em sua dieta diária. Ou então, você ficará com excesso de peso em poucos dias. Ele vai fazer você ficar vulnerável a vários problemas de saúde graves.

Provoca Distúrbios Metabólicos: De acordo com uma série de pesquisas, o consumo de óleo de coco não refinado e hidrogenado torna-se um problema para nossa saúde, causando vários distúrbios metabólicos. Basicamente, o processo de hidrogenação liberta uma grande quantidade de ácidos gordos trans no óleo. Ele eventualmente aumenta o nível de açúcar no nosso sangue. Isto leva a problemas como a diabetes, resistência à insulina, etc.

oleo-de-coco-efeito-colateral

Gera Distúrbios Intestinais: Outro dos Efeitos Colaterais do Óleo de Coco é que a curto prazo, o óleo pode resultar em distúrbios gastrointestinais, enquanto luta contra os germes e micróbios dentro do nosso corpo. As propriedades antimicrobianas deste óleo podem ferir o equilíbrio intestinal, em certa medida, tornando o órgão interno afligido.

Diarreia: O excesso de ingestão do óleo de coco pode causar diarreia. A razão por trás disso são as suas qualidades antibacterianas e germe de combate. A digestão deste óleo pode ficar interrompida dentro de nosso intestino, o que muitas vezes leva a diarreia grave.

Leva a Reações Alérgicas: Efeitos Colaterais do Óleo de Coco sobre a pele podem causar reações alérgicas, que são bastante comuns. Se você o incluir em sua dieta regular ou realizar sua aplicação tópica, as chances são altas de você desenvolver alergias, leve a moderada. Algumas delas são erupções cutâneas, inchaço, coceira, urticária, náuseas, vômitos, falta de respiração, etc.

Causa Anafilaxia Grave: Nos casos mais graves de reação alérgica ao óleo de coco, você pode desenvolver anafilaxia. Esta é uma condição com risco de vida em que todo o corpo torna-se afetado severamente. Realize um teste de alergia antes de consumi-lo diariamente em grandes quantidades, ou antes de aplicá-lo externamente em sua pele.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

3 Comentários

  1. cedric heitor rodrigues coelho disse:

    Por favor, faça uma revisão seria sobre o que foi postado, obrigado

  2. Nivaldo disse:

    Numa conversa com minha sogra de 84 anos, abordei assuntos quando ela ainda era adolescente. O coco era usado para quase tudo. Seu óleo se usava para cozinhar, hidratar a pele, passar em feridas, curar verrugas, curar vitiligo, massagear os cabelos, fritar peixes. O leite de coco, também tinha várias aplicações, e nuca ouviu falar nem presenciou nenhum destes efeitos colaterais abordados aqui, impressionante, né. Na região em que ela morava, as pessoas morriam de velhice. Não se costumava tomar leite de vaca, comiam bastante carne gorda, não tinha agrotóxicos, tomavam café torrado na hora, a saúde física dela hoje é excepcional, 84 anos de idade, caminha, lava a louça, pinta e borda.

  3. Silvio disse:

    Estou tomando óleo de coco há um mês com a finalidade de combater a minha calvície! Notei que meus cabelos estão mais fortes, porém tem me dado muita diarreia!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.