Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Dicas de Saúde Doenças e Tratamentos Sintomas

Os 6 Principais Sintomas de Gota

Os 6 Principais Sintomas de Gota são muito importantes para o tratamento da Gota. Além disso, a Gota, ou artrite gotosa aguda, excesso de ácido úrico é um tipo de artrite que ocorre quando o ácido úrico se acumula no sangue e causa inflamação nas articulações. A Gota também pode ser chamada de doença dos reis.

Causas da Gota: Podemos didaticamente classificar a Gota como primária e secundária. A forma primária é de causa desconhecida e tem algum componente genético (hereditário), sendo a mais comum. Já a Gota secundária desenvolve em consequência de outra doença ou alguns medicamentos. Entre as doenças que estão associadas a Gota citamos: doenças hemolíticas (anemia falciforme, talassemia, etc), doenças mieloproliferativas (leucemia), psoríase, insuficiência renal, obesidade, hipertensão arterial, hipotireoidismo, etc. Entre os medicamentos mais comuns estão os diuréticos, aspirina em dose baixa, warfarina, assim como tratamentos naturais como a utilização do Óleo de Copaíba.

A ingestão de bebidas alcoólicas é também uma causa comum de hiperuricemia, podendo causar Gota. As causas alimentares representam cerca de 12% de ocorrência de Gota, e inclui uma forte associação com o consumo de álcool, bebidas açucaradas com frutose (como refrigerantes), carne vermelha e frutos do mar. Outras causas incluem trauma físico e cirurgia. A maior parte do ácido úrico de nosso organismo é produzido por ele mesmo. A Gota trata-se de uma doença crônica, não contagiosa, mas que passa pelas gerações de uma mesma família. Homens adultos:3,4-7,0 mg/dL mulheres adultas:2,4-6,0 mg/dL.

Sintomas da Gota: Gota é mais comum em homens na faixa entre 40 e 50 anos ou mulheres após a menopausa. Isso porque as mulheres no período fértil produzem maior quantidade do hormônio estrogênio (que auxilia no fluxo renal), e, após a menopausa, os índices desse hormônio diminuem e pode haver o favorecimento do depósito de ácido úrico nas articulações e o surgimento da Gota, quando não houver um bom controle alimentar. Alguns sinais da Gota são:

  • Intensa dor nas articulações, principalmente no momento da crise gotosa (que ocorre, principalmente, durante a noite). Após a crise, pode haver desconforto e rigidez no movimento articular;
  • Vermelhidão e inflamação;
  • Inchaço e possível formação de “caroços”;
  • Queimação na área atingida;
  • Febre, pois é a forma como o organismo tentará se proteger dos cristais depositados na articulação;
  • Dor repentina.

Tratamento para a Gota: Não há cura definitiva para a Gota, já que a maioria dos casos acontece devido a falhas na eliminação ou na produção do ácido úrico. Como ambas as causas são genéticas, o tratamento não é definitivo. Geralmente são indicados dieta e medicamentos para diminuir a taxa de ácido úrico no sangue e, consequentemente, evitar as crises de Gota.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.