Alimentos Saudáveis

Os 5 Benefícios do Trigo Verde Para Saúde

Os 5 Benefícios do Trigo Verde Para Saúde

Revisado por

Nutrição e Educação Física pela UFMA

Especialista do Dicas de Saúde

Os 5 Benefícios do Trigo Verde Para Saúde que você talvez desconheça. Além disso, o Trigo Verde, também conhecido de freekeh, pode ser o novo super grão. Embora a quinoa tenha sido uma das principais alternativas para grãos saudáveis, o Trigo Verde tem alguns benefícios que podem surpreendê-lo, ao mesmo tempo em que proporciona alguma variedade à sua alimentação.

A maior cautela para muitos é o fator do Trigo Verde, uma vez que as opções saudáveis de trigo são difíceis de serem encontrados, mas caso consiga a variedade certa, você pode conseguir os nutrientes correto a partir dele. Então, por que você deveria conferir esse novo super grão e como se compara à quinoa? Fico feliz que você tenha perguntado.

Vamos começar dizendo que o Trigo Verde não é isento de glúten, enquanto que o quinoa é. No entanto, é forte devido às suas características de baixa gordura, alta fibra e proteína. Se olharmos para as porções, o trigo tem mais proteína e quase o dobro da fibra da quinoa, o que pode ser o motivo pelo qual a perda de peso é um benefício – em última análise, porque você fica mais cheio por mais tempo.

Tudo Sobre Os Benefícios do Trigo Verde Para Saúde! Outro “sim” nutricional é que está em baixo no índice glicêmico, chegando aos 43 anos, o que pode fornecer aos diabéticos uma opção saudável. Também é rico em ferro, zinco e cálcio, além de seu conteúdo pré-biótico, que pode ajudar o sistema digestivo a funcionarem de forma eficiente.

História do Trigo Verde:

O Trigo Verde tem um sabor de nozes defumado e geralmente é cozido como acompanhamento para carnes ou combinado com vegetais. Considerado um grão antigo, é um alimento semelhante a cereal que vem do trigo duro.

Embora possa ser citado entre alguns outros super grãos como quinoa, espelta, farro e amaranto, ele obtém seu sabor através de um processo de torrefação. É mais popular na área da bacia do leste do Mediterrâneo. Como a colheita acontece no início da fase de crescimento do trigo duro, enquanto os grãos são amarelos e as sementes são macias, oferece cargas de valor nutricional.

Após a colheita, os produtos são secos ao sol e levado ao fogo com a intenção de queimar somente a palha – um processo que requer muita atenção. Você pode se perguntar como esse processo pode ser controlado. As sementes possuem uma grande quantidade de umidade, já que são colhidas enquanto estão macias. Isso permite o processo
de queima sem realmente queimar as sementes e palha.

O próximo passo envolve pegar o Trigo Verde torrado e colocá-lo através de um processo de debulha e secagem ao sol, que é quando temos um sabor consistente, cor e textura. É esse processo que dá lugar ao nome freekeh. O último passo envolve separar as sementes em pedaços menores, que é quando começam parecendo mais com o Trigo Verde.

Como visto anteriormente, o termo é na verdade o nome de um processo utilizado para preparar os grãos e não o nome de uma variedade de grãos específica. No entanto, está se referindo tipicamente ao trigo e, normalmente, ao trigo duro ou ao trigo duro verde. Assim, embora o processo possa ser aplicado a outros grãos, como a cevada, o que você encontra na maioria das prateleiras é geralmente o trigo. Basta verificar a rotulagem para se certificar.

O Trigo Verde é nativo do Mediterrâneo, partes do norte da África e países árabes, especialmente da Síria, Líbano, Egito e Jordânia, onde substitui o arroz devido aos seus benefícios nutricionais superiores. Cientificamente denominada Triticum durum Desf., A palavra freekeh é árabe, que significa “o que é friccionado”, e está se diferenciado à técnica de fricção necessária para o processamento. Normalmente é feito de trigo duro – no Egito, no entanto, muitas vezes vem da cevada.

A história sobre este grão antigo remonta a alguns milhares de anos até por volta de 2300 anos antes de Cristo. Acredita-se que uma aldeia do Oriente Médio ficou sob ataque inimigo quando suas colheitas de trigo jovem e verde pegaram fogo. Os aldeões precisavam guardar tudo o que podiam e conseguiram salvar seu suprimento por meio de uma pequena descoberta, acabando com o joio queimado, que deu lugar aos grãos de Trigo Verde torrados.

Além de se tornar comum nas cozinhas do do Oriente Médio e do Mediterrâneo, sua popularidade cresceu na Austrália, que é onde o processamento moderno deste super grão foi estabelecidos.

Valor Nutricional do Trigo Verde:

100 gramas do Trigo Verde possui aproximadamente:

  • 353 calorias;
  • 14,9 gramas de proteína;
  • 2 gramas de gordura;
  • 60,8 gramas de carboidratos;
  • 12,9 gramas de fibra;
  • 31 miligramas de zinco (207% do VD);
  • 32 miligramas de ferro (178% do VD);
  • 3,4 miligramas de cobre (170% do VD);
  • 3,970 miligramas de potássio (113% do VD);
  • 110 miligramas de magnésio (28% do VD);
  • 370 miligramas de cálcio (37% do VD).

Benefícios do Trigo Verde Para Saúde:

Ajuda com o Controle de Peso:

Como o Trigo Verde é tem alta quantidade de proteínas e fibras, ele pode proporcionar mais saciedade ao comê-lo com sua refeição. O trigo na verdade possui três vezes mais fibras do que o arroz integral. Uma alimentação rica em fibras pode contribuir para diminuir o peso corporal, ajudando na saciedade.

Um estudo mostrou que o aumento do consumo de fibras ajudou os indivíduos na perda de peso. O estudo concentrou-se em mudanças de peso ao longo de um período de 1 ano, examinando 240 adultos com síndrome metabólica, e os resultados indicam que aos 12 meses, houve grande perda de peso no grupo de dieta rica em fibras.

Ajuda a Saúde Ocular:

O Trigo Verde possui os carotenoides zeaxantina e luteína, que são antioxidantes que ajudam na prevenção da degeneração macular relacionada à idade. Evidências indicam que a luteína, por exemplo, afeta positivamente o desenvolvimento ocular ao longo da vida e diminui o risco para o desenvolvimento de muitas doenças oculares relacionadas à idade. Esses carotenoides não estão presentes somente em frutas e vegetais, gemas de ovos e leite materno, mas o Trigo Verde também os contém.

Apoia a Digestão Saudável:

A fibra encontrada no Trigo Verde ajuda na promoção das evacuações saudáveis. Alguns dos carboidratos são fibras insolúveis não digeríveis. As fibras solúveis e insolúveis são boas, mas neste caso a fibra insolúvel ajuda a saúde digestiva, adicionando volume às fezes. Isso pode dar alívio da constipação, ajudando os alimentos a passarem pelo seu sistema digestivo com eficiência e facilidade.

Trata os Sintomas da Síndrome do Intestino Irritável:

O trigo possui prebióticos, que são diferentes dos probióticos. Os probióticos são bactérias vivas benéficas consumidas através de coisas como kombucha, kefir, iogurte, chucrute cru e missô. Os prebióticos ajudam na alimentação das bactérias intestinais, já os probióticos estão presentes nas plantas. Embora mais pesquisas sejam necessários, esses prebióticos podem ser úteis para quem sofre de síndrome do intestino, como a colite ulcerativa e a doença de Crohn.

Um relatório em 2012 afirmou que os prebióticos, juntamente com os probióticos, podem tratar muitos problemas digestivos, incluindo:

  • Doença inflamatória intestinal;
  • Síndrome do intestino gotejante;
  • Vírus da Cândida;
  • Diarreia (especialmente após tomar antibióticos);
  • Sintomas da Síndrome do Intestino Irritável.

Ajuda na Construção dos Músculos Fortes:

O trigo possui cerca de 2,27 gramas de ácido glutâmico por porção, que é a maior quantidade de aminoácidos no seu perfil de aminoácidos. Popular para fisiculturistas e atletas, o ácido glutâmico ajuda na sintetização da glutamina e tem a capacidade de auxiliar na construção da força e resistência. Ele faz isso através do que é chamado de neurotransmissor excitatório que reside no sistema nervoso central, o neurotransmissor mais normal na medula espinhal e na área do cérebro.

Pensamentos Finais Sobre o Trigo Verde:

O trigo é uma alternativa de grãos semelhante à quinoa e, embora não seja sem glúten como a quinoa, ele contém mais proteínas e fibras. Foi demonstrado que ajuda no controle do peso, ajuda na saúde dos olhos, ajuda na digestão saudável, trata a síndrome do intestino irritável e ajuda na construção dos músculos fortes.

Dado que todos nós gostamos de variedade, o Trigo Verde pode fornecer exatamente isso. É uma ótima escolha para entregar cargas de nutrientes e benefícios para os olhos, sistema digestivo e outros.

Precauções do Trigo Verde:

O Trigo Verde é um grão de poder antigo incrível – contudo, caso tenha problemas com glúten ou tenha doença celíaca, esta não é uma boa escolha para você. Compre as versões puras em vez de produtos que tenham sabores acrescentados para evitar ingredientes processados e conservantes.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.